Tudo o que você precisa saber sobre Green Belt Lean Seis Sigma

tudo que você precisa saber sobre green belt
17 de setembro de 2020
Última modificação: 16 de agosto de 2021

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Lean, Seis Sigma

A principal ferramenta de gerenciamento no desenvolvimento de um negócio, criada na década de 80, ainda hoje é uma das principais certificações requeridas pelo mercado. Dessa forma, depois de comprovada sua eficiência, eficácia e efetividade, além do retorno sobre o capital investido, o Lean Seis Sigma tomou o mercado com aplicações assertivas que fizeram muitas empresas, empresários e colaboradores ascenderem e você também pode chegar a este patamar.

Mas para que tudo isso seja possível, somente um treinamento adequado e de alta excelência irá lhe proporcionar todos esses proventos. Dessa forma, nós da FM2S viemos aqui te explicar tudo o que você precisa saber sobre Green Belt Lean Seis Sigma.

apostila green belt

 

O que é Green Belt Lean Seis Sigma?

O Green Belt é a certificação intermediária do Lean Seis Sigma. Com base no roteiro DMAIC (Define – Definir, Measure – Medir, Analyse – Analisar, Improve – Melhorar, Control – Controlar), ela visa capacitar profissionais das mais diversas áreas de atuação na otimização de processos. Dessa forma, essa certificação torna o aluno apto a transformar uma grande quantidade de dados em informações valiosas para a tomada de decisão e a analise critica dos processos, eliminando desperdícios, desconexões e problemas crônicos entre eles. Portanto, um profissional, ao certificar-se Green Belt, torna-se a referência em solução de problemas na organização, passando a ser reconhecido por sua Excelência.

Os Green Belts são responsáveis por liderar projetos de melhoria de processos no seu campo de trabalho. Além disso, eles trabalham sob a orientação e supervisão de Black Belts e buscam encontrar gaps nos processos.

O sistema de ‘belts’ se aplica principalmente ao Seis Sigma e é uma forma de estruturar o nível de conhecimento, entrada e responsabilidade de cada praticante do Lean Seis Sigma. No vídeo abaixo o professor Dr. Murilo F.M.S. explica como funciona o sistema de belts dentro do Lean Seis Sigma. Confira!

Mas o que é Lean Seis Sigma?

Lean Seis Sigma nada mais é do que a união entre a filosofia Lean e a metodologia Seis Sigma.

A filosofia Lean (ou Sistema Toyota de Produção), é uma metodologia de gestão, desenvolvida pelos japoneses, e hoje em dia é usada em todo o mundo. Esta metodologia visa otimizar os custos e reduzir o tempo e os desperdícios de uma empresa. Dessa forma, o “Lean thinking” muda o foco do gerenciamento da otimização de tecnologias, ativos e departamentos para a otimização do fluxo de produtos e serviços, partindo do princípio de que toda iniciativa precisa ser baseada no consumidor final e o propósito portanto, é criar valor para este.

Já o Seis Sigma é uma metodologia para melhoria de processos que se baseia em fatos e dados na busca de mudanças que vão gerar melhorias. Tradicionalmente, ela emprega uma série de ferramentas de análise de processos e de dados com forte viés estatístico para buscar tais mudanças. Consolidada na década de 1980, ela vem desde então ajudando empresas nos mais diversos segmentos a melhorar a sua competitividade e produtividade, reduzindo a variação da qualidade na saída de seus produtos e serviços.

No vídeo abaixo o Professor Murilo F. M. S. explica um pouco mais da diferença entre o Lean e o Seis Sigma, confira!

O curso de Green Belt

A primeira coisa que você deve saber sobre o curso de Green Belt Lean Seis Sigma é que ele não exige pré requisitos para ser realizado.

Ele segue uma estrutura, começando pela visão geral do Lean Seis Sigma e roteiro DMAIC, fundamento desta metodologia. A partir disso aborda as principais ferramentas da qualidade, lean, estatística e probabilidade que são utilizados em cada etapa de sua implementação. Por fim, o curso se encerra com a estruturação de projetos de melhoria através de exemplos práticos e estudos de caso.

Na FM2S você faz o curso de Green Belt e sai com três certificações:

  • Proficiência em Minitab
  • Certificado Green Belt
  • Certificado Especialista Green Belt

Você possui o certificado Especialista Green Belt sem custo adicional mediante a apresentação um projeto de melhoria. O aluno terá à disposição 4 horas de coaching com os instrutores para discutir o projeto. Embora a realização do projeto seja opcional, recomendamos fazê-lo para consolidar as técnicas aprendidas.

O critério para obtenção dos certificados é atingir no mínimo 50% de acerto na prova (o aluno terá direito a refazer a prova sem custo adicional em caso de reprovação).

Deixamos abaixo uma vídeo aula do curso pra você conferir!

Quais os deveres e responsabilidades do Green Belt?

  • Completar com sucesso pelo menos um projeto Six Sigma a cada 12 meses;
  • Demonstrar o domínio do conhecimento Six Sigma Green Belt;
  • Demonstrar proficiência na obtenção de resultados por meio da aplicação da abordagem Six Sigma;
  • Recomendar projetos Six Sigma;
  • Participar em equipes de projetos Six Sigma;
  • Liderar times em projetos de melhoria no nível micro;
  • Trabalhar em estreita colaboração com outros líderes de melhoria contínua para aplicar abordagens formais de análise de dados para projetos;
  • Treinar equipes de projeto (sempre que necessário).
  • Compartilhar conhecimento de Six Sigma, LEAN etc .

Como muitas outras certificações, o principal motivo para a aquisição da certificação Six Sigma Green Belt é demonstrar um nível básico de proficiência na melhoria de processos e na eliminação de erros e defeitos nos processos de uma organização. Além disso, a certificação Green Belt também ajuda você a se tornar um especialista em meio período na melhoria de processos e melhorará o padrão e a credibilidade de sua carreira.

Será que o Green Belt é para mim?

Obter uma certificação Six Sigma Green Belt abre portas para muitas oportunidades de carreira, seja como um consultor ou uma contratação direta por uma empresa de tecnologia ou fabricação. Para prosseguir com a certificação Six Sigma Green Belt, os alunos devem:

  • Estar dispostos a gastar algum tempo de trabalho, pelo menos 35% a 40%, em iniciativas ou atividades de melhoria de processos;
  • Estudar, analisar e resolver problemas de qualidade;
  • Envolver-se com Six Sigma, LEAN, KAIZEN ou outros projetos de melhoria de qualidade;

A certificação Six Sigma Green Belt da FM2S é considerada uma marca de Excelência, calcada na formação acadêmica dos seus professores. Nossos cursos são reconhecidos pela instituição internacional The Council for Six Sigma! Isso ajuda você a avançar sua carreira e aumenta a competitividade de sua organização por meio do seu domínio de habilidades de qualidade. Dessa forma, tornar-se certificado como um Green Belt Six Sigma confirma o seu compromisso com a qualidade e o impacto positivo que terá na sua organização.

Benefícios da Certificação Green Belt Lean Seis Sigma

Muitas organizações se beneficiariam em capacitar seus profissionais com a certificação Green Belt ou Black Belt mas ainda não estão cientes dos benefícios das mesmas. Há muitas vantagens que você experimentará após aderir ao Lean Six Sigma, e aqui estão algumas delas:

  • Estratégicos;
  • Desenvolvimento de pessoas;
  • Financeiros;
  • Para o cliente;
  • Competitivos.

Benefícios Estratégicos

O profissional que domina o Lean Six Sigma se especializa em gerenciar projetos com expertise estratégica. Uma organização que tem profissionais certificados Green Belt desfruta desse benefício estratégico resolvendo os principais problemas do negócio de maneira mais eficaz, pois além de resolver os problemas complicados em um curto período de tempo, descobrem a causa raiz e impedem a recorrência. É fundamental atuar na causa em vez de remediar os sintomas, e isso só é possível conhecendo seu processo.

Ao perseguir sua certificação Lean Six Sigma você terá conhecimento para identificar as características dos processos de fabricação e de negócios de uma organização e poderá mensurá-las, analisá-las, controlá-las e aprimorá-las. Você também terá a capacidade de realizar uma revisão completa das práticas atuais e obter uma compreensão muito clara do seu impacto no desempenho de qualidade, além de identificar e aplicar melhorias.

Benefícios de desenvolvimento de pessoas

Além de ferramentas e metodologias, o treinamento Lean Six Sigma aprimora habilidades pessoais, como falar com confiança, resolver com sucesso diversos problemas e sugerir novas ideias. Além disso, como o Six Sigma aborda a redução dos custos, aumento da receita e da eficiência do processo de negócios, você poderá se posicionar como um agente de mudança dentro da organização, liderando a melhoria da qualidade e reforçando seu conjunto de habilidades de liderança.

Benefícios financeiros

Normalmente, a economia por projeto é a quantidade que a maioria das organizações precisa pagar para realizar o projeto no prazo e obter a saída positiva. Portanto, um profissional certificado Lean Six Sigma tem uma compreensão clara sobre como medir e quantificar os benefícios financeiros da execução de qualquer projeto. Como a gestão financeira e a avaliação de riscos são habilidades altamente desejáveis para gerenciamento de nível médio e superior, os profissionais certificados Six Sigma têm boas chances de ascender para cargos gerenciais nas maiores e mais lucrativas empresas em todo o mundo.

Benefícios para o cliente

Os profissionais certificados Lean Six Sigma ajudam a fornecer produtos e serviços de melhor qualidade, o que leva a uma maior satisfação do cliente. Atualmente, muitos clientes procuram as organizações que utilizam o Lean Six Sigma. Portanto, esses profissionais aumentam a credibilidade da organização e ajudam a atrair os clientes, garantindo que você ofereça os melhores serviços ou produtos do setor.

Dessa forma, com os rigorosos padrões de qualidade, o Six Sigma permite que os erros de fabricação e processamento sejam reduzidos ao máximo, motivo pelo qual uma série de fornecedores, compradores e organizações de supervisão adotaram os padrões Six Sigma na avaliação de produtos ou fornecedores. Portanto, com profissionais certificados Six Sigma, você poderá ajudar sua organização a cumprir os padrões internacionais como a ISO e manter contratos rentáveis.

Vantagem competitiva

Você pode usar o Lean Six Sigma no discurso de vendas e na campanha de marketing. Ao implementar o Lean Six Sigma, você poderá melhorar o desempenho da organização e manter-se à frente dos concorrentes. Além disso, como tudo no Lean Six Sigma é baseado em dados e análises coletadas, você ficará mais confiante na tomada de decisões.

5 Motivos para ser Green Belt Lean Seis Sigma

Tornar-se antifrágil

Como diria o mestre Taleb, antifrágil é alguém que se dá bem em crises e desafios. Dessa forma, quanto mais problemas você enfrenta, mais forte você fica. O Modelo de Melhoria me ajudou nisto, pois acabei trabalhando em projetos de Planejamento de Experimentos para reduzir refugos e peso de peças até projetos para reduzir o pagamento em atraso. Sem falar em projetos para reduzir as ou para aumentar o faturamento da empresa. Portanto, Green Belt e desafios, se atraem;

Saber aprender

Um gerente pergunta a sua equipe: por que não batemos a meta de vendas no último bimestre? A equipe então, começa a elaborar um interessante desculpa-storming. Falam que não tinham recursos, pessoas, apoio de outra área e por aí vai. Ninguém chega para o gerente e fala a verdade:” porque não sei! Se soubesse, não teríamos perdido a meta, poxa”. E para saber, há o Ciclo PDSA. Ele é o Ciclo que lhe permite conseguir novos conhecimentos e aplica-los no processo que deseja mudar de patamar. Dessa forma, por meio do PDSA, o Green Belt aprende a aprender. Dessa forma, pode pegar o desafio que for você saberá como conseguir o conhecimento necessário para alcança-lo;

Análise de dados

Como Green Belt, você verá aqueles lindos relatórios que comparam o mês de novembro contra o mês de outubro e dirá: onde estão os outros meses? Ouvirá, como primeira resposta, “queremos acompanhar como estamos em relação ao mês anterior, pois é isto que importa”. Portanto, o bom Green Belt, educadamente irá elaborar um gráfico de série temporal e nele, será possível entender se a variação é um causa especial, que deve ser debatida, ou se é normal ao processo. Você saberá analisar dados da maneira correta e assim, não deixará de que ações estapafúrdias sejam tomadas;

Experimentos

Hoje, a maioria dos formandos em Ciências aplicadas, como engenharia, sai da faculdade sem saber o básico em termo de experimentação. Dessa forma, estes chegam ao emprego e não sabem como testar hipóteses, conseguindo no máximo realizar testes do tipo Split, em que apenas um fator por vez é testado. Portanto, na era do Data Mining, quem não souber realizar experimentos ficará para traz;

Entendimento do fenômeno

O Green Belt, por meio de Diagrama Causa e Efeito, Pareto, Gráfico de Correlação (Linear ou Logística), e principalmente dos Testes, saberá como se dão alguns fenômenos complicados e assim, conseguirá propor mudanças que irão levar à empresa para outro patamar. Já participei de projetos em que aprendemos que uma máquina tinha 40 graus a mais que a outra e isto, impactava na qualidade do produto depois de 3 horas de uso. Dessa forma, com este aprendizado, fizemos algumas pequenas mudanças que tornaram uma máquina de 20 anos capaz de se igualar à nova.

No vídeo a seguir você confere 3 coisas que todo Green Belt tem que saber!

E quais as diferenças entre um Black e um Green Belt?

Tanto o Six Sigma Green Belts quanto o Black Belts são profissionais treinados, responsáveis ​​por otimizar a qualidade do processo e melhorar as principais métricas de um negócio. Os Green Belts geralmente executam tarefas de melhoria de processo ou gerenciamento de projetos, além de outras responsabilidades de trabalho, isto é, a melhoria da qualidade não é de sua inteira ou única responsabilidade. Dessa forma, os green trabalham com as partes interessadas em todos os níveis da organização, são considerados ativos valiosos

Os Black Belts são líderes e agentes de mudança, que assumem toda a responsabilidade de rever padrões de qualidade e melhorias de processo na organização. Seu treinamento e experiência especializados permitem que eles trabalhem em projetos multifuncionais em toda a empresa, não apenas em uma unidade ou departamento de negócios.

Portanto, o treinamento do Black Belt vai além do nível do Green Belt, incluindo ferramentas e técnicas de análise estatística altamente avançadas. Além disso, sua perspicácia e capacidade gerencial comprovadas para resistir à pressão e entregar projetos no prazo, sem comprometer os padrões de qualidade, manterão a organização em boa posição.

Leia mais no blog:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *