Planejamento Estratégico: o que é e como se planejar?

03 de dezembro de 2018
Última modificação: 03 de dezembro de 2018

Autor: Virgilio Marques Dos Santos
Categorias: Blog, Melhoria de Processos

Planejamento estratégico de uma empresa é o processo de documentação que estabelece uma direção, avaliando os direcionamentos, isto é, onde você está e para onde está indo. Ele oferece um local para registrar sua missão, visão e valores, bem como suas metas de longo prazo e os planos de ação que você usará para alcançá-las. Em outras palavras, um plano estratégico bem escrito desempenha um papel fundamental no crescimento e sucesso do seu negócio, pois diz a você e seus funcionários a melhor forma de responder às oportunidades e desafios. Confira neste artigo, o que é planejamento estratégico e como fazer o seu.

O que é Planejamento Estratégico?

Em linhas gerais, o planejamento estratégico é uma atividade de gestão organizacional que é usada para definir prioridades, concentrar energia e recursos, fortalecer as operações, garantir que os funcionários e outras partes interessadas estejam trabalhando em direção a objetivos comuns, estabelecer um acordo em torno dos resultados pretendidos e avaliar e ajustar a direção da organização em resposta a um ambiente em mudança.

É um esforço disciplinado que produz decisões e ações fundamentais que moldam e orientam uma organização, a quem serve, o que fazem e por que o fazem, com foco no futuro. O planejamento estratégico eficaz articula não apenas para onde uma organização está indo e as ações necessárias para progredir, mas também como ela irá identificar, caso seja bem-sucedida. Isso ocorre através dos planos de alto nível.

Esses planos de alto nível constituem as metas e objetivos que a empresa quer atingir. Seja uma posição de Top of Mind, maior percentual de mercado em uma região, disputa de prêmios da categoria, boa saúde financeira, etc. Todos esses pontos devem ser integrados a cultura organizacional da empresa, e fazer sentido a sua realidade, pois é a partir deles que as principais decisões e ações serão pautadas.

IMPORTANTE!

Um aspecto importante, embora frequentemente ignorado nos planejamentos, é a maneira que ele se relaciona com as previsões. Elas são frutos da arte de prever o futuro, enquanto o planejamento estratégico dá direções para lidar com esse futuro e diferentes cenários.

Planejamento combina as previsões com a preparação de cenários, além de como adaptar-se a eles. O planejamento é uma das técnicas mais importantes do gerenciamento de projetos e do gerenciamento do tempo.

Etapas do Planejamento Estratégico

Existem vários componentes-chave que constituem o processo de planejamento estratégico, incluindo fases comuns, como análise estratégica e formulação da estratégia, junto com a implementação e monitoramento. Embora o processo de planejamento estratégico exija muita paciência e possa ser uma tarefa desafiadora, a maioria das empresas pode concordar que o processo pode gerar resultados altamente recompensadores. Uma visão mais detalhada dos estágios individuais do processo de planejamento estratégico e como eles afetam o seu negócio envolvem:

  • 1º Passo: Identificar posição estratégica;
  • 2º Passo: Reúna pessoas e informações;
  • 3º Passo: Execute uma análise SWOT;
  • 4º Passo: Formule um Plano Estratégico;
  • 5º Passo: Execute seu plano estratégico;
  • 6º Passo: Monitore constantemente o desempenho.

Como fazer um Planejamento Estratégico? (Passo a Passo)

1º Passo: Posição estratégica

O primeiro estágio prepara você para o restante do processo de planejamento estratégico. Para atingir seus objetivos, você deve primeiro ter uma visão clara. Comece definindo seus objetivos de curto e longo prazo. Resumindo, o que você espera alcançar? Em seguida, determine quais etapas você executará para atingir esses objetivos. Ao identificar sua posição estratégica, lembre-se de que seus objetivos devem ser realistas e mensuráveis. Para obter ajuda nesta etapa, analise sua declaração de missão, valores corporativos e cultura de trabalho.

2º Passo: Reúna pessoas e informações

Faça uma breve reunião entre a liderança para discutir sua estrutura de planejamento com consultores de benefícios e auditar seu programa. Depois de estabelecer sua posição estratégica, você desejará trazer as pessoas que estarão envolvidas no processo de planejamento. Certifique-se de que todos os dados usados são precisos para que você tome decisões informadas com base em fatos. Uma vez que você tenha pessoas, examine quaisquer questões internas ou externas que possam afetar seus objetivos. Pode ser útil pedir a opinião de outras pessoas em sua empresa, como funcionários, clientes ou parceiros.

3º Passo: Execute uma análise SWOT

SWOT, que é um acrônimo para forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, atua como uma ferramenta poderosa durante o processo de planejamento estratégico. Uma análise SWOT é realizada para ajudar a identificar os pontos fortes e fracos de um negócio, bem como identificar quaisquer oportunidades e ameaças que possam surgir. Depois que a equipe tiver identificado todos os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças, você pode trabalhar em conjunto para desenvolver novas metas que ajudarão sua empresa a enfrentar essas possibilidades de uma forma mais positiva. Uma análise SWOT também pode levá-lo na direção certa e em direção aos seus objetivos.

Nessa etapa sugerimos que utilize indicadores que fazem sentido a empresa e sejam atingíveis. E para acompanhá-los, pode adotar:

4º Passo: Formule um Plano Estratégico

Depois de identificar com sucesso sua posição estratégica e ter um conjunto de metas alinhadas com a missão da sua empresa, você pode começar a trabalhar em seu plano estratégico. Ao desenvolver seu plano, considere quais iniciativas terão maior impacto em seu negócio e quais ajudarão mais a melhorar sua posição. Considere também quais iniciativas são mais urgentes e coloque-as na linha de frente. Para garantir que seu plano estratégico esteja funcionando, você precisará determinar a melhor maneira de medir seu progresso. Com metas mensuráveis, você pode ver as melhorias à medida que acontecem.

Algumas ferramentas podem te ajudar nessa etapa, veja:

5º Passo: Execute seu plano estratégico

Depois de definir seu plano estratégico, você está pronto para implementá-lo. Esta etapa é a fase de ação do processo de planejamento estratégico. Comece alertando todos os envolvidos no plano sobre sua estratégia. Idealmente, você deseja distribuir as tarefas entre diferentes indivíduos ou departamentos para evitar que uma pessoa ou grupo de pessoas fique sobrecarregado. Também reserve um tempo para verificar novamente com essas pessoas ou grupos para garantir que você está se mantendo no caminho certo. Se você achar que não está atingindo seus objetivos, faça as alterações necessárias.

6º Passo: Monitore constantemente o desempenho

Atente-se para as tabelas de dados e gráficos que os consultores estão revisando para monitorar a atividade dos funcionários e garantir que eles estejam seguindo o processo de planejamento estratégico da empresa. Seu processo de planejamento estratégico não será eficaz a menos que todos estejam fazendo sua parte. Isso exige que você monitore e gerencie constantemente o desempenho e ajuste quaisquer componentes que não estejam levando a resultados satisfatórios. Também é importante responsabilizar os envolvidos no processo de planejamento estratégico por suas tarefas atribuídas. Saiba que pode ser necessário repetir o processo de gerenciamento estratégico se alguma ação corretiva que você tomar não for bem-sucedida. Continue a coletar dados novos e relevantes para ajudar com qualquer planejamento estratégico futuro que possa ocorrer.

Como o planejamento funciona no âmbito do Lean Seis Sigma?

Em 1976, a União de Cientistas e Engenheiros Japoneses (JUSE) viu a necessidade de desenvolver ferramentas para promover a inovação, comunicar informações e realizar o planejamento de grandes projetos com êxito.

Uma equipe pesquisou e desenvolveu sete ferramentas para o controle de qualidade, muitas vezes chamadas de sete ferramentas de gerenciamento e planejamento (GP). Nem todas as ferramentas eram novas, mas a unificação e promoção em metodologia criaram um processo inovador. São os diagramas de:

  • Afinidade: organiza um grande número de ideias e suas relações;
  • Relações: mostra relações de causa e efeito e ajuda a analisar os vínculos naturais entre os diferentes aspectos de uma situação complexa;
  • Direcionador: divide categorias amplas em níveis mais detalhados, ajudando você a mover seu pensamento passo a passo de generalidades para especificidades. Um diagrama direcionador bastante conhecido é o de árvore CTC (critical to customer) ou CTQ (critical to Quality). Disponíveis em nossa apostila Green Belt grátis;
  • Matricial: mostra a relação entre dois, três ou quatro grupos de informação. Nos ajuda a compreender detalhes da relação entre esses grupos, como a força, os papéis desempenhados pelos vários indivíduos e como realizar as medições;
  • Matriz de Análise de Dados: é uma técnica matemática para a análise de matrizes, frequentemente substituída nesta lista pela matriz de priorização similar. Uma das mais rigorosas, cuidadosas e demoradas ferramentas de tomada de decisão. É uma matriz em forma de L que utiliza comparações pareadas de uma lista de opções para um conjunto de critérios, a fim de escolher a melhor possibilidade;
  • Seta: mostra a ordem necessária para execução das tarefas em um projeto. Encontre a melhor programação do projeto e os potenciais problemas e suas soluções;
  • PDPC: identifica sistematicamente o que pode dar errado em um plano em desenvolvimento.

Continue aprendendo:

Faça parte da Assinatura FM2S e tenha acesso a diversos cursos certificados que o qualificarão para as etapas de planejamento, execução e análise. Comece pelo White Belt Gratuito, avance para o Green Belt e atinja o nível máximo no Master Black Belt. Clique no banner e saiba mais:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 7 =