TCC – Trabalho de Conclusão de Curso: Motivações

TCC
10 de janeiro de 2020
Última modificação: 01 de abril de 2022

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Carreira

Trabalho de conclusão de curso, trabalho de graduação, dissertação, monografia, trabalho acadêmico, trabalho final de curso, tcc. Todos estes são nomes para designar um grande desafio (talvez o maior) de toda sua graduação.

Mas por onde começar? Qual a melhor abordagem? A melhor forma de apresentá-lo? Qual metodologia devo seguir? Vamos com calma. Traremos aqui algumas dicas sobre as melhores forma de conduzir este trabalho.

Acredito que assuntos como a escolha do tema, normas técnicas e estrutura de formatação sejam processos já padronizados ou de cunho pessoal, portanto focaremos em dicas para de fato realizar a sua pesquisa, mas não se esqueça de reservar um tempo para adequar o seu trabalho aos padrões exigidos pelo seu curso.

1. Adote uma diagrama visual

O uso de um diagrama de trabalho é importante para visualizar o problema e todos os degraus para que se alcance o objetivo final. É importante também que essa diagrama escalone cada uma das etapas a serem seguidas para que se obtenha uma boa entrega.

Um exemplo de um bom diagrama para essa questão é o de Ishikawa (ou também conhecido como diagrama espinha de peixe). É excelente para visualizar o problema de uma forma geral. O mais incrível desta ferramenta é que ela pode ser aplicada a praticamente qualquer tipo de problema e ela está disponível em nossos materiais de apoio, portanto não deixe de conferir.

Se o seu trabalho consistir na resolução de um case real ou a monografia de um tema específico é possível subdividi-lo em tópicos menores de maneira que você enxergue cada etapa a ser realizada. Desta forma você não se perde no seu trabalho e consegue manter o foco na entrega.

É importante também que você apresente o diagrama utilizado em seu tcc e argumente porque você optou por ele.

2. Estabeleça prioridades e atente-se aos prazos

Estabelecer prioridades é um tarefa importante, porém não tão simples quanto parece. A confusão acontece quando os prazos estão envolvidos, pois em geral as pessoas costumam organizar suas prioridades em relação ao nível de dificuldade de execução de uma tarefa, porém se esquecem que o prazo pode se sobressair em relação às dificuldades.

Portanto a solução é transformar as dificuldades também em prazos. Por exemplo, imagine que você tem que fazer uma tarefa que é de difícil execução e, portanto, você resolve fazê-la primeiro. Mas existem outras tarefas mais fáceis, porém mais trabalhosas e por conta disso você acaba as deixando pra depois e pode acaber se atrapalhando com relação aos prazos.

Uma vez “calculado” o tempo de cada tarefa você consegue estabelecer melhor cada uma de suas prioridades. Obviamente estou me referindo às tarefas que não possuem pré-requisitos.

No que diz respeito aos prazos, é importante seguir um cronograma, estabelecendo deadlines para suas entregas. Este cronograma é uma ferramenta para controlar seus próprios prazos alinhando com seu orientador(a), logo procure cumprir com as datas definidas.

3. Escolha de Orientadores para seu TCC

A escolha de um(a) orientador(a) é uma tarefa que é muito mais delicada do que parece. Durante a sua trajetória acadêmica você teve contato com muitos professores e diversas matérias que lhe despertaram mais ou menos interesse, o motivo já não vem ao caso.

O ideal seria escolhermos uma pessoa especialista na área em que deseja realizar o seu estudo para te ajudar, não é mesmo? Na teoria sim, mas sabemos que na prática não é bem assim que as coisas funcionam.

A ideia aqui é você pensar em quais professores serão mais efetivos em lhe ajudar, mesmo que não dominem completamente o assunto. O fato de escolher uma pessoa como sua orientadora também não quer dizer que você não poderá conversar com outros professores a respeito do seu trabalho, entende? Mas acredito que o mais importante aqui é escolher aquela pessoa que de fato te oriente em relação ao que deve ser feito e a maneira como você deve conduzir o seu estudo.

4. Bibliografia

A bibliografia é extremamente importante, pois ela dará base ao seu estudo. Procure contextualizar bem o seu estudo, não somente com relação ao seu curso, mas também com relação ao espaço-tempo em que ele se insere. Isso é bom principalmente para estudos de temas que são recentes no mundo acadêmico.

Acredito que o ponto de partida para construir um bom alicerce é pesquisando outros trabalhos que sejam parecidos com o seu ou pesquisas que antecedam o seu estudo. Dependendo do tema escolhido você não possui tantos estudos para se apoiar, daí vem a importância de contextualizar o seu estudo no espaço-tempo.

Existem diversas plataformas online de busca de artigos e estudos para busca de artigos como o Google acadêmico, web science e science direct. Fique atento apenas que algumas delas são pagas, mas muitas universidades possuem planos para acessar estes conteúdos, então é válido conferir isso. Peça também ao seu orientador(a) que te recomende algumas páginas para buscar conteúdo.

5. Aperfeiçoando sua pesquisa

Para aqueles que realizarão pesquisas de campo, laboratoriais ou necessitarão realizar visitas técnicas é importante você já preparar o que deve ser feito previamente. Elaborar uma lista com as informações e/ou procedimentos a serem realizados e procurar as peculiaridades de cada processo também ajuda a ganhar agilidade no seu trabalho.

Mapear processos e metodologias como PDCA, Agile, planejamento de experimentos, SIPOC são extremamente úteis para aperfeiçoar o seu trabalho. Aproveite e confira estes e muitos outros conteúdos que irão auxiliá-lo em nosso material de apoio.

6. Apresentação

Sendo assim, no que tange a apresentação de seus estudos a dica é a seguinte: torne a sua apresentação o mais visual possível. A visualização do seu tcc inicia no sumário que nada mais é do que a forma como você escolheu dividir o seu trabalho. Portanto aprenda como fazer um sumário de um tcc, veja alguns exemplos, inclusive para o resumo (o famoso abstract).

Outra coisa que ajuda muito a tornar a informação visual é o uso de tabelas, gráficos de controle, dispersão, histogramas, fluxogramas até mesmo dashboards. Aproveite para conferir nossas matérias:

Para os que irão trabalhar com uma grande variedade de dados, a ferramenta Power Bi pode ser extremamente útil. Ela trata e dinamiza a apresentação dos seus dados de uma forma incrível. Se deseja aprender mais sobre esta e diversas outras ferramentas para o seu tcc acesse a nossa Plataforma EAD e confira.

É importante também a roupa para apresentar seu tcc. Demonstre profissionalidade, mas não exagere. Acredito que a roupa deve estar de acordo com o ambiente e também com o tema.

Ensaiar e cronometrar a sua apresentação é extremamente importante para conferir segurança na forma como você apresenta seu tcc. Estime um tempo de 20 a 30 minutos para apresentação. Lembre-se que a apresentação deve ser extremamente visual, então evite colocar textos, isso torna a apresentação pesada.

7. TCC: Dicas Gerais

Aqui vão algumas dicas finais para dar aquela lapidada no seu trabalho e conseguir realizar a sua apresentação com sucesso:

  • Organize os seus arquivos: separe um pasta com todos os conteúdos utilizados no seu estudo, incluindo os arquivos do tcc em pdf, tanto da parte escrita, como da apresentação;
  • Tenha uma cópia de segurança: a medida em que for desenvolvendo seu trabalho é importante que você faça um backup (preferencialmente online) do seu trabalho;
  • Leve cópias impressas do seu trabalho: é importante ter duas ou três cópias impressas para distribuir para a banca e outros interessados no seu trabalho. Assim eles conseguem acompanhar o estudo e sanar possíveis dúvidas que possam surgir durante a apresentação.
  • Tcc ABNT: todos nós sabemos que a maior parte dos trabalhos de conclusão de curso seguem as normas ABNT de formatação, portanto adeque o seu trabalho à elas.
  • Apêndices, anexos e glossários podem ser úteis para não saturar as páginas do trabalho impresso e também facilita a visualização do seu estudo.

Portanto, caso o seu trabalho seja muito extenso (no caso de projetos ou grandes processos) recomendamos a utilização de alguma ferramenta para gerenciar isto, como é o caso do PmBok, MsProject.

Se você não possui conhecimentos sobre estas ferramentas, aproveite e confira nossa Plataforma EAD. Dessa forma, você encontra cursos em diversas áreas como gestão de projetos, gestão de processos, carreira e liderança, visualização de dados e muitos outros atributos que lhe ajudarão a obter excelência no seu trabalho.

E claro, antes de mais nada, desejamos boa sorte no seu trabalho!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.