Desenvolvimento Pessoal: Descubra agora qual o seu impacto
Blog

10 de maio de 2020

Última atualização: 26 de outubro de 2023

Desenvolvimento Pessoal: Descubra agora qual o seu impacto

O desenvolvimento pessoal é um tema que vem ganhando cada vez mais atenção no mundo contemporâneo. Com as constantes mudanças e desafios enfrentados no dia a dia, a busca por evolução e autoconhecimento tornou-se essencial para alcançarmos nossos objetivos e sonhos. Neste post, exploraremos os principais conceitos e práticas envolvidos no desenvolvimento pessoal, e como você pode aplicá-los em sua vida para promover o crescimento e a realização pessoal.

Com o curso Empatia da FM2S, descubra ferramentas para a compreensão do ambiente ao seu redor do ponto de vista de outras pessoas, melhorando sua comunicação e obtendo mais resultados. Entenda como ter atitudes empáticas e transformar o convívio no trabalho em um fator positivo que agregue na produtividade

Curso Empatia FM2S

O que é Desenvolvimento Pessoal?

O desenvolvimento pessoal é um processo que se dá ao longo da vida e se trata de uma maneira de as pessoas avaliarem suas habilidades e qualidades e estabelecerem objetivos para maximizar seu potencial. E, embora o desenvolvimento inicial e as experiências de formação iniciais na família e na escola possam ajudar a moldar-nos como adultos, o desenvolvimento pessoal não deve parar mais tarde na vida.

Por que o desenvolvimento pessoal é importante?

Existem muitas ideias em torno do desenvolvimento pessoal, uma das quais é o processo de autoatualização proposto por Abraham Maslow (1908-1970), psicólogo estadunidense. A autoatualização, segundo ele, é a necessidade embutida de todos os indivíduos por desenvolvimento pessoal.

A extensão em que as pessoas são capazes de se desenvolver depende de certas necessidades serem atendidas, as quais formam uma hierarquia. Somente quando um nível de necessidade é satisfeito, um nível mais alto pode ser desenvolvido. À medida que a mudança ocorre ao longo da vida, no entanto, o nível de necessidade de motivar o comportamento de alguém a qualquer momento também muda. Assim, a autorrealização refere-se ao desejo de que todos se tornem tudo o que são capazes de se tornar.

Quais são os 4 pilares do desenvolvimento pessoal?

Os 4 pilares do desenvolvimento pessoal são aspectos fundamentais que abrangem as principais áreas de crescimento e evolução em nossa vida. Eles são:

  1. Autoconhecimento: o autoconhecimento é a base de qualquer processo de desenvolvimento pessoal. É a habilidade de compreender nossas próprias emoções, crenças, valores, motivações e padrões de comportamento. Ao desenvolver o autoconhecimento, somos capazes de identificar nossos pontos fortes e fracos, reconhecer oportunidades de crescimento e tomar decisões mais conscientes em nossas vidas;
  2. Habilidades interpessoais: as habilidades interpessoais envolvem nossa capacidade de nos comunicar, interagir e construir relacionamentos saudáveis com os outros. Desenvolver essas habilidades é crucial para o sucesso pessoal e profissional, pois elas nos ajudam a colaborar, resolver conflitos, expressar nossas necessidades e compreender as necessidades dos outros;
  3. Autodesenvolvimento: o autodesenvolvimento refere-se ao processo contínuo de aprendizado e aperfeiçoamento de habilidades, conhecimentos e competências em diferentes áreas da vida. Isso inclui buscar educação formal e informal, aprender com experiências e erros, e se adaptar às mudanças e desafios. O autodesenvolvimento nos ajuda a alcançar nossas metas e a nos tornarmos mais resilientes e capazes de lidar com as adversidades;
  4. Equilíbrio entre vida pessoal e profissional: manter um equilíbrio saudável entre nossa vida pessoal e profissional é essencial para o bem-estar e a satisfação geral. Isso envolve estabelecer limites, gerenciar nosso tempo, cuidar de nossa saúde física e mental e priorizar atividades e relacionamentos que nos proporcionam realização e felicidade.

Ao focar nestes quatro pilares, somos capazes de construir uma base sólida para o desenvolvimento pessoal e buscar uma vida mais plena e significativa.

Qual o impacto do Desenvolvimento Pessoal na carreira?

No cenário atual, espera-se que os indivíduos participem ativamente e contribuam de forma plural, além de apresentarem produtividade no geral. Assim, por exemplo, espera-se que um executivo de front office não atenda apenas às chamadas telefônicas ao longo do dia. Ele/ela precisa atualizar constantemente suas habilidades e ter interesse ativo em outros departamentos relacionados, como administração, logística, transporte de escritório e assim por diante.

O desenvolvimento pessoal desempenha um papel crucial no crescimento de uma carreira. Um indivíduo que pode contribuir não apenas em sua área de especialização, mas também em outros domínios, é obrigado a obter promoções rápidas, incentivos e recompensas lucrativos. Assim, o desenvolvimento pessoal é fundamental não apenas para o crescimento na carreira, mas também para a mera sobrevivência na organização. Afinal, nenhuma organização gostaria de manter um indivíduo que seja resistente a mudanças e que não atue em situações imprevisíveis.

Além disso, o desenvolvimento pessoal ajuda a definir metas e expectativas para si mesmo. Qualquer pessoa sem uma visão da vida não apenas falha, mas também se perde facilmente. É importante definir expectativas para si mesmo. Sempre há um escopo de melhoria: por isso nunca, jamais, sinta que você é o melhor e sabe tudo.

Por fim, esse é um aspecto que faz de você um profissional confiante e maduro, duas qualidades extremamente importantes para o crescimento da carreira. Ajuda a sorrir mesmo nas piores circunstâncias. Por isso, atualizar-se com o tempo é extremamente importante, pois não apenas o prepara para o presente, mas também para o futuro.

Quais são as áreas do desenvolvimento pessoal?

O desenvolvimento pessoal engloba diversas áreas que contribuem para o crescimento e aprimoramento do indivíduo. Algumas das principais áreas incluem:

  • Autoconhecimento: envolve a compreensão de si mesmo, incluindo emoções, crenças, valores, pontos fortes e fracos. O autoconhecimento é fundamental para reconhecer áreas de melhoria e tomar decisões conscientes em nossas vidas;
  • Habilidades emocionais: esta área foca no desenvolvimento da inteligência emocional, permitindo o gerenciamento efetivo das emoções, a empatia pelos outros e a resolução de conflitos de maneira construtiva;
  • Habilidades interpessoais: inclui a capacidade de se comunicar efetivamente, estabelecer relacionamentos saudáveis e trabalhar em equipe. As habilidades interpessoais são cruciais para o sucesso pessoal e profissional;
  • Crescimento intelectual: envolve o desenvolvimento do pensamento crítico, habilidades analíticas e a busca contínua pelo conhecimento e aprendizado ao longo da vida;
  • Saúde física: abrange a manutenção de um estilo de vida saudável, incluindo exercícios regulares, alimentação equilibrada e cuidado com o corpo;
  • Saúde mental: foca na manutenção do bem-estar emocional e psicológico, gerenciamento do estresse e desenvolvimento de estratégias de enfrentamento adaptativas;
  • Desenvolvimento espiritual: envolve a busca por um propósito de vida, valores e princípios, e a conexão com algo maior que si mesmo, seja através da religião, da espiritualidade ou de outros sistemas de crenças;
  • Desenvolvimento profissional: abrange a melhoria das habilidades e competências necessárias para avançar na carreira, alcançar objetivos profissionais e obter satisfação no trabalho;
  • Desenvolvimento financeiro: inclui a gestão eficaz das finanças pessoais, o estabelecimento de metas financeiras e a busca pela segurança e independência financeira.

Ao trabalhar nessas áreas, os indivíduos podem experimentar um crescimento holístico e alcançar uma vida mais equilibrada e satisfatória.

Como iniciar o desenvolvimento pessoal?

Iniciar o desenvolvimento pessoal é um processo contínuo e envolve autoconhecimento, definição de objetivos e aprimoramento de habilidades. Aqui estão algumas dicas para começar:

  • Autoconhecimento: faça uma análise profunda de seus pontos fortes, fraquezas, valores e interesses. Pergunte-se: Quais são meus objetivos na vida? O que me faz feliz? Quais são as áreas em que preciso melhorar?
  • Estabeleça metas: defina metas claras e realistas para o seu crescimento pessoal. Essas metas podem estar relacionadas à carreira, relacionamentos, habilidades ou saúde. Certifique-se de que sejam específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo determinado (SMART);
  • Elabore um plano de ação: divida suas metas em etapas menores e defina prazos para cada uma delas. Isso ajudará a manter o foco e facilitará a medição do progresso;
  • Aprenda e adquira novas habilidades: invista tempo e recursos em aprender coisas novas e aprimorar suas habilidades existentes. Isso pode incluir ler livros, fazer cursos online, participar de workshops ou trabalhar com mentores;
  • Desenvolva hábitos saudáveis: cuide do seu bem-estar físico e mental, adotando uma alimentação equilibrada, praticando exercícios regularmente, dormindo bem e estabelecendo momentos de lazer;
  • Cultive relacionamentos positivos: rodeie-se de pessoas que compartilhem seus valores, apoiem seus objetivos e o inspirem a crescer;
  • Pratique a auto-reflexão: reserve um tempo para refletir sobre suas experiências e aprendizados. Isso o ajudará a identificar áreas de melhoria e ajustar seu plano de ação conforme necessário;
  • Aceite feedback: esteja aberto a ouvir e aprender com os outros. Feedbacks construtivos podem fornecer informações valiosas para o seu crescimento pessoal;
  • Seja resiliente: enfrente os desafios e adversidades com determinação. Aprenda com seus erros e use essas experiências para crescer e se desenvolver;
  • Celebre suas conquistas: reconheça e comemore suas realizações, por menores que sejam. Isso o ajudará a manter a motivação e a confiança no processo de desenvolvimento pessoal.

Lembre-se de que o desenvolvimento pessoal é um processo contínuo e pode levar tempo para ver resultados significativos. Tenha paciência consigo mesmo e mantenha-se comprometido com seus objetivos.

Quais são as áreas do desenvolvimento pessoal?

O desenvolvimento pessoal é um processo amplo e pode ser dividido em várias áreas. Algumas das áreas mais comuns incluem:

  • Crescimento emocional: envolve o gerenciamento e a expressão adequada das emoções, o desenvolvimento da empatia, a resiliência emocional e a inteligência emocional;
  • Desenvolvimento intelectual: refere-se ao aprimoramento do pensamento crítico, da solução de problemas, da criatividade, da capacidade de aprendizado e da busca por novos conhecimentos e habilidades;
  • Desenvolvimento espiritual: trata da busca pelo autoconhecimento, propósito de vida, conexão com algo maior e desenvolvimento de valores e crenças pessoais;
  • Desenvolvimento físico: inclui a manutenção e melhoria da saúde física, como a prática regular de exercícios, alimentação equilibrada e cuidados com o sono e a saúde em geral;
  • Desenvolvimento social: envolve a construção de relacionamentos saudáveis e significativos, aprimoramento das habilidades de comunicação e a capacidade de trabalhar bem em equipe;
  • Desenvolvimento profissional: focado no crescimento da carreira, aquisição de novas habilidades, desenvolvimento de liderança, aumento de produtividade e satisfação no trabalho;
  • Desenvolvimento financeiro: trata da gestão eficiente dos recursos financeiros, planejamento financeiro, poupança, investimento e busca por estabilidade e segurança financeira;
  • Gestão do tempo: envolve aprender a priorizar tarefas, estabelecer metas e prazos, evitar a procrastinação e equilibrar as diversas áreas da vida.

É importante observar que essas áreas estão interligadas e o progresso em uma área pode afetar positivamente outras áreas de sua vida. Portanto, é fundamental abordar o desenvolvimento pessoal de maneira holística, buscando melhorias em todas as áreas relevantes para você.

Desenvolvimento Profissional x Desenvolvimento Pessoal

Todos nós já ouvimos falar em planos de desenvolvimento pessoal, assim como em planos de desenvolvimento profissional, mas como exatamente se diferencia os dois? E como você sabe em qual deles concentrar suas energias?

Desenvolvimento profissional

O desenvolvimento profissional envolve desenvolver-se em sua função para entender completamente o trabalho que você faz e como pode melhorar. Isso envolve o aprimoramento das habilidades necessárias para desempenhar seu papel da maneira mais eficaz possível, além de ser algo que continuará ao longo de sua vida profissional.

Aliás, o desenvolvimento profissional eficaz envolve garantir que seu conhecimento e entendimento de sua área de especialização para sua carreira estejam sempre no nível mais alto possível. É, enfim, a aquisição de habilidades e conhecimentos para o avanço na carreira, mas também inclui um elemento de desenvolvimento pessoal.

Desenvolvimento pessoal

Ao pensar em desenvolvimento pessoal, pense em quais habilidades você precisa para alcançar os resultados exigidos, tanto em seu cargo como na vida em geral. Trata-se de melhorar seus talentos e potencial, dentro e fora do local de trabalho. Assim, por ter um entendimento completo do que você precisa alcançar e como alcançá-lo, você pode desenvolver as habilidades necessárias por meio de uma solução.

10 coisas do dia a dia para melhorar seu Desenvolvimento Pessoal

1. Leia sobre o que você deseja melhorar

Você quer melhorar uma certa habilidade? Leia sobre isso! Seja mais meditativo, leia livros que detalham o tema, por exemplo. Quer ser mais produtivo? Espontâneo? Extrovertido? Confiante? Certamente há uma extensa bibliografia sobre o tema de seu interesse. Vá atrás!

2. Encontre um mentor

Um mentor pode ser qualquer pessoa que saiba algo que você não conhece, mas que deseja aprender; pode ser um colega ou mesmo alguém muito mais experiente e que esteja disposto a compartilhar sua trajetória. A tutoria é de longe o caminho mais rápido da aprendizagem.

3. Reflita no final de cada dia

Se você realmente deseja levar a sério o autodesenvolvimento (e não apenas falar sobre isso), precisa estar constantemente ciente de como pode melhorar. E a única maneira de saber como melhorar é se você refletir e se perguntar onde e como ainda precisa evoluir.

4. Crie hábitos firmes

São seus hábitos que revelam os resultados, e não o contrário. Você não pode viver uma vida e esperar que um dia tenha outra. Você precisa adotar os hábitos diários que permitirão que as coisas que você deseja mudar mudem.

5. Encontre outras pessoas para incentivá-lo

O autodesenvolvimento não é apenas um jogo solo. Portanto, passe tempo com pessoas que estão trabalhando em coisas semelhantes às suas, assim você se verá crescendo com elas em um ritmo mais rápido do que se tivesse tentado fazer tudo sozinho.

6. Crie um sistema de recompensa / punição

Isso é necessário para pessoas que precisam quebrar maus hábitos. Às vezes, é uma recompensa (ou um castigo) que faz a diferença entre mudanças imediatas e rápidas e promessas fugazes em andamento.

7. Seja honesto consigo mesmo

Nenhuma falação sobre o assunto instigará mudanças verdadeiras. Esta é a parte mais difícil para as pessoas. É muito mais fácil comprar um livro sobre autodesenvolvimento e exibi-lo do que por em prática o que você se propõe. Portanto, você tem que ser realmente honesto consigo mesmo. Você é seu próprio juiz.

8. Encontre modelos que você possa procurar

Busque inspiração e motivação, mesmo que em simples lembretes diários de como você pode continuar avançando em sua jornada.

9. Avalie seu progresso

Mantenha em mente que “Se você não pode medir, não faça". Levei muito tempo para entender o que aquilo significava. Independentemente de quão etérea é a coisa em que você deseja trabalhar, você precisa encontrar uma maneira de medir seu progresso. É a única maneira de saber se está se movendo na direção.

10. Consistência é a chave

O autodesenvolvimento não acontece da noite para o dia, mas lenta e deliberadamente. Consistência é o que cria uma mudança verdadeiramente significativa - e é isso que torna o processo tão difícil.

Como incentivar o desenvolvimento pessoal e profissional no local de trabalho

Mostre aos membros da sua equipe que você se preocupa com eles como pessoas, não apenas como funcionários.

Aquelas pessoas de alto desempenho são as mesmas que, predominantemente, desejam aprender e evoluir em suas carreiras. Mas algo geralmente é esquecido, e essa é a importância da implementação do desenvolvimento pessoal como um meio de se desenvolver profissionalmente. De fato, o desenvolvimento pessoal é essencial para os mais altos níveis de desenvolvimento profissional.

Se os líderes e as empresas querem ver progresso em direção a novos níveis de sucesso, precisam começar a tratar seus funcionários como pessoas fora de suas profissões. Uma pesquisa da Social Market Foundation revelou que funcionários felizes são 20% mais produtivos do que funcionários insatisfeitos. Enquanto, segundo um relatório Gallup de 2017, 51% dos funcionários não estão envolvidos no trabalho. Dessa forma, certamente as empresas precisam fazer uma mudança.

Uma maneira de aumentar a felicidade na força de trabalho é investir no desenvolvimento pessoal, tanto para líderes quanto para suas equipes. Quando os líderes investem no desenvolvimento pessoal de seus funcionários, também estão investindo na produção de grandeza dentro de suas empresas. Então, como os líderes podem oferecer oportunidades de desenvolvimento pessoal a seus funcionários?

1. Incentive a autoconsciência

Nosso bem-estar determina nosso desempenho, e não podemos cuidar dele se não entendermos quem somos. Portanto, considere oferecer avaliações de personalidade aos membros da sua equipe, pois elas aumentam a consciência de si e fornecem um idioma para as personalidades únicas.

Além disso, incentive as discussões em grupo sobre os resultados da avaliação, para que os funcionários possam entender melhor a si mesmos e a seus colegas de trabalho. Através da autodescoberta e do aumento da conscientização, as pessoas podem criar oportunidades para usar suas forças no local de trabalho.

2. Forneça recursos de desenvolvimento pessoal

Assim como existem recursos de desenvolvimento profissional ao alcance dos funcionários, disponibilize ferramentas para o desenvolvimento pessoal. Forneça um banco de dados on-line que os funcionários possam acessar com recursos de desenvolvimento atualizados constantemente - isso pode incluir vídeos, artigos, podcasts e muito mais. Assim, quanto mais recursos disponíveis, maior a probabilidade de os membros de sua equipe encontrarem algo que ressoe.

3. Incentive objetivos pessoais juntamente com objetivos profissionais

Os funcionários geralmente são incentivados a identificar metas para si mesmos profissionalmente. Mas, se for esse o caso, as metas pessoais também devem ser incluídas. Sente-se com seus funcionários individualmente para perguntar quais habilidades eles gostariam de desenvolver pessoal e profissionalmente e em seguida, ofereça seu apoio para ajudar os membros da sua equipe a alcançá-los.

Mostrar à sua equipe o quanto você se preocupa com eles como pessoas e não apenas como funcionários transformará a maneira como eles começam a abordar seu trabalho. Portanto, da próxima vez que implementar um plano de desenvolvimento profissional, priorize também as estratégias de desenvolvimento pessoal.

Leia Mais:

Paula Louzada

Paula Louzada

Engenheira Mecânica (2016) e mestra pela Universidade Estadual de Campinas (2023). Na França, atuou na área de Melhoria de Produção de uma empresa do segmento aeronáutico, e no Brasil fez parte da equipe de Melhoria Contínua de uma multinacional do ramo químico. Atualmente, trabalha como consultora de Projetos de Melhoria, Excelência Operacional e Gestão da Rotina, além de ministrar aulas de Green Belt, Black Belt e Ferramentas da Qualidade na FM2S Educação e Consultoria.