Programa Seis Sigma: como estruturar o seu programa?

programa seis sigma
02 de fevereiro de 2017
Última modificação: 02 de fevereiro de 2017

Autor: Virgilio Marques Dos Santos
Categorias: Blog, Seis Sigma

O que é um Programa Seis Sigma?

Programa Seis Sigma: como construir um Programa Seis Sigma na sua empresa? Como criar uma equipe e engajá-los numa onda de projetos Seis Sigma que farão os resultados da sua empresa melhorar significativamente? É isso que falaremos nesse artigo, resumindo as principais etapas.

Como realizar a sensibilização e comunicação?

Todas as iniciativas de melhoria necessitam de suporte da alta gestão combinados à um plano efetivo de comunicação. Iniciativas Lean Seis Sigma de sucesso podem ser pensadas como uma mistura entre puxar e empurrar. Devemos empurrar a formação de Green Belts e Black Belts e puxar, por meio dor meio dos projetos desafiadores lançados pela alta gestão.

Sessões Seis Sigma de conscientização podem ser úteis para demonstrar à gestão sênior o papel deles na geração dos desafios e, a importância dos dados na hora da tomada de decisões. Como diria o velho Deming, em Deus eu acredito, no resto, tragam-me dados.

Como funciona a gestão do Programa Seis Sigma?

Conforme o tamanho do Programa Seis Sigma cresce, ter uma estrutura clara de gestão é um ponto chave para o monitoramento e divulgação dos vários projetos em andamento. Essa função também inclui a análise e a avaliação dos ganhos financeiros alcançados por essas iniciativas.

Como funciona o coaching Lean Seis Sigma?

O coaching e o suporte para os novos Green Belts é o fator mais importante para que os projetos avancem na velocidade correta. Não é coincidência que a ausência de coaching e suporte, durante os primeiros projetos depois da formação Green Belt ou Black Belt, é o feedback negativo mais comum dos alunos de um Programa Seis Sigma mal estruturado. O suporte pode ser fornecido por meio de vários formatos, com o objetivo de catapultar o resultado dos Green Belts e Black Belts recém treinados. São eles:

  • Coaching de projetos Seis Sigma feitos de maneira detalhada e individual.
  • Helpdesk Seis Sigma (por telefone ou e-mail) para solucionar questões Estatísticas ou de Minitab, que de outra forma, poderiam causar atrasos nos projetos.
  • Eventos comunitários e websites que permitam a troca de ideias e o aprendizado continuado.
  • Guias, e-books e manuais para servirem de referência após o treinamento.

Como estruturar os Projetos Seis Sigma?

O valor das iniciativas Seis Sigma é entregue por meio uma gama grande de projetos. Os projetos vão desde uma análise estatística simples, realizada por um único Black Belt até projetos que demandam grandes equipes. Mas o que todos eles têm em comum são: escopo claro, orientação à problemas e resolução por meio dos dados.

Qual é o Motor do Projeto?

Enquanto grandes esforços são despendidos para encontrar os projetos certo para o Programa Seis Sigma, muito pouco é feito no intuito de encontrar as pessoas certas. A capacitação Lean Seis Sigma é um investimento significativo para a empresa. E assim, necessita de uma seleção cuidadosa para garantir que essa equipe seja formada por agentes que tenham as habilidades necessárias para conduzir mudanças.

Como se dá o treinamento Seis Sigma?

O Seis Sigma envolve, inevitavelmente, uma grande quantidade de treinamento. É importante, entretanto, lembrar que o objetivo do Seis Sigma é a entrega de melhorias reais nos processos da organização, por meio de projetos estruturados que são suportados pelo treinamento adequado. Nada além disso.

Organizações que focam seu Programa Seis Sigma somente em treinamentos, frequentemente acabam por formar uma grande quantidade de Green Belts e Black Belts que acabam por não gerar retorno financeiro.

Como qualquer treinamento, uma capacitação Seis Sigma efetiva necessita de uma mistura de teoria e prática, baseada em estudos de caso relevantes. Os Master Black Belts devem ser cuidadosamente selecionados, com base em sua habilidade de explicar e transferir os conceitos estatísticos por meio de ferramentas práticas, ao invés de apenas teorias e formulas que não são aplicáveis.

Um novo programa Six Sigma deve ser promovido pela administração superior?

A venda do Six Sigma pode originar em qualquer nível organizacional. No entanto, a eficácia dessa promoção aumenta quando originada no nível executivo. Foi dito que a única razão pela qual as pessoas mudam é buscar prazer ou evitar dor, onde o estímulo de evitar a dor é maior do que buscar prazer. A GE empregou ambos os métodos em sua implantação do Six Sigma.

As pessoas tiveram que mudar ou estariam encerradas – a vara dolorosa. Além disso, foi criado um sistema para que as pessoas que obtiveram resultados tangíveis com Six Sigma foram recompensadas – a cenoura. A criação de uma plataforma em chamas – uma crise visível – é uma abordagem eficaz para transmitir a importância de instituir melhorias sistemáticas para a empresa. A necessidade de mudança deve ser apresentada de forma que não seja apenas fácil de entender, mas facilmente internalizada. A apresentação deve mostrar que, quando houver um alinhamento do trabalho do Seis Sigma com as necessidades do negócio e / ou métricas operacionais, tanto a existência como a excelência da linha de fundo podem ser alcançados.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *