Mindfulness: Como utilizar no Local de Trabalho

Mindfulness
22 de junho de 2021
Última modificação: 23 de julho de 2021

Autor: Paulo Oliveira
Categorias: Blog, Gestão Financeira

Praticar mindfulness ajuda bastante na melhora do bem-estar físico e  mental. Mas o que é mindfulness?

Em certas ocasiões é fácil ser pego por uma teia de pensamentos ansiosos. Mas isso impacta negativamente nossa produtividade, nossa saúde e bem-estar. Além de levar a mais motivos para nos preocuparmos.

Dessa forma, um modo de interromper esse padrão é praticar a mindfulness – ou seja, concentrar nossa atenção exclusivamente no presente, a fim de focalizar a mente e evitar distrações.

Mas como podemos usar a mindfulness no local de trabalho? E que benefícios pode trazer para a nossa vida pessoal e profissional? Neste artigo, procuramos responder a essas perguntas e reunir os resultados das pesquisas mais recentes.

O que é mindfulness?

O Oxford Mindfulness Centre define mindfulness como “consciência momento a momento da própria experiência, sem julgamento”. Ou seja, quando você demonstra mindfulness, está totalmente ciente de seus pensamentos, emoções e ações, mas, da mesma forma, não se deixa levar por eles.

Sendo assim, colocamos mindfulness como um conjunto de técnicas práticas, cientificamente comprovadas que te ajudam a focar no momento atual, sendo benéfico tanto na vida pessoal quanto profissional. esse conjunto de técnicas tem raízes nas antigas religiões e filosofias orientais, como o budismo, mas não há necessidade de seguir nenhuma fé para se beneficiar disso. O termo é frequentemente usado como sinônimo de “meditação”, porque a meditação da mindfulness é uma das aplicações mais populares.

5 passos para aplicar o mindfulness

Por mais que pareça fácil aplicar este conjunto de técnicas, elas não agregam muito valor se não aplicadas continuamente . Sendo preferência de forma diária. Dessa forma, aqui estão cinco etapas para você começar.

1. Meditação Mindfulness

Primeiramente, procure um lugar confortável, onde você se sinta bem. Em seguida, sente-se ereto, mas relaxado, e concentre-se na respiração. ( A sua ergonomia é muito importante nesse processo). Preste atenção em como é a sensação, ouça o som da sua respiração e sinta o peito se expandir e se contrair.

Fique tranquilo se vier pensamentos indesejados. Imagine que está sentado em frente uma avenida e os seus pensamentos são carros, deixe eles passarem, mas não se apegue a nenhum. Fique ciente de que você está se distraindo e gentilmente traga sua atenção de volta para sua respiração. Tente fazer isso por pelo menos um minuto.

Dica

Se você quiser mais dicas sobre como praticar a meditação da mindfulness, há muitos cursos e recursos disponíveis online, muitos dos quais são gratuitos. Busque no Youtube e comece agora!

2. Observe o seu ambiente

Se desligue das redes sociais, pois a nossa crescente dependência da tecnologia faz com que seja difícil manter o foco. Mantenha sua atenção para o que está acontecendo ao seu redor. Preste atenção nos pássaros, nas nuvens ou em qualquer coisa que tenha próximo de você.

Você também não precisa meditar para fazer isso. Você pode praticar no trabalho, no trajeto ou em casa. Olhe para as pessoas perto de você (se for culturalmente apropriado). Sinta realmente o chão e a sensação de seus pés sobre ele. Quais objetos estão ao seu redor? Que sons você consegue ouvir? Que cheiros existem?

3. Desacelere

Concentre-se em completar uma tarefa de cada vez com o melhor de sua capacidade. O ritmo e as demandas de trabalho podem fragmentar nossa atenção e nos fazer sentir excessivamente apressados  ou sobrecarregados, o que pode reduzir a qualidade do nosso trabalho. Ou seja, tenha paciência já que a pressa é inimiga da perfeição.

Se você ainda se distrair, não se sinta culpado. Em vez disso, simplesmente observe a distração e gentilmente dirija sua atenção de volta para a tarefa em questão.

4. Preste atenção às tarefas de rotina

Olhe para sua rotina de forma diferente. Por exemplo, preencher papelada, lavar pratos ou varrer folhas. Simplesmente preste atenção aos detalhes da tarefa. Por exemplo, sinta o papel entre os dedos, experimente a sensação de água quente em suas mãos ou ouça o som do farfalhar das folhas.

Isso evita que sua mente seja distraída por outras ansiedades e preocupações. Tente focalizar sua mente assim por pelo menos cinco minutos. Você pode descobrir que gosta mais da atividade e se sentir mais positivo depois de concluí-la.

5. Aceite seus sentimentos

Se permita sentir. A vida é muito mais que apenas felicidades, todos pensamento e sentimentos tem seu próposito, mas fique atento aos seus sentimentos, pois alguns pensamentos em excesso podem levar ao desenvolvimento de doenças.

Parte de estar atento significa não julgar seus pensamentos e sentimentos como “certos” ou “errados”, pois isso pode muitas vezes levar à baixa auto-estima. Então, da próxima vez que isso acontecer, lembre-se que tais pensamentos e sentimentos vão passar. Esses pensamentos não definem você, eles não precisam significar nada e, enquanto você estiver ciente deles, terá a opção de agir de acordo com eles ou não.

Os benefícios da mindfulness

Nos últimos anos, muitas grandes organizações começaram a investir em mindfulness. Google, Nike e Procter & Gamble, por exemplo, oferecem salas de meditação e aulas para funcionários, e o Exército dos EUA usa isso para ajudar os soldados a lidar com o estresse, antes e depois do destacamento.

As vantagens de usar mindfulness incluem:

Melhora do foco

A mindfulness ajuda a mantê-lo presente “no momento”, para que você possa dedicar toda a sua atenção ao que está fazendo agora e minimizar o impacto das distrações . Mas não é uma solução rápida – você entrará em um estado de ” fluxo “mais fácil e rapidamente se você usar a mindfulness regularmente.

Com o foco maior em cada atividade, a tendência é que você tenha uma gestão de tempo cada vez melhor também.  Caso não saiba sobre esse tema assista nosso vídeo.

Melhor saúde mental e física

Estudos científicos mostraram que a mindfulness pode mudar a estrutura de nossos cérebros para que possamos responder ao estresse de forma mais saudável e reter as informações por mais tempo. Ele reduz a produção do “hormônio do estresse” cortisol (que pode ter efeitos prejudiciais em nossos corações) e nos ajuda a regular nossas emoções .

E quando não estamos ocupados nos preocupando com o passado ou futuro, podemos enfrentar os desafios do dia-a-dia com mais calma. Isso provavelmente reduzirá nossa conversa interna negativa e aumentar nossa autoconfiança.

Aviso:

Apesar de seus muitos benefícios, a meditação mindfulness pode, às vezes, ter efeitos colaterais negativos, especialmente em pessoas que têm condições subjacentes graves, como depressão ou PTSD.

Maior resiliência

Os psicólogos descrevem como as pessoas tendem a desenvolver e proteger um “self narrativo” – isto é, contamos a nós mesmos histórias que pintam um quadro de quem somos. Mas às vezes, os eventos da vida desafiam essas histórias, causando-nos dor e confusão.

No entanto, um foco atento no presente pode nos levar a ver o eu “experiencial” , o que pode nos ajudar a ser mais adaptáveis ​​e responsivos. Então, provavelmente seremos mais resilientes em face da perda repentina de emprego ou mudando drasticamente os mercados , por exemplo.

Relacionamentos mais fortes

Inteligência emocional (EI) envolve forte autoconsciência então, como você pode esperar, os estudos ligaram a mindfulness a um IE mais elevado.

Outro estudo concluiu que a mindfulness pode nos ajudar a desenvolver empatia e aumentar o comportamento altruísta. Além disso, quando estamos totalmente presentes em uma situação, podemos responder de forma mais autêntica  para as pessoas, o que gera confiança e aumenta o entendimento.

Juntas, essas qualidades provavelmente o ajudarão a criar conexões mais significativas  e melhores relacionamentos com seus colegas de trabalho. Nos ajudando a ter uma comunicação mais assertiva e menos violenta.

Criatividade aprimorada

Mindfulness pode encorajar pensamentos divergentes, permitindo que você gere soluções mais inovadoras para problemas de negócios. Em um experimento, por exemplo, os pesquisadores descobriram que os sujeitos que praticavam a meditação da mindfulness por apenas 10 minutos antes de uma sessão de brainstorming produziram ideias em nove categorias diferentes, em comparação com apenas cinco para o grupo de controle.

Resumo

Mindfulness envolve estar totalmente ciente de seus pensamentos, emoções e ações. Significa estar presente a cada momento e prestar muita atenção ao que está acontecendo agora, em vez de se preocupar com o passado ou com o futuro.

Você pode desenvolver a mindfulness seguindo estas cinco etapas:

  1. Medite regularmente.
  2. Observe o seu ambiente.
  3. Desacelerar.
  4. Preste atenção às tarefas de rotina.
  5. Aceite seus sentimentos.

Praticar a mindfulness tem uma série de vantagens. Pode beneficiar o seu bem-estar físico e mental. E, em sua vida profissional, pode reduzir o estresse, melhorar o foco e a concentração, aumentar a resiliência, ajudar na criatividade e aumentar sua inteligência emocional.

Leia Mais

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *