Sistema de Gerenciamento da Inovação – ISO 56002: 2019

ISO 56002
15 de março de 2020
Última modificação: 15 de março de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog

ISO 56002 – Introdução

Em outras postagens já vimos um pouco sobre as normas ISO. Sabemos que a ISO determina diretrizes para estabelecer padrões de qualidade, podendo estes estarem relacionados ao Sistema de Gestão da Qualidade – SGQ, tecnologia da informação, padrões ambientais, saúde e segurança, entre outros. Esses padrões são constantemente avaliados em auditorias a fim determinar se uma empresa se enquadra ou não nas normas estabelecidas. É utilizada como uma prova de credibilidade para clientes e outras empresas. Vamos abordar neste post o padrão ISO 56002: 2019 que se relaciona com a gestão da inovação.

Para um aprofundamento na compreensão das normas ISO, recomendamos a leitura dos seguintes conteúdos:

Vamos começar dando uma palhinha sobre o que é Inovação.

O que é inovação em um negócio? Qual seu objetivo?

Inovação é quando uma organização apresenta novos processos, serviços ou produtos para realizar mudanças positivas em seus negócios. Isso pode incluir a melhoria dos métodos ou práticas já existentes ou a partir do zero. Por fim, o objetivo é revigorar os negócios, gerando valor e impulsionando o crescimento e / ou a produtividade.

Embora seja elogiada por conduzir pioneiros, inventores gigantescos e outros transtornos do status quo, a inovação pertence a todos. Com a sociedade se adaptando rapidamente, qualquer empresa precisa ser resiliente o suficiente para acompanhá-la.

Antes de introduzirmos o conceito da norma ISO 56002: 2019, vamos relembrar um pouco sobre a ISO.

A ISO (Organização Internacional de Padronização) é uma federação mundial de organismos nacionais de padrões (organismos membros da ISO). O trabalho de preparação de normas internacionais é normalmente realizado por meio de comitês técnicos da ISO. Cada órgão membro interessado em um assunto para o qual um comitê técnico foi estabelecido tem o direito de ser representado nesse comitê. Organizações internacionais, governamentais e não-governamentais, em ligação com a ISO, também participam do trabalho. A ISO colabora estreitamente com a Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) em todos os assuntos de padronização eletrotécnica.

Mas o que é a ISO 56002: 2019?

A ISO 56002: 2019 ajuda qualquer organização, independentemente do tipo, setor ou tamanho, a estabelecer, implementar, manter e melhorar continuamente um sistema de gerenciamento de inovação. Ele aborda um campo de orientação pertinente aos sistemas de gerenciamento da inovação, incluindo o entendimento das necessidades e expectativas das partes interessadas, determinando o escopo do sistema, o papel da liderança, o planejamento, a operação, a melhoria, o gerenciamento de riscos e os processos e objetivos de inovação.

Além das organizações que desejam gerenciar efetivamente as atividades de inovação, a ISO 56002: 2019 é aplicável aos clientes e outras partes interessadas que buscam confiança nos recursos de inovação de uma organização, bem como às organizações que desejam melhorar a comunicação por meio de um entendimento comum do que constitui um sistema de gestão da inovação.

A ISO 56002 é baseada nos oito princípios de gerenciamento da inovação. A ausência de qualquer um desses itens afetará a eficácia do sistema de gerenciamento da inovação. Os princípios são:

  1. valor percebido;
  2. líderes focados no futuro;
  3. direção estratégica clara;
  4. cultura certa da empresa;
  5. explorar ideias;
  6. gerenciamento de incerteza;
  7. adaptabilidade;
  8. abordagem sistemática.

Relação da ISO 56002 com outros padrões do sistema de gerenciamento

a) Gerenciamento de inovação ISO 560001 – Os fundamentos e o vocabulário fornecem antecedentes essenciais para o correto entendimento e implementação deste documento;

b) Avaliação da gestão da inovação ISO TR 56004 – A orientação fornece orientações para as organizações planejarem, implementarem e acompanharem uma avaliação da gestão da inovação;

c) ISO 56003 Gestão da inovação – Ferramentas e métodos para parceria em inovação – Orientação;

d) e os padrões subsequentes fornecem orientação sobre ferramentas e métodos para apoiar a implementação do sistema de gestão da inovação.

A implementação de um sistema de gerenciamento de inovação eficaz e eficiente pode ter impacto ou ser impactado por outros sistemas de gerenciamento e pode exigir integração em vários níveis.

Os padrões do sistema de gerenciamento se complementam, mas também podem ser usados ​​independentemente. Pode ser implementado em conjunto com outros padrões do sistema de gerenciamento, ajudando as organizações a equilibrar a exploração de ofertas e operações existentes, com a exploração e introdução de novas ofertas. As organizações podem encontrar um equilíbrio entre as diretrizes de gerenciamento da inovação e outros padrões do sistema de gerenciamento.

Certificação ISO 56002: 2019

Eis uma questão que é muito comentada entre os interessados em serem especialistas da inovação: mas como eu obtenho a certificação ISO 56002?

ISO 56002 é um padrão de orientação voluntário. Ou seja, ele não contém requisitos como os usados ​​quando um padrão é oferecido para “certificação”. Portanto, a melhor maneira de usar o padrão é como um guia validado internacionalmente sobre como configurar um sistema de gerenciamento de inovação.

O padrão contém informações valiosas sobre o que alcançar, mas nada sobre como alcançá-lo. É uma orientação e ajudará a definir estruturas para o seu Sistema de Gerenciamento de Inovação (IMS – Innovation Management System). Mas, para descobrir o que o IMS deve conter em termos de produtos e serviços, você precisará fazer uma investigação completa e descrever as ambições e objetivos da sua organização para criar um plano completo do seu IMS final. Para se alinhar totalmente com o padrão, você precisará do aconselhamento de especialistas experientes em gerenciamento de inovação.

Benefícios da Implementação ISO 56002: 2019

  1. Maior crescimento econômico;
  2. Redução de custos e resíduos;
  3. Melhorar a produtividade e a eficiência dos recursos;
  4. Maior satisfação dos usuários, clientes e cidadãos, além de benefícios sociais;
  5. Renovação sustentada do portfólio de ofertas;
  6. Pessoas capacitadas, comprometidas e participativas na organização;
  7. Maior capacidade de atrair parceiros, colaboradores e financiamento;
  8. Melhor reputação e avaliação da organização;
  9. Conformidade com regulamentos e outros requisitos relevantes.

Gostou de nosso conteúdo? Acesse já a nossa Plataforma EAD e confira em nossas ferramentas da qualidade o curso de Introdução às Normas ISO.

Aproveite para conhecer também em nossa Certificação Seis Sigma o curso White Belt Gratuito.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *