liderança e gestão
Liderança

24 de setembro de 2023

Última atualização: 13 de outubro de 2023

Pipeline de Liderança: metodologia para criar líderes

O que seria de uma equipe de futebol sem um bom técnico, ou uma orquestra sem um maestro talentoso? O sucesso de qualquer grupo depende, em grande parte, da qualidade de sua liderança. No mundo corporativo, isso não é diferente. 

As organizações que prosperam muitas vezes têm algo em comum: um sólido Pipeline de Liderança. Mas ser líder é uma habilidade inata? Os bons líderes nascem com essa soft skill ou pode ser desenvolvida? É disso que se trata o Pipeline de Liderança, confira:

O que é um Pipeline de Liderança?

A liderança é um dos fatores mais importantes em uma empresa, afinal, são os líderes que guiam a empresa para o sucesso ou fracasso dependendo de suas decisões. Por isso, um líder deve ter em seu arsenal, diversas habilidades para fazer a melhor gestão de sua organização.

Considerando isso, o desenvolvimento de pessoas ganha uma certa relevância e se torna uma das maiores e mais importantes responsabilidades do departamento de recursos humanos, por que é a partir desse desenvolvimento que se encontram os líderes que ainda precisam ser lápidados.

Ram Charan, o escritor do livro “Pipeline de Liderança: O Desenvolvimento de Líderes como Diferencial Competitivo” que foi lançado em 2010, acredita que a liderança não é uma habilidade inata, ou seja, que nasce com a pessoa, e sim, deve ser desenvolvida.

A metodologia de Ram explica que em uma empresa, todos os colaboradores podem se tornar um líder, portanto, cabe a gestão de pessoas da empresa, identificar e desenvolver personagens de liderança dentro da organização.

Portanto, Pipeline de Liderança nada mais é do que uma metodologia de gestão de pessoas e desenvolvimento do capital humano na busca e desenvolvimento de líderes dentro de uma organização.

ebook soft skills

Por que Pipeline de Liderança é importante?

Charan explica em seu livro que há cada vez mais escassez de líderes qualificados nas empresas, o que torna a Pipeline de Liderança uma metodologia essencial para criar e manter líderes competentes, e isso ocorre por uma gama de fatores. 

Um profissional com excelentes habilidades técnicas que entre resultados logo se destaca, e por consequência, é promovido.

Mas esse profissional é um gestor de si, ele é apenas responsável por seus próprios resultados e pela sua gestão de tempo, então ele tem responsabilidade para administrar outras pessoas, não precisa realizar tomadas de decisões e nem coordenar atividades de um time.

Por isso, quando ele é promovido (graças às suas competências técnicas) sem ser preparado para ser um líder, ele chega nessa função com uma visão limitada de suas responsabilidades. Ele não é mais responsável apenas por ele, agora ele é um gestor dos outros, ele precisa agora fazer a gestão do tempo da equipe, coornedar um time e tomar decisões que afetarão aqueles no qual ele lidera.

E é por isso que muitos potenciais líderes nunca afloram, eles não têm suas habilidades desenvolvidas quando são promovidos, acabam por não entregar resultados, passando a falsa impressão de que ele não tem capacidade de se tornar um bom gestor.

Dessa forma, Charan, em sua metodologia de Pipeline de Liderança explica que exisem transições que os profissionais devem passar para se tornar líderes capazes, sendo 6 no total.

transição liderança
  • De gestor de si para gestor dos outros: Nesta fase inicial, o foco principal do profissional está em gerenciar a si mesmo e suas próprias tarefas e responsabilidades. Isso envolve o desenvolvimento de habilidades de autoavaliação, gerenciamento de tempo e organização pessoal. O líder está aprendendo a lidar com suas próprias responsabilidades e talvez supervisionando apenas a si mesmo.
  • De gestor dos outros para gestor de gerentes: Nesta etapa, o líder começa a liderar outras pessoas diretamente. Isso pode envolver a supervisão de uma equipe ou grupo de funcionários e a responsabilidade de garantir que eles desempenhem bem suas funções. O líder está desenvolvendo habilidades de gestão de equipe e comunicação.
  • De gestor de gerentes para gestor de funções: Aqui, o líder está assumindo um papel mais estratégico e menos focado na supervisão direta. Ele pode liderar gerentes que, por sua vez, lideram suas próprias equipes. O foco está em garantir que as funções e operações sob sua responsabilidade estejam alinhadas com os objetivos da organização.
  • De gestor de funções para gestor de negócios: Nesta fase, o líder começa a ter um impacto mais amplo na organização. Ele se concentra em aspectos mais amplos do negócio, como estratégia, orçamento e planejamento de longo prazo. O líder está cada vez mais envolvido na tomada de decisões estratégicas.
  • De gestor de negócios para gestor de grupo: Agora, o líder está liderando várias áreas de negócios ou unidades dentro da organização. Ele coordena diferentes partes da empresa para alcançar metas corporativas mais amplas. Isso requer habilidades avançadas de gestão, liderança e colaboração.
  • De gestor de grupo para gestor corporativo: Na etapa final, o líder alcança o nível mais alto de liderança na organização. Ele se torna parte da alta administração ou diretoria, onde tem influência sobre a visão, missão e estratégia da empresa como um todo. O foco está em liderar a organização como um todo e tomar decisões que afetam diretamente a direção da empresa.

Percebeu como o Pipeline de Liderança é importante? Em cada transição existem novas habilidades a serem desenvolvidas e responsabilidades cada vez mais complexas a serem assumidas. 

Por isso, na metodologia de Charan, é responsabilidade da organização desenvolver seus líderes de acordo com a transição que ele irá fazer. A gestão de pessoas é uma peça fundamental para isso, fazendo uso de transformações e transições comuns em um ambiente corporativo para moldar seus futuros líderes.

Benefícios de se utilizar Pipeline de Liderança em sua empresa

Em primeiro lugar, o Pipeline de Liderança contribui para a continuidade e estabilidade das operações de uma empresa. À medida que líderes experientes se aproximam da aposentadoria ou deixam a organização, é essencial ter sucessores bem preparados para ocupar seus cargos. 

Isso evita interrupções nas operações e garante que a empresa continue a prosperar mesmo diante das mudanças na liderança.

Além disso, um Pipeline de Liderança sólido ajuda a promover uma cultura organizacional coesa e alinhada com os valores e objetivos da empresa. Líderes que são desenvolvidos internamente tendem a ter uma compreensão mais profunda da cultura e da missão da organização, o que facilita a disseminação desses valores entre os colaboradores.

Outro ponto importante é que o Pipeline de Liderança contribui para o engajamento e a retenção de talentos. Como já explicamos, na metodologia Pipeline de Liderança, todos podemos ser líderes, basta o desenvolvimento correto das habilidades.

Quando os funcionários veem oportunidades claras de desenvolvimento e progresso na carreira dentro da organização, estão mais propensos a permanecer na empresa a longo prazo. Isso reduz a rotatividade de pessoal e os custos associados à contratação e treinamento de novos colaboradores.

Além disso, o desenvolvimento de líderes internos pode proporcionar uma visão mais holística e alinhada aos interesses da empresa. Eles tendem a ter um conhecimento mais profundo dos processos, das pessoas e dos desafios enfrentados em seu setor ou departamento, o que os capacita a tomar decisões mais informadas e estratégicas.

Por fim, o Pipeline de Liderança também contribui para a inovação e a adaptação. líderes que são desenvolvidos internamente estão mais aptos a compreender as nuances do mercado e a promover a inovação dentro da empresa, uma vez que conhecem a organização por dentro e por fora. Isso é especialmente importante em um ambiente de negócios em constante evolução.

Exemplos de Empresas com Pipelines de Liderança Bem-Sucedidos

General Electric (GE)

A GE é conhecida por seu sólido Pipeline de Liderança. A empresa tem um programa de desenvolvimento de liderança que identifica talentos em potencial desde as primeiras etapas de suas carreiras e os prepara para cargos de liderança sênior.

Procter & Gamble (P&G)

A P&G investe fortemente em desenvolvimento de liderança. Seu programa "Liderança desde o Início" visa preparar os funcionários para cargos de liderança, começando desde o primeiro dia.

IBM

A IBM é outra empresa que coloca grande ênfase em seu Pipeline de Liderança. Eles têm programas de treinamento de liderança em todo o mundo, garantindo que líderes talentosos estejam prontos para assumir papéis críticos.

Um Pipeline de Liderança bem construído é essencial para o sucesso de longo prazo de qualquer organização. Ele oferece continuidade, promove o crescimento sustentável e permite que as empresas desenvolvam talentos internos valiosos. 

Ao investir no desenvolvimento de futuros líderes, as empresas estão investindo em seu próprio futuro e garantindo que estejam preparadas para enfrentar qualquer desafio que se apresente. Portanto, se você é um líder ou está pensando em se tornar um, lembre-se da importância de desenvolver o Pipeline de Liderança em sua organização.

Leia Mais:

Alexandre Queiroz

Alexandre Queiroz

Alexandre Mazzini, aluno da UNICAMP em Tec. Controle Ambiental. Especialização em Mídias Sociais e SEO, atua no setor de marketing da FM2S como redator para conteúdo web e analista SEO para blogs.