5 motivos para ser Green Belt Lean Six Sigma que valem a pena!

motivos para ser green belt
04 de dezembro de 2015
Última modificação: 04 de dezembro de 2015

Autor: Virgilio F. M. dos Santos
Categorias: Blog

Quais os motivos para ser Green Belt?

Quando as pessoas sabem que eu trabalho com melhoria, sempre me perguntam os motivos para ser Green Belt? Perguntam se já li todos os livros que tenho? E, pedem-me para citar três motivos para investir em melhoria e virar um Green Belt ou Black Belt.

Para respondê-los, resolvi fazer um post com 5 motivos. Como o FHC falava em sua primeira campanha, gosto de 5 porque cabe na mão e engenheiro, pelo menos no meu caso, não é dado a guardar muitas coisas na cabeça. Guardamos métodos, fluxos, etapas, mas mais que 5 coisas, começo a me perder. E quais seriam os 5 motivos para você tornar-se um Green Belt?

Aprender Seis Sigma e aplicar suas metodologias para sua vida profissional pode ter um tremendo impacto em seu futuro nos negócios. Simplesmente poder colocar a Certificação Six Sigma em seu currículo prova seu compromisso em melhorar sua perspicácia comercial e habilidades analíticas, sem mencionar seu compromisso de melhorar o negócio em que trabalha. Em suma, uma certificação Six Sigma faz com que o destinatário se destaque da multidão.

Os motivos para ser Green Belt incluem empregos?

Isso, por sua vez, pode levar a melhores oportunidades de emprego e salários melhorados. Não é fácil. Outra razão pelas quais as certificações Six Sigma exigem tanto respeito é que elas não são fáceis de alcançar, e os executivos e os gerentes de contratação de grandes empresas sabem disso.

Então, é claro, existem as aplicações práticas. Aqueles que conhecem o Six Sigma são conhecedores em dezenas de métodos diferentes para reduzir custos, aumentar a receita, agilizar os processos de negócios e melhorar o buy-in dos empregados, o que leva a melhores resultados.

Os motivos para ser Green Belt incluem liderança?

O treinamento Six Sigma também prepara os alunos para um papel de liderança. Uma vez que o nível Six Sigma Black Belt é alcançado, uma pessoa não é apenas educada nas metodologias do Six Sigma, ele está preparado para se tornar um agente de mudança dentro de sua organização, levando esforços para melhorar os processos e a qualidade do que é entregue clientes.

Alcançar o status Six Sigma Black Belt pode abrir as portas para a promoção na alta administração, bem como melhorar suas chances de obter um emprego com um empregador diferente se desejar deixar sua posição atual. Não é difícil ver por que uma pessoa com essas habilidades e uma certificação Six Sigma para provar isso seria um candidato de trabalho atraente.

Quer 5 Motivos para ser Green Belt?

  1. Tornar-se Antifragil. Como diria o mestre Taleb, antifrágil é alguém que se dá bem em crises e desafios. Quanto mais problemas você enfrenta, mais forte você fica. O Modelo de Melhoria me ajudou nisto, pois acabei trabalhando em projetos de Planejamento de Experimentos para reduzir refugos e peso de peças até projetos para reduzir o pagamento em atraso. Sem falar em projetos para reduzir as ou para aumentar o faturamento da empresa. Green Belt e desafios, se atraem;
  2. Saber aprender. Um gerente pergunta a sua equipe: por que não batemos a meta de vendas no último bimestre? A equipe então, começa a elaborar um interessante desculpa-storming. Falam que não tinham recursos, pessoas, apoio de outra área e por aí vai. Ninguém chega para o gerente e fala a verdade:” porque não sei! Se soubesse, não teríamos perdido a meta, poxa”. E para saber, há o Ciclo PDSA. Ele é o Ciclo que lhe permite conseguir novos conhecimentos e aplica-los no processo que deseja mudar de patamar. Por meio do PDSA, o Green Belt aprende a aprender. Pode pegar o desafio que for você saberá como conseguir o conhecimento necessário para alcança-lo;
  3. Análise de dados. Como Green Belt, você verá aqueles lindos relatórios que comparam o mês de novembro contra o mês de outubro e dirá: onde estão os outros meses? Ouvirá, como primeira resposta, “queremos acompanhar como estamos em relação ao mês anterior, pois é isto que importa”. O bom Green Belt, educadamente irá elaborar um gráfico de série temporal e nele, será possível entender se a variação é um causa especial, que deve ser debatida, ou se é normal ao processo. Você saberá analisar dados da maneira correta e assim, não deixará de que ações estapafúrdias sejam tomadas;
  4. Experimentos. Hoje, a maioria dos formandos em Ciências aplicadas, como engenharia, sai da faculdade sem saber o básico em termo de experimentação. Estes chegam ao emprego e não sabem como testar hipóteses, conseguindo no máximo realizar testes do tipo Split, em que apenas um fator por vez é testado. Na era do Data Mining, quem não souber realizar experimentos ficará para traz;
  5. Entendimento do fenômeno. O Green Belt, por meio de Diagrama Causa e Efeito, Pareto, Gráfico de Correlação (Linear ou Logística), e principalmente dos Testes, saberá como se dão alguns fenômenos complicados e assim, conseguirá propor mudanças que irão levar à empresa para outro patamar. Já participei de projetos em que aprendemos que uma máquina tinha 40 graus a mais que a outra e isto, impactava na qualidade do produto depois de 3 horas de uso. Com este aprendizado, fizemos algumas pequenas mudanças que tornaram uma máquina de 20 anos capaz de se igualar à nova.

Quais os motivos para ser Green Belt no lado bom?

A aplicação adequada da metodologia Six Sigma pode afetar muitos aspectos diferentes de uma empresa, desde melhorias de bens e serviços até que os empregados invistam mais no produto final. Aqui estão alguns benefícios de usar o Six Sigma para melhorar uma operação comercial.

  • Satisfação do cliente. Com as metodologias Six Sigma em uso, uma empresa implementará processos aprimorados e melhor controle de qualidade, o que deverá resultar em um produto melhor. Isso, por sua vez, levará a clientes mais satisfeitos.
  • Lealdade do consumidor. Clientes satisfeitos são clientes que permanecerão leais a uma marca e retornarão para fazer compras futuras, desde que o produto permaneça consistente em sua qualidade.
  • Melhorar a linha inferior. Os clientes felizes significam boa boca-a-boca e também clientes que retornam para mais, tudo isso se traduz em um fluxo de receita melhor. Se for realizada publicamente, isso também pode significar um aumento nos preços das ações.
  • Satisfação do empregado. Um dos benefícios secundários do Six Sigma é como ele pode reunir os funcionários em uma causa comum. Ao contrário das empresas onde a gerência muitas vezes mergulha, Six Sigma oferece aos líderes a chance de esclarecer e agilizar a mensagem. Além disso, resultados melhorados podem criar uma sensação de camaradagem que leva a resultados ainda mais bons no futuro. Nada é bem-sucedido como sucesso.
  • Melhores parcerias. Sempre que uma empresa funciona bem, outras empresas associadas a ela também podem ver melhorias. Isso pode levar a parcerias de longo prazo, além de ter outras empresas adotarem estratégias Six Sigma similares para suas empresas.

O Six Sigma ajudará um ambiente de serviço a se tornar uma organização centrada no cliente, obter controle sobre a complexidade do processo e melhorar o tempo de resposta em serviços de assinatura.

Desta forma, ficam aqui as 5 razões para se tornar Green Belts. Desculpem se me permitir redigir algumas gabolices ao relatar minhas experiências, mas quis escrevê-las para demonstrar que o diferencial para mim, foi o conhecimento em Melhoria. Estes são os motivos para ser Green Belt.

Deixe seu comentário

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *