Liderança: descubra o estilo de liderança ideal para você

12 de maio de 2021
Última modificação: 12 de maio de 2021

Autor: Paulo Oliveira
Categorias: Gestão de Equipes, Liderança

A palavra “liderança” pode trazer à mente uma variedade de imagens. Por exemplo:

  • Um líder político, perseguindo uma causa pessoal e apaixonada.
  • Um explorador abrindo caminho pela selva para o resto de seu grupo seguir.
  • Uma executiva, desenvolvendo a estratégia de sua empresa para vencer a concorrência.

Os líderes ajudam a si mesmos e aos outros a fazer as coisas certas. Eles definem a direção, constroem uma visão inspiradora e criam algo novo. Liderança é mapear onde você precisa ir para “vencer” como equipe ou organização; e é dinâmico, emocionante e inspirador.

No entanto, embora os líderes definam a direção, eles também devem usar as habilidades de gerenciamento para guiar seu pessoal ao destino certo, de maneira suave e eficiente.

Neste artigo, vamos falar sobre processos e tipos de liderança. Dando ênfase no  modelo de “liderança transformacional”, primeiro proposto pelo historiador James MacGregor Burns e depois desenvolvido pele psicólogo especializado em liderança,  Bernard Bass. Este modelo destaca o pensamento visionário e a realização de mudanças, em vez de processos de gestão concebidos para manter e melhorar continuamente o desempenho atual. 

O que é liderança?

Liderança é um termo muito abrangente, pois este termo significa coisas diferentes para pessoas diferentes ao redor do mundo e coisas diferentes em situações diferentes. Por exemplo, pode estar relacionado à liderança da comunidade, liderança religiosa, liderança política e liderança de grupos de campanha.

Desse modo, o foco deste artigo será os  modelos de liderança individual. Além de discutir seu papel no local de trabalho, e não em outras áreas.

Nos negócios, a liderança está ligada ao desempenho e qualquer definição de liderança deve levar isso em consideração. Portanto, embora a liderança não esteja intrinsecamente ligada ao lucro, aqueles que são vistos como líderes eficazes em contextos corporativos são aqueles que aumentam os resultados financeiros da empresa.

Apesar de muitas pessoas parecerem já nascerem destinadas a serem líderes, todas as pessoas podem desenvolver liderança em si próprio, basta aprimorar certas habilidades.

A história está cheia de pessoas que, embora não tenham experiência anterior em liderança, deram um passo à frente nas crises e persuadiram outras pessoas a seguir o curso de ação sugerido. Eles possuíam estilos e qualidades diferentes as quais ao identificar os ajudaram a assumir funções de liderança.

Dessa forma, a melhor maneira de se tornar um bom líder é se autoconhecer para entender seus traços de liderança na sua personalidade. Além disso, outro fator importante é conhecer seus liderados para saber motivá-los e fazerem lutar pelo mesmo objetivo que o seu.

6 Estilos de Liderança

Existem muitas formas de liderar, sendo que nenhuma é necessariamente ruim, porém há sempre a forma que melhor se adequa a você e a situação. Dessa forma, iremos mostrar os estilos de liderança para você analisar qual se encaixa melhor com o seu perfil.

1. Autocrático

Os líderes autocráticos, também conhecidos como líderes autoritários, fornecem expectativas claras sobre o quê, quando e como deve ser feito. Dessa forma, esses líderes normalmente fazem escolhas com base em suas ideias e julgamentos e raramente aceitam conselhos de seguidores.

Embora muitas pessoas vejam  esse tipo de líderes como “mandões” e outros fatores que consideram desvantagens, ele apresenta muitos benefícios.

  • Benefícios: Permite a tomada de decisão rápida, especialmente em situações de estresse. Além de oferecer uma clara cadeia de comando ou supervisão funcionando bem onde uma liderança forte e diretiva é necessária
  • Desvantagens: Pode ferir a moral e levar ao ressentimento dos liderados, além de muitas vezes ignorar as soluções criativas e experiência de subordinados.

2. Transacional

O estilo de liderança transacional vê o relacionamento líder-seguidor como uma transação. Assim, ao aceitar uma posição como membro do grupo, o indivíduo concordou em obedecer ao líder. Na maioria das situações, isso envolve a relação empregador-empregado, e a transação se concentra na conclusão das tarefas exigidas pelo seguidor em troca de uma compensação monetária.

3. Situacional

Esta liderança enfatiza a influência significativa do ambiente e da situação na liderança. O estilo de liderança de Hersey e Blanchard é uma das teorias situacionais mais conhecidas. Este  tende a tentar convencer sua equipe de suas escolhas, ao mesmo tempo em que faz seus liderados terem papéis mais ativos no processo de tomada de decisão

4. Delegativa (Laissez-Faire)

liderança delegativa é um tipo de estilo de liderança em que os líderes não intervêm e permitem que os membros do grupo tomem as decisões.  Desse modo, os pesquisadores descobriram que esse é geralmente o estilo de liderança que leva à produtividade mais baixa entre os membros do grupo.

  • Vantagens: Esse estilo de liderança tende a dar certo em equipes bem qualificadas, com membros criativos e que se motivam sozinho. Assim, como os líderes dão menos suporte para seus times, o líder consegue dar mais atenção para outros problemas
  • Desvantagens: Embora esse estilo possa ser útil em situações que envolvem especialistas altamente qualificados, geralmente leva a funções mal definidas e à falta de motivação. Outro ponto negativo é que essa liderança pode resultar em grupos sem direção e membros que culpam uns aos outros por erros, se recusam a aceitar responsabilidades pessoais, fazem menos progresso e produzem menos trabalho.

5. Democrático

Os líderes democráticos incentivam os membros do grupo a participarem, mas mantêm a palavra final no processo de tomada de decisão. Assim, os membros do grupo se sentem envolvidos no processo e são mais motivados e criativos. Dessa forma, os líderes democráticos tendem a fazer os seguidores se sentirem parte importante da equipe, o que ajuda a promover o comprometimento com os objetivos do grupo.

  • Prós: Os liderados têm maior compromisso, trazendo mais ideias e soluções, aumentando a produtividade dos membros do time.
  • Contras: Pode haver falhas de comunicação dentro do time, além de haver tomada de decisão por grupos não qualificados gerando más decisões.

6. Transformacional

A liderança transformacional é frequentemente identificada como o estilo mais eficaz. Este estilo foi descrito pela primeira vez no final dos anos 1970 e posteriormente expandido pelo pesquisador Bernard M. Bass. Os líderes transformacionais são capazes de motivar e inspirar seguidores e direcionar mudanças positivas nos grupos.

Por ser o  estilo de liderança considerado mais eficaz, iremos nos aprofundar nele nos próximos tópicos.

Grafico de liderança

Figura 1: Gráfico de estilo de liderança por autoridade

Como sei qual é melhor estilo de liderança para mim?

É um pouco complicado saber qual caminho prosseguir quando assunto é liderança. Porém existem dois fatores importantes para entender qual estilo de líder você deve adotar.

  1. Autoconhecimento: Primeiramente você deve buscar se conhecer melhor, pois desta forma irá ver que certos estilos de líderes não se encaixam com seu perfil. Desse modo, há diversos tipos de ferramentas de autoconhecimento pela internet, como, MBTI, Eneagrama e Belbin, cada uma tratando os assuntos de seus modos.
  2. Contexto da empresa: Além de se autoconhecer é necessário entender o contexto de onde você trabalha, analisando a cultura da empresa e o perfil de seus liderados para que não haja  um encaixe melhor entre seu perfil e o deles.

Liderança transformacional

Em 1939, um grupo de pesquisadores liderado pelo psicólogo Kurt Lewin começou a identificar diferentes estilos de liderança, todos citados acima. Nesta pesquisa, Lewin descobriu que o estilo de liderança transformacional resulta no melhor desempenho e maior satisfação do grupo do que outros estilos de líderes. Além disso, um estudo também descobriu que a liderança transformacional levou a um melhor bem-estar entre os membros do grupo.

https://downloads.fm2s.com.br/gestao-indicadores-kpis

Dessa forma, vamos aprofundar neste estilo que demonstra ser o de maior retorno.

De acordo com a ideia de liderança transformacional, um líder eficaz é uma pessoa que faz o seguinte:

  1. Cria uma visão inspiradora do futuro.
  2. Motiva e inspira as pessoas a se envolverem com essa visão.
  3. Gerencia a entrega da visão.
  4. Aproxima e forma uma equipe, para que seja mais eficaz na concretização da visão.

Passo a passo da liderança transformacional

O líder transformacional reúne as habilidades necessárias para fazer essas coisas. Veremos cada elemento com mais detalhes.

Cria uma visão inspiradora do futuro

Nos negócios, uma visão é uma representação realista, convincente e atraente de onde você deseja estar no futuro. Assim, Ele fornece direção e define prioridades, além de ser um marcador, para que você possa dizer que alcançou o que queria.

Para criar uma visão, os líderes se concentram nos pontos fortes de uma organização usando ferramentas como as Cinco Forças de Porter, Análise PEST, Análise USP, Análise de Competência Central e Análise SWOT para analisar sua situação atual.

Matriz Swot

Figura 2: Matriz SWOT

Assim, eles pensam sobre como seu setor provavelmente evoluirá e como seus concorrentes provavelmente se comportarão. Além de observarem como podem inovar com sucesso e moldar seus negócios e estratégias para ter sucesso em mercados futuros. Por fim, eles testam suas visões com pesquisa de mercado apropriada e avaliando os principais riscos usando técnicas como Análise de Cenário.

Portanto, a liderança é proativa – resolver problemas, olhar para frente e não ficar satisfeito com as coisas como elas são.

Depois de desenvolver suas visões, os líderes devem torná-las atraentes e convincentes. Uma visão atraente é aquela que as pessoas podem ver, sentir, compreender e abraçar. Líderes eficazes fornecem uma imagem rica de como será o futuro quando suas visões forem concretizadas. Eles contam histórias inspiradoras e explicam suas visões de maneiras que todos podem se identificar.

Aqui, a liderança combina o lado analítico da criação da visão com a paixão dos valores compartilhados, criando algo que é realmente significativo para as pessoas que estão sendo lideradas.

Motiva e inspira as pessoas a se envolverem com essa visão

Uma visão convincente fornece a base para a liderança. Mas é a capacidade dos líderes de motivar e inspirar as pessoas que os ajuda a concretizar essa visão.

Por exemplo, quando você inicia um novo projeto, provavelmente terá muito entusiasmo por ele, então geralmente é fácil conseguir suporte para ele no início. No entanto, pode ser difícil encontrar maneiras de manter sua visão inspiradora depois que o entusiasmo inicial diminui, especialmente se a equipe ou organização precisar fazer mudanças significativas na maneira como faz as coisas. Os líderes reconhecem isso e trabalham duro durante todo o projeto para conectar sua visão às necessidades, objetivos e aspirações individuais das pessoas.

Teoria da Expectativa

Uma das principais maneiras de fazer isso é por meio da Teoria da Expectativa. Líderes eficazes unem duas expectativas diferentes:

  1. A expectativa de que o trabalho árduo leve a bons resultados.
  2. A expectativa de que bons resultados conduzam a recompensas ou incentivos atraentes.

Isso motiva as pessoas a trabalharem duro para alcançar o sucesso, porque elas esperam desfrutar de recompensas – tanto intrínsecas quanto extrínsecas – como resultado.

Outras abordagens incluem reafirmar a visão em termos dos benefícios que ela trará para os clientes da equipe e aproveitar oportunidades frequentes para comunicar a visão de uma forma atraente e envolvente.

O que é particularmente útil aqui é quando os líderes têm poder de especialista. As pessoas admiram e acreditam nesses líderes porque são especialistas no que fazem. Eles têm credibilidade e conquistaram o direito de pedir às pessoas que os ouçam e os sigam. Isso torna muito mais fácil para esses líderes motivar e inspirar as pessoas que lideram.

Os líderes também podem motivar e influenciar as pessoas por meio de seu carisma e apelo natural, e por meio de outras fontes de poder, como o poder de pagar bônus ou atribuir tarefas às pessoas. No entanto, bons líderes não confiam muito nesse tipo de poder para motivar e inspirar outras pessoas.

Gerenciando a entrega da visão

Dessa forma, esta é a área de liderança que se relaciona com a gestão.

Os líderes devem garantir que o trabalho necessário para entregar a visão seja gerenciado adequadamente, seja por eles próprios ou por um gerente dedicado ou equipe de gerentes a quem o líder delega essa responsabilidade, assim, eles precisam garantir que sua visão seja entregue com sucesso.

Para fazer isso, os membros da equipe precisam de metas de desempenho vinculadas à visão geral da equipe. Nosso artigo sobre gerenciamento de desempenho e KPIs (indicadores-chave de desempenho) explica uma maneira de fazer isso, e nossa seção de gerenciamento de projetos explica outra. E, para o gerenciamento diário de entrega da visão, a abordagem do Management By Wandering Around (MBWA) ajuda a garantir que o que deveria acontecer realmente aconteça.

Os líderes também precisam certificar-se de que gerenciam as mudanças de maneira eficaz. Isso ajuda a garantir que as mudanças necessárias para entregar a visão sejam implementadas de maneira suave e completa, com o apoio e apoio das pessoas afetadas.

Coaching e construção de uma equipe para alcançar a visão

O desenvolvimento individual e da equipe são atividades importantes realizadas por líderes transformacionais. Para desenvolver uma equipe, os líderes devem primeiro compreender a dinâmica da equipe. Vários modelos bem estabelecidos e populares descrevem isso, como a abordagem de papéis de equipe de Belbin e a teoria de formação, ataque, normatização e desempenho de Bruce Tuckman.

Um líder irá então garantir que os membros da equipe tenham as habilidades necessárias para fazer seu trabalho e alcançar a visão. Eles fazem isso dando e recebendo feedback regularmente e treinando e orientando pessoas para melhorar o desempenho da equipe e individual.

A liderança também inclui a busca pelo potencial de liderança em outras pessoas. Ao desenvolver habilidades de liderança em sua equipe, você cria um ambiente onde pode continuar a ter sucesso a longo prazo. E essa é uma verdadeira medida de grande liderança.

Conclusão da liderança transformacional

No modelo de liderança transformacional, os líderes definem a direção e ajudam a si mesmos e aos outros a fazer a coisa certa para seguir em frente. Para fazer isso, eles criam uma visão inspiradora e, em seguida, motivam e inspiram outras pessoas a alcançar essa visão. Além disso, eles também gerenciam a entrega da visão, direta ou indiretamente, e constroem e treinam suas equipes para torná-las cada vez mais fortes.

Resumo

Em síntese, na medida que você começa a considerar algumas das pessoas que considera grandes líderes , pode ver imediatamente que muitas vezes há grandes diferenças na maneira como cada pessoa lidera. Dessa forma, pesquisadores classificaram diversos estilos de liderança, cada uma com sua particularidade. No fim Liderar é dirigir pessoas. Ou seja, saber atraí-las, inspirá-las e influenciar comportamentos que atraiam bons resultados.

Leia mais

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *