O que é empatia? Qual sua importância e como praticá-la?

Empatia
19 de novembro de 2020
Última modificação: 22 de setembro de 2021

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Gestão de Equipes, Liderança

Empatia é um sentimento que, em suma, representa a capacidade de se colocar no lugar do outro. Isso abrange pensamentos, ações ou sentimentos em relação a qualquer assunto que esteja sendo tratado. Confira nesse artigo tudo sobre o conceito, a importância da sua prática e como desenvolver sentimentos de empatia. Através dos seguintes tópicos:

  • O que é empatia?
  • Por que empatia é importante?
  • Qual a importância de empatia no ambiente de trabalho?
  • Como desenvolver empatia?

O que é empatia?

O conceito de empatia parte do mesmo princípio que outras habilidades de relacionamento humano, a capacidade de identificação. Sua prática consiste na identificação e compreensão em nível emocional, para com o que o outro sente ou vive. Ou seja, trata-se da habilidade de internalizar o contexto apresentado, ou vivido, pela outra pessoa e capacidade de se colocar “no lugar dela”.  

Para que essa internalização emocional seja possível, é preciso aceitar suas próprias vulnerabilidades e problemas, para assim, admitir que todos têm falhas e não devemos julgar ou condicionar a realidades adversas sem antes tentarmos ser empáticos. 

Basicamente, o princípio de que “você não fará com os outros, aquilo que não gostaria que fizessem com você”, explica a empatia de forma rápida e clara.

Por que empatia é importante?

Desde sempre a empatia é vista como uma competência comportamental importante mas, ultimamente tem ganhado maior visibilidade para sua necessidade e aderência, principalmente no ambiente de trabalho. Desenvolvê-la é de suma importância para que você esteja preparado para se desenvolver pessoal e profissionalmente, e reagir, de forma positiva e assertiva, a situações de adversidade. Além disso, a prática dessa habilidade nos possibilita enxergar contextos sob outros pontos de vista e, assim, ampliar nossa visão e ferramentas de solução de problemas.

Ebook empatia

Por que praticá-la?

Partindo do ponto que vivemos em sociedade, temos como dever nos relacionarmos com outras pessoas e aprender a lidar com seus sentimentos e emoções.

A melhor forma de fazer isso, é através da empatia. Afinal, ser empático é conseguir entender melhor e respeitar os pontos de vista dos outros para então, expor suas próprias opiniões. Ou seja, os benefícios são mútuos e diretos. 

Sentir empatia e praticá-la nos torna capazes de desenvolver nossa inteligência emocional – o que, por si só, é extremamente benéfico e útil para a vida toda -. Somado a isso, nos proporciona uma melhoria da qualidade de vida, pois os níveis de estresse são menores, uma vez que situações adversas, como discussões por exemplo, são solucionadas mais calma e objetivamente.

Portanto, não se trata de ceder ou concordar com tudo, mas sim, colocar-se no lugar do outro. É saber e assimilar qual a conduta seria mais adequada, se a conversa ou atitude fosse tomada para com você.

Comunicação para inspirar

Se você é gestor e precisa aprimorar aspectos e habilidades sociais na sua equipe? No curso de Comunicação para Inspirar FM2S, vivencie algumas das entregas de um líder como agente comunicador dentro do fluxo de trabalho:

Como visto no vídeo acima a comunicação para inspirar envolve ouvir as pessoas. Ou seja, ter empatia. Dessa forma, caso você busque ser um gestor inspirador, ter empatia será a chave para seu sucesso.

Qual a importância da empatia no trabalho?

No ambiente de trabalho, estamos constantemente lidando com pessoas com as quais não convivemos o tempo todo, e que, não necessariamente, desenvolvemos alguma relação afetiva. Contudo, isso não negativa a importância das boas práticas de convivência.

Quais vantagens de ser empático?

 Assim ser empático traz algumas vantagens para o convívio de uma equipe sendo elas:

Opiniões mais fluidas

Uma equipe de pessoas empáticas compartilha informações e opiniões de maneira mais fluida e concisa, pois a constante busca para encontrar um “denominador comum” para novas ações e cenários exige isso. Quer dizer, a comunicação, dessa equipe, é fundamentada em conhecimento técnico e filtrada por habilidades sociais, para que encontre o receptor da melhor forma. 

Ambiente de trabalho mais saudável

Portanto, ser empático no âmbito corporativo é algo fundamental para que as relações de trabalho sejam saudáveis, e assim se mantenham para que melhores resultados, dentro de uma equipe ou departamento, sejam obtidos em conjunto e agreguem para a empresa.

Gestão de equipe

Além disso, se você almeja um cargo de liderança a empatia pode te ajudar em muito ao lidar com recursos humanos. Pois, criar e cultivar a empatia no ambiente de trabalho é uma das formas mais assertivas e inteligentes de se aprimorar na gestão de equipes. Ambientes harmoniosos e que proporcionam baixa frustração, são mais produtivos, adaptam-se melhor a mudanças e estão mais propícios a estabilidade.

Trabalho em equipe

Por fim,  temos uma melhora do trabalho em equipe. Pois com uma gestão que lida bem com recursos humanos e tem ambiente mais harmonioso, tende a ter uma melhora significativa no desempenho do time como um todo. Além de aumentar a confiança dos membros do time a trabalhar com feedbacks assertivos.

Quais as características de uma pessoa empática?

Uma pessoa empática é um indivíduo em posição de referência e deve apresentar as seguintes características: 

  • Demonstra atenção plena e comprometimento genuíno;
  • Pensa e considera o receptor antes de falar;
  • Saiba escutar: é um ouvinte ativo e encorajador;
  • Reconhece a importância das perguntas;
  • Cria conexões diversas.

Como desenvolver a empatia?

A empatia, assim como outras demais competências, pode ser desenvolvida. Para isso, você pode criar o hábito de praticar as seguintes posturas. Veja:

  • Esteja acessível e disposto a ajudar;
  • Saiba se comunicar, considere o outro;
  • Respeite a opinião alheia;
  • Avalie sua perspectiva em relação a outra pessoa;
  • Saiba reconhecer e interpretar suas emoções;
  • Esteja disposto a ouvir;
  • Assuma uma postura inspiradora;
  • Mapeie o perfil do outro e encontre a melhor tratativa;
  • Seja curioso e aberto a experimentações;
  • Tente engajar os demais em ações coletivas;
  • Experimente aspectos da vida do outro.

Pratique essas atitudes e as aprimore ao longo do tempo. O resultado de colocá-las em ação, é se tornar mais empático e preparado para a vida como um todo.

Contudo, é preciso reforçar que nem todo mundo desenvolve a empatia, e nem toda pessoa pode se tornar mais empática. Afinal, essa é a capacidade de, acima de tudo, se abrir e se importar com os demais, e é normal que nem todos os indivíduos estejam dispostos, ou preparados, a isso.

Assinatura FM2S

Gostou do conteúdo? Quer continuar aprendendo as principais técnicas do mercado e acelerar ainda mais sua carreira e âmbito pessoal? Então, torne-se um Assinante FM2S. Nós estamos preparados para te auxiliar através de materiais exclusivos, linguagem simples e conteúdo prático. Clique no banner e saiba mais:

assinatura fm2s

Leia mais no blog:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *