Dicas para eliminar o desperdício e enfrentar a crise

eliminar o desperdício
07 de setembro de 2015
Última modificação: 07 de setembro de 2015

Autor: Virgilio F. M. dos Santos
Categorias: Blog

O que é um desperdício visual?

A maneira mais simples de descrever o desperdício é como “Algo que não acrescenta valor”. Nossos clientes não ficariam felizes em pagar por qualquer ação que tomamos, que não agrega valor ao que eles realmente querem e nem devemos ser.

Você ficaria feliz se recebeu uma conta em um restaurante que incluiu uma refeição que foi preparada por engano? Não. Você argumentaria e exigia que fosse retirado da sua conta. No entanto, se você comprar um produto em uma loja, o preço que você paga conterá custos que você não gostaria de pagar. Você quer pagar os salários dos operadores da máquina enquanto eles ficaram inativos na espera de uma entrega ou para os processos de retrabalho que deveriam ser realizados porque a máquina estava incorretamente configurada, ou mesmo para armazenar seu produto por três meses antes de ser entregue a a loja? Esses desperdícios estão incluídos no custo de seus produtos, inflando o preço que você paga ou reduzindo o lucro da empresa.

Por que eliminar o desperdício?

Seu lucro é seu preço de venda menos seus custos, não importa como você pensa em seu preço de venda, ele é ditado pelo mercado e não por você mesmo. Se você cobrar muito, seus clientes irão para outro lugar, e se você cobrar muito pouco, pode perder clientes, pois perceberão que pode haver algo de errado com o que você está oferecendo. Portanto, a única maneira de melhorar seus lucros é reduzir seus custos. Isso significa remover todos os elementos do desperdício de seus processos.

Além de melhorar seus lucros, você achará que o desperdício tem um grande impacto na satisfação do seu cliente com seus produtos e serviços. Os seus clientes querem entrega no prazo, qualidade perfeita e preço justo. Algo que você não pode alcançar se você permitir que os 7 desperdícios persistam dentro de seus processos.

Gostaríamos de colocar algumas dicas para você começar a semana com tudo e eliminar o desperdício. Vamos mostrar algumas ferramentas e exemplos de aplicação para você mandar o Desperdício embora. Defendemos a lógica “Na crise, não corte empregos, elimine os desperdícios”. Este é o mote do Green Belt e do Black Belt.

Dicas para Eliminar o Desperdício


5SEliminar coisas que não são utilizadas / Reciclar ou reutilizar

Se em sua organização há atividades e recursos desnecessários, estes devem ser identificados por meio de pesquisas, auditorias e levantamento de dados. Depois de descobertos, devem-se remover os elementos não usados do sistema. E se possível, produtos reutilizáveis devem ser aproveitados, reduzindo seus custos.

Exemplo: uma empresa de manufatura realizou uma auditoria de ferramentas, equipamentos e suprimentos e constatou que 50% dos itens não eram mais utilizados em seus processos. Estes materiais foram então vendidos, reciclados ou sucateados, o que reduziu os custos de inventário e ainda liberou espaço, permitindo uma, melhor disposição dos materiais armazenados.

Inteligência Analítica – Eliminar entradas múltiplas de dados / Usar amostragem

Há situações em que as informações são registradas em um banco de dados mais de uma vez, sem criar nenhum valor ao negócio. Outras empresas, por sua vez, utilizam como padrão a inspeção 100%, gerando desperdício de recursos e de tempo. Para isso, a FM2S tem uma série de procedimentos de amostragem que oferecem informações tão boas ou até melhores que a inspeção total.

Como a reengenharia ajudar eliminar desperdício?

Reengenharia de Processo ou DOE – Reduzir ou eliminar o uso de recursos excessivos

Quando se tem algum problema, uma reação comum de muitas organizações é adicionar mais recursos ao processo, produto ou serviço para que o problema não volte a acontecer, porém isto acarreta custos mais altos e menor produtividade. Desta forma, muitos recursos são projetados para tratar de situações especiais, graves ou críticas, ao invés de situações normais.

Exemplo: um hospital necessitava reduzir desperdícios. Primeiramente, o uso de tecnologias excessivas foi eliminado colocando-as fora do processo de tratamento normal. Em seguida, foram reduzidos os testes de laboratório que eram feitos de forma automática e diária nos pacientes, uma vez que muitos dos testes não acrescentavam nenhuma informação nova. Este hospital começou a focar a redução da frequência da amostragem e de teste para qualquer processo que está funcionando como deveria.

Reestruturação de Processos – Reduzir os controles do sistema

O uso de controles de sistemas em excesso pode aumentar custos, reduzir a produtividade e as melhorias. A revisão regular de todos os procedimentos de controle da organização por todos que trabalham no sistema pode resultar na identificação de oportunidades de redução dos controles, sem colocar a organização em risco.

Exemplo: uma organização realizou revisão completa de formulários, relatórios, reuniões e procedimentos existentes e identificou coisas feitas com finalidade de controle. Os funcionários decidiram então quais os níveis mínimos de controle e redesenharam as atividades e relatórios para atender a esses níveis mínimos. Foi possível perceber que muitas das funções de gestão de nível médio estavam concentradas em atividades de controle.

Engenharia de Valor – Usar produtos substitutos

Uma forma de reduzir desperdícios é através da substituição de componentes ou materiais por outros de menor custo que não prejudiquem o desempenho do processo, serviço ou produto. Outra forma é a mudança do processo, que pode ser feita de forma a reduzir os passos, esforço manual, e outros aspectos.

Exemplo: um fabricante de produtos químicos cujos custos com catalisadores oscilavam muito em função da variação nos preços de metais. Como solução, ele desenvolveu formulações alternativas que poderiam ser aplicadas de acordo com a flutuação dos preços dos metais.

Estudo de lote econômico – Compatibilizar a quantidade ao necessário

O estudo do padrão de consumo dos clientes permite que produtos e serviços sejam ajustados para compatibilizar a quantidade necessária com uma situação particular, o que reduz desperdícios e sobras de inventário.

Exemplo: uma academia de tênis utilizava um sistema de reserva de blocos de uma hora. Analisando o comportamento dos jogadores, esta academia descobriu que os jogadores reservavam a quadra por duas horas, mas a utilizavam de setenta a noventa minutos. Ela decidiu então mudar o sistema de reservas para meia hora. Isso reduziu o tempo desperdiçado das quadras e permitiu que mais jogadores as utilizassem.

Quer mais dicas para eliminar desperdícios?

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezesseis =