Quais são os 7 desperdícios visuais do Lean Manufacturing?

sete desperdícios lean manufaxturing
08 de maio de 2017
Última modificação: 02 de setembro de 2021

Autor: Virgilio Marques Dos Santos
Categorias: Blog, Melhoria de Processos

O Lean visa melhorar a redução de perdas e incentivar a produção sustentável. Essa metodologia utiliza sinais visuais para produzir inventário exatamente quando era necessário e foca na otimização de todo o sistema de produção para minimizar o desperdício.

Os sete desperdícios de Lean Manufacturing são o que pretendemos remover de nossos processos, removendo as causas de Mura e Muri, bem como abordando a Muda diretamente. Mas o que exatamente são os sete desperdícios do Lean Manufacturing (ou 7 Mudas)? Vemos isso no Green Belt e no Black Belt, mas nesse artigo abordaremos isso.

Quer se aprofundar nos conhecimentos sobre a metodologia Lean? Conheça nosso curso gratuito de Introdução ao LeanCom ele você será capaz de identificar os 7 desperdícios visuais, aplicar as ferramentas do Lean para eliminá-los e identificar os processos que agregam valor ao cliente. Confira:

Curso gratis de introdução ao lean

Quais são os sete desperdícios do Lean?

Os Sete Desperdícios do Lean Manufacturing são:

  • Transporte
  • Inventário
  • Movimento
  • Esperando
  • Superprocessamento
  • Superprodução
  • Defeitos

No vídeo a seguir, o professor Murilo, Socio-fundador e diretor de conteúdo da FM2S, explica em sua aula sobre os 7 desperdícios do Lean.

 

O que exatamente é desperdício?

A maneira mais simples de descrever o desperdício é como “algo que não acrescenta valor sob a ótica do cliente”. Nossos clientes não ficariam felizes em pagar por qualquer ação que tomemos que não agregue valor ao que eles realmente querem.

Você ficaria feliz se recebesse uma conta em um restaurante que incluísse uma refeição que fosse cobrada com erros? Não. Você argumentaria e exigiria que fosse removido de sua conta, o item cobrado a mais. Contudo se você compra um produto em uma loja, o preço que você paga conterá custos que você não quereria pagar. Você gostaria de pagar os salários das operadoras de máquinas enquanto elas ficavam ociosas esperando por uma entrega, ou para os processos de retrabalho que tinham que ser feitos porque a máquina estava mal ajustada, ou mesmo para armazenar seu produto por três meses antes de ser entregue a loja? Estes desperdícios são incluídos dentro do custo de seus produtos, e podem inflar o preço que você paga ou reduzir o lucro da empresa.

Por que remover os desperdícios?

Lucro é o seu preço de venda menos seus custos. Não importa como você pense sobre o preço de venda, mas ele é ditado pelo mercado e não por si mesmo. Se você cobrar muito, então seus clientes irão para outro lugar. Mesmo se você cobrar muito pouco, ainda pode perder clientes se eles perceberem haver algo errado com o que você está oferecendo. Portanto, a única maneira que você tem para melhorar seus lucros é reduzindo seus custos. Isso significa remover todos os elementos de desperdícios de seus processos.

Além de melhorar seus lucros você descobrirá que o desperdício tem um grande impacto sobre a satisfação do seu cliente com seus produtos e serviços. Seus clientes querem entrega no tempo, qualidade perfeita e ao preço certo. Algo que você não pode conseguir se permitir que os 7 desperdícios persistam em seus processos.

O que é o desperdício de transporte?

Transporte é o movimento de materiais de um local para outro, este é um desperdício, uma vez que adiciona valor zero para o produto. Por que seu cliente (ou você) quer pagar por uma operação que não acrescenta valor?

O transporte não acrescenta valor ao produto, já que o negócio está pagando pessoas para mover o material de um local para outro, um processo que só custa dinheiro e não agrega nada. O desperdício de transporte pode ser um custo muito alto para o seu negócio, você precisa de pessoas para operá-lo e equipamentos como caminhões para realizar este movimento caro de materiais.

O que é o desperdício de inventário?

Inventário custa dinheiro, cada pedaço de matéria-prima, trabalho em andamento ou produtos acabados tem um custo. E, até que ele seja realmente vendido, você terá que arcar. Além do custo puro, seu inventário adiciona muitos outros custos, já que o inventário alimenta muitos outros desperdícios.

Inventário tem de ser armazenado, precisa de espaço, precisa de embalagem e tem de ser transportado ao redor. Tem a possibilidade de ser danificado durante o transporte e tornar-se obsoleto. O desperdício de inventário esconde muitos dos outros desperdícios em seus sistemas.

O que é o desperdício de movimentação?

Movimentos desnecessários são aqueles movimentos do homem ou da máquina que não são tão pequenos ou tão fáceis de alcançar quanto possível. Como por exemplo, abaixar-se para recuperar objetos pesados ao nível do chão quando eles poderiam ser alimentados na cintura para reduzir o estresse e tempo para recuperar. Os deslocamentos excessivos entre as estações de trabalho, os movimentos excessivos da máquina do ponto de partida ao ponto de partida do trabalho, são exemplos do desperdício de movimento.

Todos estes movimentos desperdiçadores custam tempo (dinheiro) e causam estresse em seus funcionários e máquinas, afinal até mesmo os robôs se desgastam.

O que é o desperdício de espera?

Com que frequência você gasta tempo esperando por uma resposta de outro departamento em sua organização, ou esperando por uma entrega de um fornecedor ou um engenheiro para vir e consertar uma máquina? Nós tendemos a gastar uma enorme quantidade de tempo à espera de coisas em nossas vidas profissionais (e vida pessoal também). Este é um óbvio desperdício.

O desperdício de espera interrompe o fluxo, um dos principais princípios da Lean Manufacturing, e como tal, é um dos mais sérios dos sete desperdícios ou 7 mudas da manufatura enxuta.

O que é o desperdício de superprodução?

O mais grave de todos os sete desperdícios. O desperdício de superprodução algo em demasia ou muito antes do necessário. Isso geralmente ocorre devido ao trabalho com lotes grandes, longos prazos de entrega, relações entre cliente e fornecedor pobre e uma série de outras razões. Superprodução leva a altos níveis de inventário que mascaram muitos dos problemas dentro de sua organização.

O que é o desperdício de super processamento?

O desperdício de super processamento é onde nós usamos técnicas inadequadas, equipamentos superdimensionados, trabalhando em tolerâncias que são demasiado apertadas, executando os processos que não são exigidos pelo cliente e assim por diante. Todas essas coisas nos custam tempo e dinheiro.

Um dos maiores exemplos de superprocessamento na maioria das empresas é o da “mega máquina” que pode fazer uma operação mais rápida do que qualquer outra, mas todo fluxo de processo tem de ser encaminhado por meio dele, causando complicações de programação, atrasos e assim por diante. No Lean: pequeno é bonito, use pequenas máquinas adequadas onde são necessários no fluxo. Não quebre o fluxo por meio de uma monstruosidade muito cara, que no balanço os contadores insistem que está sempre ocupada!

O que é desperdício de defeitos?

É o mais óbvio dos sete desperdícios, embora nem sempre seja o mais fácil de detectar antes de chegarem aos seus clientes. Erros de qualidade que causam defeitos invariavelmente custam muito mais do que você espera. Cada item defeituoso exige retrabalho ou substituição, desperdiça recursos e materiais, cria papelada e pode levar a clientes perdidos.

O desperdício de defeitos deve ser evitado sempre que possível, melhor prevenir do que tentar detectá-los. Como ferramenta, a implementação de sistemas de pokayoke e a automação podem ajudar a prevenir defeitos.

Quais são os “oitavos” desperdício?

Desperdício de Talento. Não fazer uso das pessoas dentro de sua organização. Esta é uma questão que muitas das nossas empresas no Ocidente não conseguem resolver. Nós ainda tendemos a operar dentro de um ambiente de comando e controle e pouca atenção ao que nossos funcionários realmente pensam e o que eles podem contribuir. Seus funcionários são o seu maior trunfo de longe e podem ajudá-lo a expulsar muitos dos outros desperdícios.

Desperdício de recursos. Falha no uso eficiente de eletricidade, gás, água. Não só este desperdício lhe custa dinheiro, é também um fardo para o nosso meio ambiente e para a sociedade como um todo.

Materiais desperdiçados. Muitas vezes rebarbas e outros subprodutos são enviados para aterro, em vez de ser utilizado em outros lugares.

Como eliminar os sete desperdícios?

Eliminar os sete desperdícios é algo que pode ser feito por meio da implementação de Lean e suas várias ferramentas, no entanto, o foco de sua implementação não deve ser identificar e remover desperdícios. Em vez disso, você deve usar os princípios de fabricação enxuta para identificar o valor de acordo com o cliente e fazer os processos de agregação de valor no fluxo por meio de sua organização à força do cliente. Esta abordagem ajuda você aumentar seu valor agregando processos mais eficientes e fazendo com que o lixo literalmente “dissolva-se”.

Abordagem enxuta visa remover os 7 desperdícios, em vez de fazer o fluxo de valor, no entanto, geralmente isso acaba com mais não-valor sendo agregado nos processos mais eficientes e ficamos cada vez melhor em fazer as coisas que o cliente não quer. Para eliminar os 7 desperdícios do lean, temos de nos concentrar nos princípios enxutos e no valor como percebido pelos nossos clientes.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *