Ócio Criativo
Gestão do tempo

28 de maio de 2023

Última atualização: 05 de junho de 2023

O que é o Ócio Criativo e como ter mais produtividade?

Em um mundo onde o workaholic (termo para trabalho excessivo) é supervalorizado, você já pode ter se notado pensando em como um tempo livre poderia ser aproveitado para aprender novas habilidades ou para descobrir novos horizontes.

Isso existe e é um conceito que tem crescido muito nos últimos tempos. O ócio criativo tem a perspectiva de que você pode dedicar-se a atividades que te dê realização pessoal e profissional. 

A proposta do ócio criativo é que focar apenas no trabalho causa estresse e esgotamento mental, diminuindo sua produtividade, então, você dedicar tempo aos seus hobbies e lazer, pode tornar seu dia a dia no trabalho mais produtivo.

O que é ócio criativo?

O ócio criativo foi desenvolvido pelo sociólogo italiano Domenico De Masi que percebeu que as mudanças tecnológicas e econômicas têm tornado o trabalho cada vez mais intenso e invasivo na vida das pessoas.

Partindo dessa observação, ele propôs o conceito de ócio criativo. De acordo com De Masi, o ócio criativo é um estado de espírito no qual as pessoas podem se engajar em atividades que promovam a sua realização pessoal e profissional, sem estarem necessariamente vinculadas ao trabalho convencional. 

ebook gestão de tempo

Ele enfatiza que o ócio criativo não se trata de ser improdutivo, mas de buscar um equilíbrio entre trabalho e lazer, permitindo que as pessoas encontrem tempo para explorar suas paixões, interesses e habilidades.

O conceito de ócio criativo é uma resposta às transformações no mundo do trabalho e à necessidade de buscar um equilíbrio saudável entre vida pessoal e profissional. 

Ele defende a ideia de que, ao encontrar tempo para atividades criativas e significativas, as pessoas podem alcançar um maior bem-estar e satisfação em suas vidas, além de potencialmente gerar inovação e contribuir para a sociedade de maneiras diversas.

Como funciona o ócio criativo?

Agora que você entendeu o conceito do ócio criativo, você deve estar curioso em como ele funciona na prática.

Ele é uma abordagem para utilizar o tempo livre de forma mais produtiva, sem perder a criatividade e sem deixar de ser satisfatório e prazeroso. Não considere o ócio criativo um momento de ociosidade, mas sim de tempo para explorar suas paixões, desenvolver habilidades e buscar conhecimento para se desenvolver.

 Quando você trabalha sem descanso, seu cérebro fica cansado e saturado e você não consegue ter um bom desempenho em suas atividades, então não adianta trabalhar por mais horas, se você não consegue ter produtividade para aproveitar essas horas.

Em contrapartida, quando estamos felizes e descansados, nos tornamos produtivos por mais tempo, temos melhores ideias e melhores desempenho.

E o que isso tudo significa? Bom, em vez de levar trabalho para casa ou fugir dos intervalos por achar que seria perda de tempo, aproveite esse tempo para fazer coisas que te dão prazer, mesmo que elas pareçam simples como tirar um cochilo ou mexer no celular.

Como praticar o ócio criativo?

A proposta do ócio criativo é não se sobrecarregar com o trabalho e utilizar tempo livre e intervalos de forma produtiva e criativa, buscando o equilíbrio saudável entre trabalho e lazer para promover realização pessoal.

Mas então, como colocar isso em prática? Parece difícil conciliar essas atividades, mas não é! Confira algumas dicas:

Entenda seus limites

O principal erro das pessoas ao tentar aplicar o ócio criativo é achar que deve tratá-lo como obrigação, o que é exatamente o oposto dos conceitos que ele transmite. Quando você faz isso, ele acaba se tornando uma responsabilidade como o trabalho.

Nem sempre o seu tempo de ócio será produtivo ou fértil, e está tudo bem, o objetivo é que você esteja sempre descansado e renovado para depois, no trabalho, ser produtivo e criativo.

Então, você precisa ter em mente que ninguém é uma máquina e que você nem sempre precisa ter boas ideias ou estar sempre ocupado se considerando produtivo.

Defina prioridades no seu tempo de ócio criativo

Sempre deixe claro para si mesmo quais serão as atividades que podem te proporcionar lazer e descanso, e ao mesmo tempo, te permita se desenvolver e aprender novas habilidades.

Fazendo isso, você te ajudará a gerenciar melhor seu tempo e garantir que esteja realizando e investindo em atividades que realmente importam para você e que te desenvolvam profissionalmente e pessoalmente.

Sempre tenha algo para anotar em mãos

Como foi explicado antes, o ócio criativo te estimula a ter boas ideias e ser mais criativo, mas nunca se sabe quando isso pode acontecer. Quem nunca teve aquela ideia genial, mas não tinha nada por perto para anotar e acabou esquecendo, não é mesmo?

Quando isso acontece, você acabou de ter um ócio criativo, mas não aproveitou esse momento quando ocorreu. Então, sempre tenha um bloco de notas, caderninho ou celular em mãos para anotar, afinal nunca se sabe quando será possível aplicar aquele insight incrível que você tem.

Faça pausas quando sentir que for necessário

O ócio criativo não deve ser programado, ele não é uma obrigação e sim, uma abordagem para aproveitar o tempo livre de forma produtiva e satisfatória. Pequenos momentos de descanso no seu dia a dia no trabalho são importantes.

Sabe quando você está escrevendo aquele relatório e não consegue digitar mais nenhuma palavra? Essa hora é perfeita para um ócio criativo. Levante, tome uma água, se alongue e respire, isso pode fazer toda a diferença.

E acima de tudo: Relaxe e aproveite o tempo!

O ócio criativo vai além dos resultados práticos e mensuráveis, buscando proporcionar bem-estar que experimentamos na infância, quando a diversão era nossa única preocupação.

Desfrute de uma maratona de séries durante a semana, recompense seu esforço no trabalho com aquele lanche que você gosta, leia aquele livro pendente que você sempre pensa: “nossa, preciso terminar de lê-lo”, acorde tarde aos sábados, desligue as notificações do celular por um dia e sinta-se livre para ficar fora de casa até tarde da noite, se isso for o seu tipo de programa.

Tudo isso irá te proporcionar uma oportunidade para ter novas boas ideias ou estar descansado e preparado para o próximo dia de trabalho.

Ócio criativo e procrastinação

Nesse momento você deve estar pensando: “se eu tirar um tempo para ficar no celular, então eu estou procrastinando, como isso pode ser produtivo?”. É muito comum se confundir ócio criativo com procrastinação, mas eles não são a mesma coisa.

Diferente do que explicamos no ócio criativo, a procrastinação é o adiamento ou evitação de tarefas importantes para fazer atividades que não são urgentes e nem produtivas. Portanto, na procrastinação a utilização do tempo é ineficiente e você acaba tendo sensação de ansiedade e culpa. 

Já o ócio criativo é uma escolha consciente de investir o tempo livre em atividades que te beneficiam e tragam resultados, sem tirar a sensação de prazer e satisfação. Para evitar que ele se transforme em procrastinação, você pode seguir essa dicas:

  • Defina prioridades: Identifique as tarefas importantes e defina prazos realistas para concluí-las. Concentre-se nessas tarefas antes de se envolver em atividades de ócio criativo.
  • Estabeleça limites de tempo: Reserve um tempo específico para você, garantindo que ele não se prolongue além do necessário, impedindo que atrapalhe suas obrigações.
  • Pratique a autodisciplina: Desenvolva a habilidade de autogerenciamento para evitar a tentação de se envolver em atividades menos produtivas quando tarefas importantes estão pendentes.
  • Mantenha o equilíbrio: Encontre um equilíbrio entre o trabalho e o ócio criativo. Assegure-se de que ele seja uma fonte de descanso e inspiração, em vez de uma desculpa para evitar o trabalho necessário.
  • Planeje e estabeleça metas: Faça um planejamento semanal ou diário, estabelecendo metas claras para as tarefas que precisam ser concluídas. Isso ajudará a manter o foco e evitar a procrastinação.

Você pode ser produtivo e eficiente no trabalho, sem abrir mão das atividades e hobbies que te fazem bem. Uma forma de aproveitar bem o ócio criativo é aprender os diversos cursos que a FM2S oferece em sua assinatura! Cursos como Gestão de Tempo, Criatividade e Gestão da Rotina são perfeitos para que você consiga pôr em prática o ócio criativo.

Leia Mais:

Alexandre Queiroz

Alexandre Queiroz

Alexandre Mazzini, aluno da UNICAMP em Tec. Controle Ambiental. Especialização em Mídias Sociais e SEO, atua no setor de marketing da FM2S como redator para conteúdo web e analista SEO para blogs.