Folha de Verificação aplicada a projetos Lean Seis Sigma
Ferramentas da Qualidade

18 de maio de 2020

Última atualização: 31 de outubro de 2022

Folha de Verificação aplicada a projetos Lean Seis Sigma

A folha de verificação é uma das mais importantes ferramentas da qualidade. São formulários utilizados para padronizar e facilitar a coleta de dados e a organização dos mesmos para a estratificação. A padronização irá garantir maior probabilidade de que os dados coletados reflitam os fatos e a realidade do processo em análise, caso contrário todas as ações subsequentes do projeto de melhoria poderão estar fundamentas sobre dados falsos.

É nesse documento que são incorporadas as categorias de dados necessárias para a validação das hipóteses sobre a influência de alguns parâmetros. Com a folha de verificação é possível avaliar os itens de controle do processo, os itens de verificação, classificar os dados, localizar defeitos e identificar uma possível relação causa-efeito (desde que o documento seja devidamente construído). É assim que fazemos no Green Belt FM2S. Ainda não conhece a metodologia Lean Seis Sigma? Comece agora:

White belt

Principais tipos de folha de verificação:

O livro de Hitoshi Kume Statistical Methods for Quality Improvement define os principais tipos de folha de verificação:

Folha de verificação para a análise da distribuição de parâmetros de controle no processo produtivo

Este tipo é aplicado quando queremos conhecer a distribuição dos valores de uma determinada característica de qualidade. Para construí-lo dividimos a amplitude (máximo valor - mínimo valor) em intervalos e apontamos com um x no respectivo intervalo cada peça retirada da produção. Exemplo: Espessura da peça após o biscoito prensado no processo cerâmico.

[caption id="attachment_35959" align="aligncenter" width="443"]Folha de verificação Figura 1: exemplo para a análise da distribuição de parâmetros de controle no processo produtivo[/caption] [caption id="attachment_35960" align="aligncenter" width="443"]Folha de verificação Figura 2: exemplo para a análise da distribuição de parâmetros de controle no processo produtivo[/caption]

Folha de verificação de defeitos

Esse tipo de folha de verificação é utilizado quando queremos saber quais os tipos de defeitos mais frequentes e número de vezes causado por cada motivo, para a construção posterior de um Gráfico de Pareto, por exemplo. Exemplo: tipos de defeitos em uma peça usinada. [caption id="attachment_35961" align="aligncenter" width="461"]Folha de verificação Figura 3: Exemplo de folha de verificação utilizada para análise de itens defeituosos[/caption]

É usada para localizar defeitos externos, tais como: mancha, sujeira, riscos, pintas, e outros. Geralmente esse tipo de lista de verificação tem um desenho do item a ser verificado, na qual é assinalado o local e a forma de ocorrência dos defeitos. Exemplo: Bolha estourada na superfície do vidrado, nas peças de cerâmica. Esta folha nos mostrará o local onde mais aparece o tipo da bolha.

Esse tipo de folha de verificação é uma importante ferramenta para a análise do processo, pois nos conduz para onde e como ocorre o defeito. Para mais detalhes, sugerimos a fase Measure do Green Belt.

Folha de verificação

Folha de verificação para análise das causas de defeitos

Este tipo de folha de verificação é geralmente utilizado para investigar as causas dos defeitos, sendo que os dados relativos à causa e os dados relativos aos defeitos são colocada de tal forma que se torna clara a relação entre as causas e efeitos. Posteriormente os dados são analisados por meio da estratificação de causas. Alguns exemplos de estratificação são desajuste de máquina, inexperiência do operador, dia da semana, horário do dia entre outros.

[caption id="attachment_35964" align="aligncenter" width="461"]Folha de verificação Figura 4: Exemplo de folha de verificação utilizada para investigar as causas dos defeitos[/caption]

Construção de uma folha de verificação

Apesar de não existir uma regra para criá-la, já que cada caso merece um estudo diferente, pode-se elencar as principais etapas para elaboração:

  1. Definir o objetivo da coleta de dados e o tipo da folha;
  2. Incluir campo para o registro de Nomes e códigos das áreas e Produtos e pessoas responsáveis;
  3. Folha autoexplicativa para o preenchimento;
  4. Conscientização para a coleta;
  5. Executar um pré-teste.

Para todas as etapas, é importante atribuir um responsável e treiná-lo. Uma fábrica do setor de escapamentos desejava identificar problemas de solda que ocorriam com seus produtos. A empresa resolveu então coletar dados que pudessem identificar os seguintes aspectos:

  • Em qual produto ocorria defeito;
  • Qual era o tipo de defeito;
  • Em qual turno ocorriam os defeitos;
  • Quais eram os parâmetros da máquina no momento do defeito;
  • Em qual máquinas ocorriam os defeitos.

Para conseguir coletar todas essas informações de uma maneira fácil e em que os próprios operadores pudessem coleta-los, a empresa decidiu criar uma Folha de Verificação que permitisse colher todas estas informações em apenas um papel:

[caption id="attachment_35965" align="aligncenter" width="567"] Figura 5: Exemplo de folha de verificação utilizada para investigar as causas dos defeitos[/caption]

Leia mais no blog:

Equipe FM2S

Equipe FM2S