O que é gerenciamento de riscos em projetos?

gerenciamento de riscos
19 de maio de 2017
Última modificação: 19 de maio de 2017

Autor: Virgilio Marques Dos Santos
Categorias: Blog, Gestão de Projetos

O que é gerenciamento de riscos?

Gerenciamento de Riscos é o processo de identificação, análise e resposta a fatores de risco ao longo da vida de um projeto, no melhor interesse de seus objetivos. A gestão adequada dos riscos implica no controle proativo de eventuais acontecimentos futuros.

Um exemplo de gerenciamento de riscos

Uma atividade em uma rede requer que uma nova tecnologia seja desenvolvida. O cronograma indica seis meses para esta atividade, mas os técnicos acreditam que nove meses está mais próximo da verdade. Se o gerente de projeto for proativo, a equipe do projeto desenvolverá um plano de contingência agora. Eles vão desenvolver soluções para o problema de tempo antes da data de vencimento do projeto.

No entanto, se o gerente do projeto for reativo, a equipe não fará nada até que o problema realmente ocorra. O projeto se aproximará de seu prazo de seis meses, muitas tarefas ainda estarão incompletas e o gerente do projeto reagirá rapidamente à crise, fazendo com que a equipe perca um tempo valioso.

Uma gestão adequada dos riscos reduzirá não apenas a probabilidade da ocorrência de um problemas, mas também a magnitude do seu impacto. Imagine um projeto de instalação de um sistema em uma grande empresa de telecomunicações. O departamento de codificação se recusou a definir uma estimativa de duração total para sua parcela do projeto em menos de 3 semanas.

A estimativa de duração de 3 semanas estava fora dos limites. No entanto, a equipe do projeto aceitou. Parecia um cronograma irreal para a quantidade de trabalho a ser feito, mas eles estavam convencidos de que isso iria funcionar. Nenhuma avaliação de risco foi conduzida para determinar o que poderia dar errado. Infelizmente, isso impediu sua capacidade de completar com êxito suas tarefas no tempo. Quando o prazo de 3 semanas se aproximava e parecia que o trabalho não seria concluído, a gestão de crises tornou-se o modo de operação.

O que são sistemas de gerenciamento de riscos?

Os Sistemas de Gerenciamento de Risco são projetados para fazer mais do que apenas identificar o risco. O sistema também deve ser capaz de quantificar o risco e prever o impacto no projeto. O resultado é, portanto, um risco aceitável ou inaceitável. A aceitação ou não, de um risco, é geralmente dependente do nível de tolerância do gerente do projeto ao risco.

Se o gerenciamento de riscos for configurado como um processo contínuo e disciplinado de identificação e resolução de problemas, o sistema complementará facilmente outros sistemas. Isso inclui:

  • Organização
  • Planejamento e orçamentação, e
  • Controle de custos.

As surpresas serão diminuídas porque a ênfase será agora na gestão proativa, em vez de reativa.

Por que o Gerenciamento de Risco deve ser um processo contínuo?

Uma vez que o time do projeto identifica todos os possíveis problemas que podem pôr em risco o sucesso do projeto, eles devem escolher aqueles que são mais susceptíveis de ocorrer. Eles baseiam seu julgamento sobre a experiência passada em relação à probabilidade de ocorrência, sentimento, lições aprendidas, dados históricos, etc.

No início do projeto há mais risco. Por conseguinte, a gestão dos riscos deve ser feita no início do ciclo de vida do projeto e ser acompanhada durante toda sua vida.

O significado é que a oportunidade e o risco permanecem geralmente relativamente elevados durante o planeamento do projeto (início do ciclo de vida do projeto), mas devido ao nível relativamente baixo de investimento até este ponto, o montante em jogo permanece baixo. Em contraste, durante a execução do projeto, o risco cai progressivamente para níveis mais baixos à medida que as incógnitas restantes se tornam conhecidas. Ao mesmo tempo, o montante em jogo aumenta constantemente à medida que os recursos necessários são progressivamente investidos para a conclusão do projeto.

O ponto crítico é que o gerenciamento de riscos é um processo contínuo e como tal, não deve ser feito apenas no início, mas continuamente ao longo da vida do projeto. Por exemplo, se a duração total de um projeto for estimada em 3 meses, uma avaliação de risco deve ser feita pelo menos no final do mês 1 e do mês 2. Em cada etapa da vida do projeto, novos riscos serão identificados, quantificados e gerenciados.

Como responder ao risco?

A Resposta ao Risco inclui:

  • Prevenção: eliminando uma ameaça específica, geralmente eliminando a causa.
  • Mitigação: reduzindo o valor monetário esperado de um evento de risco ou reduzindo a probabilidade de ocorrência.
  • Aceitação: aceitando as consequências do risco. Isto é muitas vezes realizado por meio do desenvolvimento de um plano de contingência para se executar caso o evento de risco ocorrer.

Ao desenvolver Planos de Contingência, a equipe do projeto os elaborar por meio de um processo de resolução de problemas. O resultado final será um plano que pode ser posto em prática a qualquer momento.

O que uma equipe de projeto gostaria de conseguir é uma capacidade de lidar com bloqueios e barreiras à conclusão do projeto, que acabam aparecendo. Planos de contingência ajudarão a garantir que eles podem lidar rapidamente com a maioria dos problemas à medida que forme surgindo. Uma vez desenvolvidos, eles podem simplesmente lançar mão do plano de contingência e implementá-lo.

Por que ser fazer o gerenciamento de riscos?

A finalidade da gestão de riscos é:

  • Identificar possíveis riscos.
  • Reduzir ou alocar riscos.
  • Fornecer uma base racional para a melhor tomada de decisão em relação a todos os riscos.
  • Plano.

Avaliar e gerenciar riscos é a melhor arma que você tem contra catástrofes do projeto. Ao avaliar o seu plano de potenciais problemas e desenvolver estratégias para enfrentá-los, você vai melhorar suas chances de um sucesso do projeto.

Além disso, a gestão contínua do risco irá:

  • Assegurar que os riscos de alta prioridade são gerenciados de forma agressiva e que todos os riscos são gerenciados de maneira econômica ao longo do projeto.
  • Fornecer gerenciamento em todos os níveis com a informação necessária para tomar decisões informadas sobre questões críticas para o sucesso do projeto.

Se você não atacar ativamente os riscos, eles vão atacá-lo ativamente! Acredite.

Como fazer o gerenciamento de riscos?

Primeiro, precisamos examinar as várias fontes de riscos. Há muitas fontes e esta lista não é para ser inclusiva, mas sim, um guia para o brainstorming inicial de todos os riscos. Referenciando esta lista, ficará mais determinar todas as possíveis fontes de risco.

Várias fontes de risco incluem:

Gerenciamento de Projetos

  • A alta gerência não reconhece esta atividade como um projeto
  • Muitos projetos acontecendo ao mesmo tempo
  • Compromissos de cronograma impossíveis
  • Nenhuma entrada funcional na fase de planejamento
  • Nenhuma pessoa responsável pelo projeto total
  • Controle inadequado das mudanças de projeto
  • Problemas com os membros da equipe.
  • Controle inadequado das mudanças do cliente
  • Má compreensão do trabalho do gerente de projeto
  • Pessoa errada designada como gerente de projeto
  • Ausência de planejamento e controle integrados
  • Os recursos da organização são excedidos
  • Planejamento e programação irreais
  • Nenhuma capacidade de contabilidade de custos do projeto
  • Prioridades conflitantes do projeto
  • Escritório de projeto mal organizado

Externo

Imprevisível

  • Requisitos regulamentares imprevistos
  • Desastres naturais
  • Vandalismo, sabotagem ou efeitos colaterais imprevisíveis

Previsível

  • Risco de mercado ou operacional
  • Social
  • De Meio Ambiente
  • Inflação
  • Flutuações da taxa de câmbio
  • Meios de comunicação

Técnico

  • Mudanças de tecnologia
  • Riscos decorrentes do processo de desenvolvimento

Legal

  • Violação de marcas e licenças
  • Punição por violação de contrato
  • Trabalho ou problema no local de trabalho
  • Litígio devido ao direito de responsabilidade civil
  • Legislação

Qual é o processo para o Gerenciamento de Riscos?

O Processo de Gerenciamento de Riscos é essencialmente um processo de resolução de problemas de qualidade. Ferramentas de qualidade e avaliação são usadas para determinar e priorizar riscos para avaliação e resolução.

O processo de análise de risco é o seguinte:

Como Identificar o Risco?

  • Esta etapa é brainstorming. Analisando as listas de possíveis fontes de risco, bem como as experiências e conhecimentos da equipe do projeto, todos os riscos potenciais são identificados.
  • Usando um instrumento de avaliação, os riscos são então categorizados e priorizados. O número de riscos identificados geralmente excedem a capacidade de tempo da equipe do projeto para analisar e desenvolver contingências. O processo de priorização ajuda-os a gerir os riscos que têm um elevado impacto e uma elevada probabilidade de ocorrência.

Como Avaliar o Risco?

A resolução de problemas tradicional geralmente passa da identificação do problema à solução do problema. No entanto, antes de tentar determinar a melhor forma de gerir os riscos, a equipe do projeto deve identificar as causas dos riscos identificados.

A equipe do projeto faz perguntas como:

  • O que causaria esse risco?
  • Como esse risco afetará o projeto?

Desenvolver respostas ao risco

Agora a equipe do projeto está pronta para iniciar o processo de avaliação de possíveis soluções para gerenciar o risco ou, possivelmente, evitar que o risco ocorra. As perguntas que a equipe irá perguntar incluem:

  • O que pode ser feito para reduzir a probabilidade deste risco?
  • O que pode ser feito para gerenciar o risco, se ocorrer?

Desenvolver um Plano de Contingência ou Medidas Preventivas para o Risco

  • A equipe do projeto converterá em tarefas, aquelas ideias que foram identificadas para reduzir ou eliminar a probabilidade de risco.
  • As tarefas identificadas para gerir o risco, caso ocorram, são desenvolvidas em planos de contingência curtos que podem ser postos de lado. Se o risco ocorrer, eles podem ser antecipados e rapidamente colocados em ação, reduzindo assim a necessidade de gerenciar o risco por crise.

E, se você quiser aprender mais ainda sobre o assunto, poderá fazer um Treinamento de Gestão de Projetos. Sobre Qualidade, temos o Green Belt e o Black Belt.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *