Gestão: como não cair nas armadilhas da liderança?

Gestão
24 de novembro de 2016
Última modificação: 24 de novembro de 2016

Autor: Virgilio F. M. dos Santos
Categorias: Blog, Seis Sigma

Como a Gestão de Ajuda?

Gestão: muita teoria, dicas e receitas rápidas são ditas quando o assunto é gestão. Quem segue a gestão por objetivos atribui ao bom gestor à arte de bater metas. Por outro lado, os adeptos da gestão estratégica atribuem à gestão a tarefa de mostrar o caminho à sua equipe. Outros autores preferem definir o bom gestor por meio de uma série de características. Enumeram uma série de itens, quase sempre impossíveis de se seguir 100% do tempo, e caracterizam desta forma, um bom gestor. No meio destes itens está à liderança, a inovação, o conhecimento, a arte de delegar, de saber cativar e um sem número de outras coisas.

Neste artigo de hoje gostaria dar algumas dicas do que não fazer como gestor. Aprendi estas dicas durante os anos de trabalho e durante os inúmeros projetos em que participei.

Como fazer a Gestão?

Vamos as dicas sobre Gestão:

  1. Não atribuía nenhuma META se não possuir um método de atingi-la. Isto é a mais pura verdade e foi dito pela primeira vez por Deming. Um gestor que simplesmente coloca um número no quadro e pede para a equipe atingir poderá obter resultados desastrosos. Muitos não conseguem enxergar como atender aquela meta e outros, podem até atingi-las, mas em detrimento de outros indicadores ainda mais importantes.
  2. Outra coisa comum que acaba com a motivação, a disciplina e a organização da equipe é quando o gestor despeja suas ideias sem parar aos seus liderados, sem ajuda-los a estruturar os passos necessários para a implantação ou teste daquela ideia. Este comportamento é característico de empresas ou divisões que possuem uma equipe reduzida e um gerente muito proativo na busca por implementar a última tecnologia do momento. Você, gestor, deverá passar as tarefas a sua equipe de acordo com a disponibilidade de cada um, certificando-se em transmitir somente aquilo que você já estudou e sabe ser importante. Vale lembra que nem toda mudança é uma melhoria.
  3. Nunca vá para uma reunião sem uma boa preparação prévia e uma pauta fechada. Parece uma dica sem valor, mas vejo muito gestores utilizarem as reuniões para sessões de brainstorming sem a devida preparação prévia por parte dos presentes. É muito importante que sua equipe saiba do assunto a ser tratado e qual é o resultado esperado para a reunião.
  4. Controle sua ansiedade. A função de gestor requer responsabilidade e compromisso em maximizar a produtividade da sua equipe e dos demais gestores. Não gaste as horas das pessoas com a apresentação de ideias recém-vindas na cabeça ou inspiradas em experiências vividas somente por você. Estruture o assunto antes de apresenta-lo, pois é muito mais eficiente transmitir o conhecimento de maneira planejada e por meio de atividades práticas. Todo o gestor é um tutor e, a função de um tutor é desenvolver a habilidades e competências dos liderados.

Após estas dicas, lembre-se sempre de que muitos dos seus colaboradores não sabem falar “não” e não se sentem confortáveis em argumentar ou discutir com você, por isto, preste muito atenção ao entusiasmo da equipe.

Gestão: você sabe o que significa esta palavra?

O que é gestão? O que é fazer gestão e, o que é uma boa gestão? Se formos aos dicionários da web acharemos coisas como “significa gerenciamento, administração, onde existe uma instituição, uma empresa, uma entidade social de pessoas, a ser gerida ou administrada” ou “ciência social que estuda e sistematiza as práticas usadas para administrar”. Pelas definições, parece que está relacionada a administração.

E administrar, significa os esforços humanos organizados, feitos em comum, com um fim específico, um objetivo. Se sua busca relacionar aos tipos de gestão, certamente irá incorrer por várias áreas. Verá gestão de empresas, gestão do tempo, gestão pessoal, gestão de projetos, gestão da carreira, gestão disto, gestão daquilo e, neste momento, há alguém empregando o termo gestão acompanhado de uma função nova, aposto.

Diante de todo este conhecimento teórico, pergunto: como estes conceitos e explicações te ajudam a melhorar a gestão da sua empresa, departamento, equipe? Como você consegue organizar os esforços humano em busca de um objetivo? Aí a coisa começa a ficar mais difícil e interessante. Ferramentas, livros, vídeos milagrosos são abundantes, mas pessoas que o ajudem a compreender o que é a gestão na prática e como fazer para melhorá-la, conheço poucos.

Gestão: gurus

Como todo curioso no assunto, minha pesquisa sobre gestão acabava caindo no lugar comum. PDCA, Gestão da Rotina, Peter Drucker (o guru), Tom Peter (o guru do marketing de lançamento de livros) e um sem números de grandes nomes, não me ajudaram muito a entender sobre o assunto a priori. Quem primeiro me forneceu um modelo mental robusto e fácil para eu entender o que é a tão famosa visão sistêmica foi Deming. Ele, junto aos seus colaboradores, foi a pessoa com maior capacidade de simplificar conceitos importantes de uma maneira que pouco estudo era necessário para compreender.

Na minha primeira aula de Green Belt, quando conheci seu propagandeado “Saber Profundo”, minha visão para entender um negócio começou a mudar. A colcha de retalhos que havia na cabeça, transformou-se em uma colcha rasgadinha. Depois, quando conheci o LoP, ou Processograma, o mapa se formou. Uau, pensei, agora fica claro como ter a visão do todo.

Por meio do LoP, é possível enxergar o conjunto de processos chamado empresa. Processos direcionadores, principais e de suporte, todos estes transformando as entradas dos fornecedores nos produtos que os clientes desejam. Para mim, esta é a definição de administração e o desafio maior que era enxerga-la na prática, Deming resolveu em 1950 com esta ferramenta.

Quais as Ferramentas para potencializar a gestão?

Depois de entende-la, o SIPOC, a Descrição do Negócio, o Procedimento Operacional Padrão, enfim, tudo começou a fazer sentido na cabeça. Os famosos itens de controle e verificação, que todo responsável pela gestão deve acompanhar, agora faziam sentido. Enxergar como encaixar ferramentas para fazer gestão, tornou-se um problema menor. E agora você me pergunta: mas aprendeu gestão no Green Belt? O negócio não é Six Sigma, dados, etc?

Também achei que fosse, mas o método pelo qual aprendi e tive todo meu treinamento, é mais que isto. Conhecer o Deming, Peter Scholtes, Loyd, Liker e outros mestres, coloca você sobre os ombros de gigantes. E, nisto, a linha que seguimos irá colocá-lo nos ombros de gigantes também. Pois, Green Belt do tipo aula de receita de bolo, não dá. Nossos alunos demandam mais, muito mais.

Deste modo, a gestão para nós, é reger o sistema. Reger a interação de um conjunto de insumos, atividades, pessoas e equipamentos, com o objetivo de que ele exerça sua função. O relógio é um sistema complexo que tem como função marcar as horas. Gerir um relógio é garantir que as horas sejam marcadas do jeito correto, alcançando os resultados que esperam dele.

Como implantar a Excelência Operacional?

Para empresa é a mesma coisa. Quando você é um gestor da sua área, você deve garantir que o que se espera dela, seja entregue. Para isto, você elaborar um LoP, depois uma Descrição no seu Negócio, POPs, etc e acompanha os indicadores, regendo o time, de maneira ética até as metas. Com nosso Canvas de Gestão ficará fácil para você fazê-lo. Prometemos que em breve, vem aí um sistema completo para gerir o seu negócio, área ou qualquer coisa que queira gerir.

Já vi muito colaborador exemplar sair de uma companhia, pois não conseguia administrar a carga de trabalho que lhe era atribuída. Gerenciar a carga de trabalho da sua equipe vai garantir que os bons não saiam e que os pouco esforçados apareçam. Por último, além de dividir a carga de trabalho da equipe igualmente, é importante reconhecer o bom desempenho daqueles comprometidos com a empresa. Um bom colaborador sempre espera reconhecimento pelo seu esforço. Falamos isto no 6 Sigma, por meio dos conceitos disseminados no Green Belt e Black Belt.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *