Feedback: O que é? Por que é tão importante?

12 de janeiro de 2020
Última modificação: 12 de janeiro de 2020

Autor: Paula Louzada
Categorias: Blog, Gestão de Equipes

O feedback é uma parte vital do conjunto de habilidades de qualquer líder. Gerentes de projeto, líderes de equipe, professores e treinadores desenvolvem essa habilidade ao longo de suas carreiras. O feedback, tanto dando quanto recebendo, é essencial para o compartilhamento eficiente de informações entre equipes e grupos. A seguir, vamos conhecer sua definição e seu valor, assim como aprender melhores formas de empregá-lo.

O que é feedback?

O termo ‘feedback’ é usado para descrever informações ou críticas úteis relacionadas a ações ou comportamentos anteriores de um indivíduo, podendo ser direcionado ao indivíduo autor da ação, ou mesmo para grupos ou indivíduos externos – neste caso, servindo como exemplo e conselho. Seu objetivo consiste, no geral, em ajustar e melhorar as ações e comportamentos atuais e futuros.

O feedback ocorre quando se reage a uma ação ou comportamento. Por exemplo, “feedback do cliente” é a reação dos compradores em relação aos produtos, serviços ou políticas de uma empresa; enquanto “feedback do desempenho dos funcionários” é a reação dos funcionários ao feedback do gerente, por exemplo. A troca de informações envolve o desempenho esperado e o desempenho exibido.

Tendo isso em vista, quem negaria que o feedback é uma coisa boa? Todos podem se beneficiar dele! Tanto o senso comum quanto pesquisas deixam claro: o feedback e as oportunidades de usá-lo ajudam a melhorar e aprimorar – seja um indivíduo, grupo, negócio, unidade de negócios, empresa ou organização – e pode ser usado para tomar decisões mais bem informadas e conscientes. Além disso, também nos permite construir e manter a comunicação com os outros.

Qual é a sua importância?

O feedback – construtivo! – é uma ferramenta robusta para criar um ambiente saudável, aumentar a produtividade e o engajamento, além de alcançar melhores resultados. Tem êxito em contextos de negócios, esportes, educação e em inúmeras outras atividades. Assim sendo, o feedback influencia positivamente a comunicação, a interação entre os membros da equipe, assim como os resultados do trabalho em equipe em diferentes campos. Outrossim, seu funcionamento apresenta particularidades em diferentes processos.

É clara a importância do feedback no local de trabalho, já que o compartilhamento de informações sobre o que pode e precisa ser aprimorado ajuda a otimizar o processo de trabalho e a realizar as tarefas em menos tempo. Enquanto isso, é de grande ajuda na liderança e na comunicação, pois aumenta a transparência nas relações. Já em situações de educação e aprendizado, desempenha um papel crucial, de forma que ajuda a adotar novos conhecimentos mais cedo e a evitar erros repetitivos, aplicando-se do mesmo modo aos esportes e treinamentos, uma vez que ajuda a aprender novas habilidades e a obter melhores resultados.

Mas, afinal, por que o feedback é tão importante?

O feedback, quando feito regularmente, mantém todos no caminho certo. O que é benéfico para todos os envolvidos em qualquer tipo de atividade: trabalhando em um projeto, preparando-se para um evento, estudando, etc. Ajuda a equipe a evitar grandes erros, pois cria um fluxo de comunicação claro e honesto durante qualquer tipo de trabalho em equipe. Por isso economiza o tempo de corrigir o trabalho de alguém, reduz ao mínimo os erros causados ​​pela falta de comunicação e evita os arrependimentos daqueles que sentem que falharam.

Ao incentivar um feedback honesto, criam-se melhores relacionamentos com as pessoas da equipe. Mesmo que geralmente envolva críticas – algo com que a maioria das pessoas não se sente confortável -, quando efetuado corretamente certamente ajuda a evoluir e ainda por cima motiva as pessoas e aumenta seu desempenho. Uma abordagem amigável funciona bem nesse caso, porque você não pode apenas mostrar ao outro o que pode estar fazendo de errado, mas também permitir que use isso como um conselho, não como julgamento. Portanto, é necessário deixar claro que sua intenção é de ajudar a alcançar determinada meta mais cedo.

O feedback promove o crescimento pessoal e profissional, já que se trata de ouvir ativamente, dedicar um tempo para analisar e, em seguida, pensar na melhor solução possível para um melhor desempenho. Não só fornece críticas positivas e permite ver o que todos podem mudar para melhorar seu foco e resultados, mas também une as pessoas e cria um fluxo de comunicação saudável.

Um ambiente de trabalho amigável, onde todos estão abertos a críticas e até buscam feedback, é outro efeito positivo que economiza muito tempo. Não é incomum que as melhores ideias venham de alguém da equipe que simplesmente menciona uma solução para um problema ou aponta um problema que outras pessoas ainda não perceberam.

 

O assunto está sendo útil para você? A seguir estão listados alguns blogs relacionados para que você se intere mais:

Como transformar Feedback negativo em positivo?

O que é e como implementar o Feedback 360?

Você sabe como dar e receber Feedback no trabalho?

Feedback construtivo: como digerir uma crítica?

 

A habilidade de fornecer feedback

Para um líder de equipe, gerente ou professor, é extremamente importante fornecer feedback da maneira certa. Embora seja uma prática poderosa que cria um efeito positivo visível, também pode prejudicar as pessoas, diminuir sua autoestima ou fazê-las sentir-se subestimadas.

Para fazer isso corretamente, planeje sua abordagem com antecedência. Leve em consideração alguns conselhos simples sobre o que fazer e o que não fazer ao fornecer e receber feedback.

Primeiro, evite qualquer coisa que possa ser considerada como culpa ou julgamento: você quer motivar as pessoas e mostrar-lhes uma área para melhoria, não o contrário. Sempre explique à sua equipe como a comunicação aberta sobre possíveis melhorias é uma situação em que todos saem ganhando. Mencione seus pontos fortes primeiro, após o qual você pode apontar um aspecto em que se pode trabalhar mais.

Verifique se você é específico. Os funcionários devem saber exatamente sobre qual aspecto do projeto você está falando, o que eles fizeram de errado e como ele pode ser aprimorado.

Não é incomum que as pessoas não tenham certeza do que aconteceu ou qual deve ser o próximo passo. É por isso que você deve fazer perguntas no final e ver se a outra pessoa recebeu sua mensagem. Por último, mas não menos importante, incentive os membros da equipe a fornecer feedback também.

Resumindo

Os benefícios diretos e indiretos do feedback em relação a negócios incluem crescimento dos negócios, economia de dinheiro, mais vendas, conclusão de projetos no prazo e outras mudanças positivas nas finanças, relacionamento com clientes e posições de mercado da empresa. Tudo isso torna as pessoas da equipe mais engajadas no processo de trabalho, havendo mais envolvimento e lealdade, uma vez que o feedback se torna uma prática regular.

Por conta de tudo isso, promover o feedback em uma equipe deve ser o seu próximo passo na busca pela melhoria contínua. Reserve espaço (e planeje tempo!) Para ele no processo de planejar suas atividades futuras. Leve em consideração que, de fato, o feedback deve estar presente a cada passo. Dê tempo à sua equipe para se acostumar com esse novo ambiente de mente aberta e favorável ao feedback.

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =