Concentração: Aprenda a aproveitar seu tempo

13 de fevereiro de 2020
Última modificação: 13 de fevereiro de 2020

Autor: Paula Louzada
Categorias: Blog

Melhore sua concentração: Alcance foco em meio a distrações

A grande problemática da concentração: quantas vezes você já se sentou à sua mesa e tentou se concentrar em uma tarefa, até descobrir que sua mente está vagando?

Apesar de suas melhores intenções, você simplesmente não consegue se concentrar. Todos nós já estivemos nessa situação familiar e frustrante – e é algo que pode realmente prejudicar nosso desempenho.

Entendendo a Concentração

A concentração se trata basicamente da capacidade de direcionar a atenção de acordo com a vontade. Ou seja, significa controle da atenção.

É a capacidade de focar a mente em um assunto, objeto ou pensamento e, ao mesmo tempo, excluir da mente todos os outros pensamentos, ideias, sentimentos e sensações não relacionadas. E é também a capacidade de fazer uma coisa de cada vez, em vez de pular de um assunto para outro e perder a atenção, o tempo e a energia.

Na concentração, toda a atenção está focada em um pensamento e a pessoa simplesmente não dá espaço a todo o resto. Em um momento como este, a mente se concentra no objeto de concentração e apenas um pensamento ocupa toda a mente. Toda a energia da mente se concentra nesse único pensamento.

No entanto, a capacidade de comandar a mente e controlar a atenção não é comum e requer treinamento. A maioria das pessoas não tem a capacidade de controlar sua atenção e concentrar a mente exclusivamente em um assunto por qualquer período de tempo. Assim, elas não podem comandar sua mente para se concentrar, quando querem e/ou precisam. No entanto, a concentração não é uma atividade incomum. Acontece quase todos os dias, para quase todos, mas é mais uma habilidade espontânea e descontrolada.

A concentração acontece de verdade!

Você já reparou como as crianças nem ouvem você quando estão brincando? Tornam-se totalmente absorvidas em seus jogos, quase inconscientes de tudo o mais. Assim como quando você lê um livro muito interessante, não ouve pessoas gritando ou chamando seu nome. Você fica alheio ao seu ambiente e perde a noção do tempo. Isso também acontece quando você escreve uma carta importante, assiste a um filme ou jogo, joga xadrez ou cartas ou quando está envolvido em qualquer outra atividade que gosta de fazer, que é interessante ou divertida.

Esses exemplos mostram que é possível um estado de atenção concentrada. No entanto, a verdadeira concentração é diferente. É um processo mais consciente e intencional, no qual você concentra sua mente à vontade, sempre que quiser, em qualquer assunto, por um certo período de tempo, não apenas por alguns segundos.

Concentração é a capacidade de focar a mente não apenas em assuntos e atividades agradáveis ​​e ​​que você ama, mas também em suas tarefas, em seu trabalho ou estudos, e em coisas chatas e desinteressantes que você precisa fazer.

Por que a concentração é importante?

Ser capaz de concentrar a mente é crucial para o sucesso em todas as áreas da vida, em questões materiais e financeiras, autoaperfeiçoamento e espiritualidade.

Essa habilidade ajuda a evitar se distrair e economiza tempo e energia. Aliás, você precisa disso para lidar com seus assuntos diários da vida, para perseguir seus objetivos, para desenvolver novos hábitos e habilidades e para meditar e obter paz interior.

Levando tudo isso em conta, pode-se presumir que a concentração é imprescindível. Portanto, seguem algumas dicas que o aproximam dessa conquista.

4 Dicas para Melhorar a sua Concentração

1. Melhore seu ambiente físico

Certifique-se de estar confortável

Comece assegurando que sua cadeira e mesa estejam na altura certa para você trabalhar confortavelmente. Se sua cadeira estiver muito alta ou sua mesa muito baixa, você ficará desconfortável e inevitavelmente vai usar isso como desculpa para se levantar e ir embora (além do fato de ser realmente uma situação imprópria para se trabalhar).

Coloque fotos

Ver uma cena natural ou observar a vida selvagem pode ajudar a melhorar a concentração. Se você conseguir colocar fotos em seu escritório ou área de trabalho, escolha paisagens ou imagens naturais de que goste. Isso pode ajudar seu foco, especialmente se você puder ver as fotos da sua mesa.

Afaste as distrações o máximo possível

Ouvir música pode ajudar, especialmente se for música instrumental. Algumas pessoas até usam aplicativos de “ruído branco”, que produzem um som constante e sem distrações, como ondas do mar ou chuva caindo. Esse ruído de fundo constante pode abafar outros ruídos, ajudando você a se concentrar melhor e a ignorar as distrações.

2. Garanta sua nutrição

Beba água

Muitos de nós não pensam em beber água enquanto trabalhamos, mas a desidratação pode nos fazer sentir cansados, irritados, lentos ou até doentes. Quando nossos cérebros não têm líquido suficiente, eles não conseguem operar com desempenho máximo. Manter-se hidratado é uma maneira fácil de ajudar a melhorar sua concentração durante o dia.

Tome café da manhã

Comece o seu dia com um café da manhã saudável. É muito mais difícil se concentrar quando você está com fome; portanto, faça uma refeição completa antes de ir trabalhar. Além disso, você também pode ajudar sua concentração ao longo do dia, mantendo lanches saudáveis ​​em sua mesa. Amêndoas, bolachas integrais, frutas frescas e vegetais são boas escolhas.

Levante-se e mova-se

Você anda por aí durante o dia? Se você é como muitas pessoas, provavelmente não se move o suficiente. No entanto há pesquisas que indicam que a caminhada regular pode ajudar a aumentar seu foco durante o dia.

3. Mantenha sua mentalidade focada

Distrações constantes e a baixa produtividade associada a essas distrações tornaram-se tão comuns nos consultórios de hoje que os médicos deram um nome a ela: Traço de Déficit de Atenção, ou ADT. E eles dizem que organizações inteiras podem sofrer com isso.

Separe um tempo para lidar com as preocupações

Muitos de nós têm dificuldade em se concentrar durante o dia porque estamos constantemente preocupados com outras coisas. Pode ser um prazo aproximado para um projeto que você não iniciou, um novo colega que está causando problemas ou mesmo a quantidade de trabalho em sua mesa. Se você se distrair com as preocupações, anote-as para não precisar mantê-las em sua mente. Em seguida, agende um horário para lidar com esses problemas.

Concentre-se em uma tarefa de cada vez

Pode ser muito mais difícil se você fizer “mini intervalos” (de 15 a 30 segundos) para responder e-mails, enviar mensagens de texto ou fazer chamadas telefônicas rápidas. Alguns pesquisadores acreditam que pode levar até 15 minutos para recuperarmos o foco completo após uma distração.

Feche sua caixa de entrada de e-mail e programa de bate-papo

Deixe seu correio de voz fazer o seu trabalho. Caso seu escritório permitir, feche a porta do escritório ou coloque uma placa “Não perturbe” para informar aos colegas que você precisa se concentrar. (Mas se você é gerente e deseja operar uma política de portas abertas, considere trabalhar em casa ou em outro local para momentos em que precisar se concentrar.)

Alterne entre tarefas de alta e baixa atenção

Isso pode dar um descanso ao seu cérebro após muita concentração. Por exemplo, se você passar duas horas trabalhando no orçamento do seu departamento, provavelmente se sentirá cansado. Assim, você pode recarregar sua energia trabalhando em uma tarefa de pouca atenção, como arquivamento, por 15 minutos, antes de voltar ao seu orçamento.

Priorize

Ter muito o que fazer pode ser uma distração, e isso às vezes causa procrastinação. Ou ainda você pode pular rapidamente de uma tarefa para outra, criando a ilusão de trabalho – mas, na realidade, você não está realizando muito. Se você não tiver certeza de quais tarefas iniciar ou quais são mais importantes, reserve 10 ou 15 minutos para priorizar sua Lista de Tarefas.

Limite as distrações

Dessa forma, você consegue entrar no fluxo do seu trabalho – para fazer mais!

4. Adquira novos hábitos

Faça pausas curtas

Podemos ser mestres em nos focar, mas eventualmente precisaremos de uma pausa. Nossas mentes podem lutar para se concentrar intensamente nas tarefas durante oito horas por dia. Mas é aqui que pode ser melhor dividir seu trabalho em segmentos de uma hora, com um intervalo de 5 a 10 minutos entre as tarefas. Esse pequeno intervalo permitirá que sua mente descanse antes de focar novamente.

Faça as tarefas mais difíceis quando estiver mais concentrado

Isso ajudará você a maximizar sua concentração

Use um fone de ouvido

Se você tiver um fone de ouvido, considere usá-lo por algumas horas por dia. Se seus colegas pensam que você está ao telefone, é menos provável que o interrompam.

Prometa a si mesmo uma recompensa

Por exemplo, faça uma regra que, se você se concentrar intensamente por 45 minutos em uma tarefa, poderá fazer uma pausa para tomar uma xícara de café quando terminar. Pequenas “recompensas pessoais” geralmente podem ser ótimas motivadoras.

Programe downloads de e-mail

Pode ser tremendamente perturbador ter e-mails entrando em sua caixa de entrada de poucos em poucos minutos – você fica tentado a parar o que está fazendo e respondê-los imediatamente. Portanto, se puder, programe seu e-mail para download apenas algumas vezes por dia e lide com todos os seus e-mails de uma só vez.

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 9 =