Como sair da zona de conforto e superar desafios?

Como sair da zona de conforto
19 de janeiro de 2022
Última modificação: 18 de janeiro de 2022

Autor: Victor Said
Categorias: Carreira

Torna-te quem tu és.” Friedrich Nietzsche anuncia em uma das máximas mais emblemáticas de sua masterpiece o “Assim Falou Zaratustra”. Este é um convite do filósofo para que pensemos o lugar que ocupamos no mundo, para sair de nossa zona de conforto e superar nossos limites. 

Por vezes na vida nos vemos em um lugar confortável, em uma zona segura, em que estamos habituados e que nos sentimos bem. Apesar de parecer um lugar benéfico para se estar, esta é a zona de conforto e ela representa um risco iminente para nossa vida profissional e pessoal.

Você já pensou que pode estar numa zona de estagnação? Manter-se preso a uma rotina, repetindo hábitos por longos períodos, longe de riscos e, principalmente, com poucos desafios pode representar um grande problema para o seu desenvolvimento

O medo de mudar, de passar por transformações e de se propor a enfrentar novos desafios são consequências de estar na zona de conforto. Afinal, ela gera a falsa sensação de saber todas as coisas, de conhecer tudo sobre um determinado assunto.

É um sentimento de segurança que nasce de um equívoco, de uma tendência a manter-se naquilo que é conveniente para si. Sobretudo porque a comodidade, o conforto e facilidade são o alimento para se manter inerte.

É assim que começa o processo de estagnação, no qual o seu crescimento é substituído pelo comodismo. Mas como sair da zona de conforto e superar novos desafios? Existem formas de fazer isso e nós vamos te ajudar a superá-la. Confira neste post!

O que é a zona de conforto?

A palavra conforto tem origem no conceito de consolar ou apoiar e sua origem vem do latim cumfortare, que deriva da palavra cumfortis, que significa aliviar a dor ou fadiga. A zona de conforto é um ambiente cômodo, no qual nos submetemos. 

Este espaço pode ser nosso trabalho, nossa faculdade ou até mesmo nosso ambiente familiar. Especialmente porque nos sentimos seguros, é muito difícil identificar e sair da zona de conforto. 

Mas a falsa sensação de estar no controle da situação pode gerar insegurança, medo do novo e um sentimento incapacitante de lidar com mudanças. Os riscos de se manter na zona de conforto por muito tempo são inúmeros, como:

    • Estagnação profissional e pessoal, já que não há perspectiva de crescer e se desenvolver;
    • Falsa sensação de segurança e de conhecimento, gerando soberba e acomodação;
    • Conformismo e inércia, passando a deixar de priorizar os próprios objetivos e metas;
  • Forte preguiça, quando os sentimentos negativos falam mais alto que a vontade de agir;
  • Medo de mudança, o ambiente confortável inibe a capacidade de desbravar novos desafios;
  • Falta de motivação para conquistar novas oportunidades e buscar melhorias;

Além disso, a zona de conforto também pode gerar ansiedade e estresse constantes, pois é uma condição de repetição, sem novos aprendizados, superando obstáculos e desbravando contextos inexplorados podem ser muito frustrantes.

A zona de conforto pode impactar negativamente na sua vida pessoal e profissional, pois pode levar a estagnação e até a regressão da sua trajetória. 

Ela é em especial perigosa porque pode ocasionar prejuízos de diversas ordens, afetando desde a saúde, como o sedentarismo, até aqueles problemas de ordem psíquica, como a ansiedade.

Como sair da zona de conforto?

Mas como sair da zona de conforto? O primeiro passo para sair da zona de conforto é utilizar do autoconhecimento para identificar o lugar que você ocupa hoje.

Pense objetivamente no lugar que você gostaria de ocupar amanhã, ou seja, em quem você gostaria de ser.

Para isso, voltemos ao exercício proposto por Nietzsche: “Torna-te quem tu és”. A pessoa que você é hoje é quem você gostaria de ser? Você é feliz vivendo a vida que você está vivendo agora? 

Se você precisasse repetir o ciclo da sua vida atual, você viveria ele da mesma forma que vive hoje? 

Se a resposta for não, bem, você precisa sair da sua zona de conforto. Embora pareça ser bastante subjetivo, essas reflexões são fundamentais para a tomada de decisão. Pois sair da zona de conforto requer atitude e ação. 

Dicas de como sair da zona de conforto

  1. Reflita sobre o atual momento da sua vida;
  2. Pondere sobre suas conquistas, suas metas e seus objetivos nos últimos anos;
  3. Se questione: estou onde gostaria de estar? Quais são meus objetivos daqui pra frente?
  4. Trace objetivos e estabeleça metas;
  5. Planeje suas próximas ações;
  6. Estude, leia e seja curioso: o aprendizado é o seu vetor de crescimento;
  7. Coloque seus planos em ação e saia da inércia;
  8. Crie uma nova rotina, estabeleça um cronograma de estudos;
  9. Se proponha a novos desafios e encare o novo;
  10. Faça cursos online, participe de eventos e de capacitações.

E-book Gestão do tempo - como sair da zona de conforto

Quais são as vantagens e benefícios de sair da zona de conforto na vida profissional

A grande questão é: por que sair da zona de conforto? Neste ponto, fica evidente que a zona de conforto pode ser um grande problema para o seu crescimento profissional. 

Uma mudança de mindset é o primeiro benefício de sair da zona de conforto. Afinal, o pensamento é a maior e mais significativa potência. Sem dúvida, se mudarmos nossa mentalidade, somos capazes de transformar nossa realidade. 

Ao sair da inércia você terá a oportunidade de conhecer novos saberes, desenvolver novas competências, conhecer novas pessoas, criar novas conexões. Não apenas isso, é o momento de desbravar o inédito e percorrer caminhos ainda não trilhados.

Conquistar o cargo tão sonhado, ingressar na faculdade desejada, participar daquele curso cobiçado, investir no projeto que estava jogado de escanteio… São tantas possibilidades! 

Sair da zona de conforto é dar uma chance para viver a vida em sua plenitude. Porque é preciso coragem para desbravar o novo e enfrentar o desconhecido. Mas você só tem a ganhar. Lembre-se: o seu crescimento não tem preço!

Leia também:

Inteligência emocional: 5 princípios para sua liderança

Mindfulness: como utilizar no local de trabalho

 

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.