timesheet
Gestão do tempo

11 de setembro de 2023

Timesheet: o que é, para que serve e como fazer

Em um mundo cada vez mais orientado para a eficiência, as empresas estão constantemente buscando maneiras de otimizar seus recursos e maximizar a produtividade. 

O Timesheet, um registro detalhado das horas trabalhadas em projetos e tarefas, surge como uma ferramenta valiosa nesse esforço

O que é Timesheet?

Existem diversas formas de otimizar processos e melhorar desempenhos, uma dessas formas é controlar o tempo em que atividades e tarefas são executadas e o Timesheet é perfeito para isso.

O Timesheet é uma ferramenta importante usada por empresas para acompanhar e registrar o tempo que os funcionários dedicam a diferentes tarefas e projetos. É como um cronômetro virtual que ajuda a empresa a entender como o tempo está sendo gasto no trabalho.

Imagine que você trabalha em uma empresa e tem várias tarefas para fazer durante o dia, como responder e-mails, participar de reuniões, trabalhar em projetos e ajudar os colegas. O Timesheet é uma forma de registrar quanto tempo você gasta em cada uma dessas atividades.

Para preencher um Timesheet, você anota a hora de início e término de cada tarefa ou projeto. Isso pode ser feito em uma planilha, aplicativo ou software especializado. 

Ao final do dia, semana ou mês, a empresa pode usar esses registros para saber como o tempo está sendo distribuído entre as diferentes atividades.

Essas informações são valiosas para várias coisas:

  • Alocação de recursos: Ajuda a empresa a saber se está alocando seus funcionários de forma eficiente, direcionando-os para as tarefas mais importantes.
  • Faturamento: Se a empresa presta serviços a clientes, o Timesheet pode ser usado para calcular quanto deve ser cobrado pelos serviços prestados com base no tempo gasto.
  • Avaliação de desempenho: Pode ser usado para avaliar o desempenho dos funcionários, identificando quem está sendo mais produtivo ou precisa de mais apoio.
  • Planejamento: Ajuda na programação de projetos futuros, estimando quanto tempo será necessário para concluir tarefas semelhantes.

Dito isso, o Timesheet é uma ferramenta útil para as empresas acompanharem e gerenciarem como o tempo de seus funcionários é utilizado, tornando o trabalho mais organizado e eficiente. 

gestão do tempo ebook

Por que usar Timesheet?

Como falamos anteriormente, o Timesheet foi concebido com o intuito de simplificar a gestão do tempo, mas como exatamente isso ocorre?

Aqui, é crucial destacar o valor dos dados. Os dados são a base essencial para uma gestão de tempo inteligente e estratégica.

Através do uso do Timesheet, é possível gerar e coletar dados cruciais que delineiam o progresso das tarefas e projetos, bem como o desempenho da equipe. Esses dados têm o potencial de contribuir significativamente para a redução de custos nas operações da sua agência.

Assim, ao administrar de maneira mais eficaz a alocação de tempo, você adquire uma compreensão mais precisa dos custos e prazos envolvidos em cada projeto. 

Essa clareza é fundamental para tomar decisões informadas e gerenciar seus recursos de forma mais eficiente.

O Timesheet também desempenha um papel fundamental na otimização da distribuição de tarefas dentro da equipe. 

Ele permite identificar rapidamente se uma determinada tarefa está consumindo mais tempo do que o planejado. 

Isso é essencial para evitar que atividades que oferecem pouco valor agregado exijam um esforço desproporcional, o que pode ser desgastante tanto para a equipe quanto para a agência como um todo.

Além disso, o uso do Timesheet promove uma maior transparência nas relações com os clientes. Eles têm a oportunidade de acompanhar de perto se as tarefas solicitadas estão dentro do prazo e orçamento estipulados. 

Dessa forma se fortalece a confiança e a comunicação com os clientes, já que eles podem verificar se o volume de trabalho entregue está de acordo com o que foi acordado em seus contratos.

No geral, o Timesheet é uma ferramenta valiosa que proporciona uma gestão de tempo mais eficiente e, como resultado, reduz os prejuízos e melhora a eficácia operacional de uma agência. Por meio da coleta e análise de dados precisos, essa ferramenta capacita as empresas a tomar decisões estratégicas que beneficiam tanto a equipe quanto os clientes.

Como aplicar o Timesheet?

Na prática, a implementação bem-sucedida do Timesheet em seu negócio ou serviço envolve três etapas cruciais. Veja cada uma delas para entender como elas podem ser eficazes:

1. Escolher o Software Adequado

O primeiro passo é encontrar o software que atenda às necessidades específicas do seu negócio ou projeto. Isso requer uma avaliação criteriosa das opções disponíveis no mercado. 

O software escolhido deve permitir o registro eficaz de atividades e tempo, mas também deve oferecer recursos de gestão de projetos que agreguem valor ao processo. 

Procure por soluções que sejam flexíveis e personalizáveis, de modo a se adequarem ao seu contexto operacional.

Além disso, considere a integração com outras ferramentas que sua equipe já utiliza, como sistemas de comunicação interna ou ferramentas de gerenciamento de tarefas. Isso pode simplificar o processo de adoção do Timesheet e melhorar a eficiência geral.

2. Treinamento da Equipe

Uma vez que o software adequado foi escolhido, é essencial capacitar sua equipe para utilizá-lo de maneira eficaz. 

Isso envolve a criação de um programa de treinamento que ajude os colaboradores a compreenderem a importância do Timesheet e a adquirirem as habilidades necessárias para sua execução.

É fundamental destacar como o Timesheet beneficia não apenas a empresa, mas também os próprios membros da equipe. Com a ferramenta, eles terão meios mais eficazes para registrar e gerenciar suas atividades, o que pode aumentar a produtividade e reduzir o estresse relacionado ao trabalho.

3. Monitoramento Contínuo

O terceiro passo, e igualmente importante, é o monitoramento contínuo do Timesheet. Isso requer que os gestores comuniquem as principais funcionalidades da ferramenta à equipe e forneçam orientação sobre como usá-la da melhor forma. 

À medida que os colaboradores se tornam mais conscientes do sistema, eles buscarão maneiras de otimizar suas contribuições de forma independente.

Além disso, é crucial estar atento aos dados gerados pelo Timesheet. Eles oferecem insights valiosos sobre o desempenho dos projetos e atividades da equipe. 

Ao analisar esses dados, os gestores podem identificar áreas que precisam de melhorias, realocar recursos de maneira mais eficaz e tomar decisões informadas para aumentar a eficiência operacional.

Como fazer um Timesheet?

Viu como o Timesheet pode ser uma ferramenta eficaz no gerenciamento de tempo em projetos e tarefas? Caso você queira iniciar o uso dessa ferramenta nos seus projetos a partir de agora, iremos passar um tutorial básico de uma planilha de Timesheet.

Mas lembre-se, é apenas um modelo básico, você deve adaptá-lo às necessidades das suas empresas e/ou projetos.

O ideal é ter pleno conhecimento das necessidades que o projeto demanda, saber criar indicadores no qual o tempo é um fator importante e se realmente é necessário o controle do tempo nessas atividades.

Sem mais delongas, confira como fazer um Timesheet básico:

Passo 1: Escolha a Ferramenta

Existem várias ferramentas disponíveis para criar Timesheets, desde aplicativos de software dedicados até planilhas de Excel. 

Você pode escolher a que melhor atenda às suas necessidades. Neste tutorial, usaremos o Microsoft Excel como exemplo.

Passo 2: Crie o Modelo de Timesheet

A primeira coisa a fazer é criar um modelo de Timesheet que inclua todas as informações necessárias. 

Abra o Microsoft Excel (ou sua ferramenta escolhida) e siga estas etapas:

Na primeira linha da planilha, insira os seguintes cabeçalhos de coluna:

  1. Data
  2. Tarefa/Projeto
  3. Início (hora)
  4. Fim (hora)
  5. Total de Horas
  6. Comentários (opcional)

Formate a planilha conforme desejar, ajustando o tamanho das colunas e adicionando cores ou estilos para facilitar a leitura.

Passo 3: Preencha o Timesheet

Agora, você está pronto para começar a preencher o Timesheet com as informações do seu dia de trabalho:

Na coluna "Data", insira a data do dia em que está registrando o tempo.

Na coluna "Tarefa/Projeto", descreva a tarefa ou projeto que você está registrando. Por exemplo, "Reunião com cliente", "Desenvolvimento de software", etc.

Na coluna "Início (hora)", registre a hora de início da tarefa. Use o formato de 24 horas, por exemplo, "09:00" para 9 da manhã.

Na coluna "Fim (hora)", registre a hora de término da tarefa da mesma forma.

A coluna "Total de Horas" pode ser uma fórmula que calcula automaticamente o tempo gasto em cada tarefa. Você pode usar a seguinte fórmula na célula correspondente:

=([Fim (hora)] - [Início (hora)])*24

Essa fórmula subtrai a hora de início da hora de término e multiplica por 24 para obter o total de horas trabalhadas.

Na coluna "Comentários", você pode adicionar detalhes adicionais sobre a tarefa, se necessário.

Passo 4: Calcule o Total Semanal/Mensal

Para calcular o total de horas trabalhadas em uma semana ou mês, você pode usar fórmulas:

Para calcular o total semanal, some os valores da coluna "Total de Horas" para cada dia da semana.

Para calcular o total mensal, some os valores da coluna "Total de Horas" para cada dia do mês.

Passo 5: Faça uma Revisão

Certifique-se de revisar seu Timesheet regularmente para garantir que todas as informações estejam corretas e completas. Isso é essencial para garantir a precisão do seu registro de horas.

Passo 6: Armazene e Arquive

Mantenha seus Timesheets organizados e armazenados em um local seguro. Você pode arquivá-los em formato digital ou em papel, dependendo das políticas da sua empresa.

A precisão e a consistência são essenciais ao criar e manter um Timesheet. Isso ajuda a acompanhar seu tempo de trabalho e pode ser útil para relatórios de projetos, folhas de pagamento e análises de produtividade.

O Timesheet é uma ferramenta simples, mas incrivelmente eficaz, para melhorar a produtividade, gerenciar projetos com eficiência e avaliar o desempenho da equipe. 

Ao adotar o uso de Timesheets, as empresas podem tomar decisões mais informadas, melhorar a alocação de recursos e garantir que o tempo seja usado da maneira mais eficiente possível. 

Portanto, não subestime o poder do Timesheet - pode ser a chave para desbloquear o máximo potencial de sua equipe e de sua empresa. Comece a usar um Timesheet hoje e colha os benefícios de uma gestão do tempo mais eficaz.

Leia Mais:

Alexandre Queiroz

Alexandre Queiroz

Alexandre Mazzini, aluno da UNICAMP em Tec. Controle Ambiental. Especialização em Mídias Sociais e SEO, atua no setor de marketing da FM2S como redator para conteúdo web e analista SEO para blogs.