O que é e como funciona um algoritmo na internet?

Algoritmo
05 de março de 2021
Última modificação: 16 de julho de 2021

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Análise de dados, Blog

Você sabe o que é um algoritmo?

Hoje em dia, com o objetivo de entender o comportamento humano na internet, os algoritmos tornaram-se coadjuvantes da evolução tecnológica, contribuindo com estratégias digitais de grandes organizações. Também interpretados como uma gama de códigos, em resumo, os algoritmos nada mais são do que um complexo de instruções que são seguidas, passo a passo, para fazer algo útil ou resolver um problema. Eles relacionam-se tanto à receita de um bolo, quanto à estratégia digital de uma empresa. Neste artigo você vai entender o que é um algoritmo, como ele funciona, além de seus benefícios e principais utilidades.

A definição do que é um algoritmo varia de acordo com o campo de atuação. Por exemplo, definir o que é um algoritmo na matemática é diferente de sua definição quanto à programação ou mesmo na internet em uma rede social. Porém, existe uma interface nessa definição que engloba todas as áreas de aplicação e é exatamente desta definição que vamos tratar agora.

O que é algoritmo?

Algoritmos consistem em uma série de instruções, raciocínios ou operações que visam um objetivo, em geral a solução de um problema. Para isso essa série de instruções deve ser finita e operada de maneira sistemática. Está relacionado à conceitos como: internet das coisas (IoT), inteligência artificial, aprendizado de máquina, redes sociais e ao comportamento dos consumidores.

Já sei o que você deve estar pensando: “Não entendi nada!” Mas acalme-se e vamos a um exemplo para deixar tudo mais claro.

Uma receita de bolo, nada mais é do que um algoritmo. Ela descreve os ingredientes (entradas), uma sequência de instruções/operações (processamento) que tem como foco um objetivo, neste caso é confeccionar um bolo (saída).

O que é algoritmo?

Figura I. O que é algoritmo?

Quais são as estruturas de um Algoritmo?

A criação de um algoritmo em geral é fundamentada no resultado que se deseja alcançar, ou seja, seu desenvolvimento baseia-se em um objetivo. Assim, a sequência de operações de um algoritmo torna-se mais complexa a medida em que a variedade de cenários que ele está programado para captar aumenta. Para isso ele utiliza de uma estrutura, que nada mais são do que seus componentes:

  • Variáveis: são elementos básicos da programação responsáveis por armazenar informações. Porém esses elementos possuem tipos diferentes que, muitas vezes, são especificados pelo programador a depender do tipo de informação que será armazenada;
  • Comandos de repetição: nada mais são do que operadores lógicos que determina como as entradas (inputs) serão reconhecidas e processadas e o que fazer caso elas mudem, transformando-as no resultado esperado.

Quando um programa no seu computador trava, por exemplo, significa que ele não está programado para processar um determinado cenário, ou seja, uma determinada informação.

Quais são as características de um Algoritmo?

Algoritmos seguem uma lógica sistemática. Por exemplo, voltando ao bolo, se você não adicionar os ovos (de acordo com a receita) ao final, você não terá um resultado esperado.

E com os códigos funciona de maneira idêntica, ou seja, ele lê linha por linha, elemento por elemento até que a sequência lógica atinja um objetivo final. Porém, nem todas as instruções escritas para a programação resultam em um algoritmo. Para que algumas instruções classifiquem-se em um algoritmo, devem constar as seguintes características:

  • Claro e inequívoco: Seu passo a passo deve ser transparente em todos os pontos e deve direcionar a apenas uma única interpretação
  • Entradas bem definidas: Todos os parâmetros de entrada, isto é, os dados devem ser bem definidos para que objetivo cumprido.
  • Saídas bem definidas: Da mesma forma que para as entradas, o algoritmo deve definir claramente qual a saída será produzida.
  • Finite-ness: Como já descrito anteriormente o algoritmo deve ser finito, ou seja, não deve entrar em uma sequência de operações permanentes, também chamados de loops infinitos.
  • Viável/Executável: A viabilidade de um algoritmo diz respeito a ele ser simples, genérico e prático, de modo que ele possa ser executado conforme os recursos.
  • Independente à linguagem: Levando em conta que um algoritmo é uma sequência de instruções e operações, ele deve segui-las de modo que possa ser implementada em qualquer linguagem, e mesmo assim a saída será igual, de acordo com os resultados esperados.

Algoritmos estão por trás de programas como o o Excel e Power BI. Que tal aprender a se desenvolver nestas áreas? Acesse a Plataforma EAD FM2S e confira o curso de Power BI FM2S. Deixamos abaixo uma vídeo aula com o conteúdo do curso para você conferir!

Quais são os principais benefícios?

Uma vez compreendidos os conceitos gerais relacionados aos algoritmos, é importante agora entender os benefícios de sua aplicação. Vamos conferir?

Filtragem personalizada de informações (o que será exibido para cada usuário?)

Existem muitas polêmicas no que tange os filtros impostos por algoritmos, como acontece por exemplo no Facebook. O algoritmo do Facebook determina o que aparecerá no feed de notícias de cada usuário. Essa determinação envolve fatores como comportamentos, preferências, histórico, pesquisas etc.

Assim, não apenas assuntos que estão em alta no momento tendem a aparecer mais, bem como assuntos relacionados às suas preferências e ao que você busca. Logo, uma das funções relacionadas ao algoritmo conste em realizar uma filtragem de informações que lhe serão exibidas conforme o seu comportamento nas redes.

Automação

Com a chegada da indústria 4.0, cada vez mais o Machine learning (aprendizado de máquina) vem ganhando espaço. Taxis que não precisam de motoristas e supermercados que substituíram a função do operador de caixa pelo autoatendimento são bons exemplos disso.

Isso tudo só é possível devido à criação dos algoritmos que interpretam as entradas de dados, como por exemplo no caso de um taxi, um endereço. A partir disso eles processam os dados (calculando a rota que será seguida até a chegada) e, por fim, chega a um resultado esperado, ou seja, o transporte do cliente até seu local de destino.

Desenvolvimento Tecnológico

Boa parte do desenvolvimento tecnológico dos últimos tempo é responsabilidade dos algoritmos. A maioria dos aparelhos e dispositivos que usamos no dia a dia, tais como notebooks e smartphones funcionam através de um sistema algorítmico.

Assim, conforme o avanço das tecnologias aprimora-se, cada vez mais, os níveis de automatização e a complexidade desses sistemas.

Como os algoritmos são usados?

O uso online dos algoritmos, como já citado anteriormente, pode seguir diversas segmentações. As mais conhecidas são os meios de publicidade, vendas, e-mails, relacionamentos, compras, logística etc.

Assim, trouxemos aqui exemplos práticos do uso de algoritmos na internet e em outras situações do cotidiano. Vamos conferir?

Google

Possivelmente o algoritmo do Google classifica-se entre os mais conhecidos do mundo. O famoso Page Rank tem o objetivo de rastrear e demonstrar os resultados de pesquisas por rodem de relevância. Para isso, mediante uma série de fatores como autoridades de página e domínio, número de acessos, qualidade do conteúdo, frequência de postagem, impressões, cliques e muitos outros, uma página recebe sua classificação em ordem de busca.

Atualmente, devido a uma série de indivíduos que burlaram esse algoritmo para ganhar mais acessos, o Google passou a compor em seu algoritmo uma série de cenários que inclui centenas de variáveis para evitar essas trapaças.

Instargam

O algoritmo do Instagram 2020 foi outro alvo de polêmicas. Saber quais eram os requisitos para que sua conta fosse organicamente divulgada rendeu e rende muito conteúdo até os dias de hoje.

Fatores como o engajamento, a temporalidade e o relacionamento com os usuários passaram a ganhar destaque, pois são estes que fazem a diferença no impulsionamento dos perfis, tornando ainda mais complexo o algoritmo desta rede social.

Logística

A transformação da logística por meio de algoritmos influencia diretamente atividades mais complexas, como cálculo de rotas e gestão de estoques, além de  proporcionar maior precisão e clareza nos dados. Entre os pontos da logística que se desenvolveram em função dos algoritmos, destacam-se:

No curso de Lean Logistics FM2S, você aprende os processos de logística, melhorando-os com o objetivo de reduzir o tempo e os processos de agregação de valor, além de todos os conceitos desta área que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Aproveite a oportunidade e não deixe de conferir. Comece baixando gratuitamente a apostila do curso!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *