Previsão de Demanda: O que é? Qual é a sua importância?

20 de janeiro de 2020
Última modificação: 20 de janeiro de 2020

Autor: Paula Louzada
Categorias: Blog

O que é Previsão de Demanda?

A Previsão de Demanda é, basicamente, o processo de previsão da demanda do produto de uma empresa. Em outras palavras, a Previsão de Demanda é composta por uma série de etapas que envolvem a antecipação da demanda por um produto no futuro, as quais são influenciadas por fatores controláveis ​​e não controláveis.

Como se sabe, o mundo dos negócios é caracterizado por risco e incerteza e inevitavelmente a maioria das decisões de negócios é tomada nesse cenário. Uma organização constantemente se depara com vários riscos, internos ou externos às operações comerciais, como tecnologia, atrito, inquietação, queixas de funcionários, recessão, inflação, modificações nas leis governamentais, etc.

Por isso, prever a demanda futura de um produto ajuda a organização a tomar decisões mais acertadas. A Previsão de Demanda impacta várias áreas de uma empresa, como as seguintes:

  • Planejar e programar a produção para adquirir os insumos de acordo.
  • Fazer provisões adequadas para finanças.
  • Formular uma estratégia de preços.
  • Planejar a propaganda e implementá-la.

A Previsão de Demanda na prática

A previsão da demanda tem importância especial nos negócios que envolvem produção em larga escala. Como esta requer um longo período de gestação, é essencial que uma boa parte do planejamento futuro seja feita. Além disso, a demanda futura potencial deve ser estimada para evitar as condições de superprodução e subprodução. Muitas vezes, as empresas se deparam com as seguintes perguntas: Qual será a demanda futura de nossos produtos? Quais são os insumos (mão-de-obra e matéria-prima) necessários e em que quantidade?

É válido ressaltar, aliás, que o objetivo da previsão de demanda é atingido apenas quando a previsão é feita sistemática e cientificamente. Assim, deve-se seguir as seguintes etapas na previsão de demanda para facilitar uma estimativa sistemática da demanda futura por produto:

  • Especificar o objetivo;
  • Determinar a perspectiva do tempo;
  • Escolher o método para realizar a Previsão da Demanda;
  • Coletar e ajustar os dados;
  • Realizar uma estimativa e interpretação dos resultados.

Assim, trata-se de um processo sistemático que assume maior importância nas empresas produtoras de larga escala. A previsão da demanda pode não ser um problema sério para as empresas de pequena escala que suprem uma pequena parcela da demanda total ou produzem o produto que atende à demanda curta ou à demanda sazonal. Isso porque essas empresas podem planejar sua produção com base nas habilidades de negócios e nas experiências passadas.

O Green Belt, em se tratando de experiências para lidar com desafios e habilidades para uma boa gestão, é uma certificação de muito destaque na carreira Lean Seis Sigma. Conheça o curso de Green Belt da FM2S e certifique-se!

Qual é a importância da Previsão de Demanda?

Essa importância se caracteriza por desempenhar um papel crucial no gerenciamento de todos os negócios: ajuda uma organização a reduzir os riscos envolvidos em atividades comerciais, assim como a tomar importantes decisões comerciais. Além disso, a previsão de demanda fornece uma perspectiva definida das decisões de investimento e da expansão de capital da organização.

A seguir, estão listados os principais pontos de importância da Previsão de Demanda:

Cumprir os objetivos:

Toda unidade de negócios começa com determinados objetivos pré-determinados. Assim, uma organização estima a demanda atual de seus produtos e serviços no mercado e, a partir disso, avança para atingir as metas estabelecidas.

Considere, por exemplo, que certa organização estabeleceu uma meta de vender 50.000 unidades de seus produtos. Nesse caso, a organização executaria a previsão de demanda para seus produtos. Se a demanda pelos produtos da organização for baixa, a organização adotará ações corretivas, para que seja possível alcançar o objetivo definido.

Preparar o orçamento:

Essa previsão desempenha um papel crucial na elaboração do orçamento, estimando custos e receitas esperadas. Por exemplo, uma organização previu que a demanda por seu produto, que custa R$10,00, seria de 100.000 unidades. Nesse caso, espera-se que a receita total seja 10 x 100.000 = R$1.000.000. Dessa maneira, permite-se que as organizações preparem seu orçamento.

Estabilizar o emprego e a produção:

Nessa linha, a previsão ajuda também a controlar as atividades de produção e recrutamento de uma organização. Produzir de acordo com a demanda prevista de produtos ajuda a evitar o desperdício de recursos de uma organização. Esse aspecto é ainda mais relevante ao se considerar que conduz a organização a contratar recursos humanos de acordo com os requisitos. Por exemplo, se uma organização espera um aumento na demanda por seus produtos, pode optar por mão de obra extra para atender ao aumento da demanda.

Favorecer organizações em expansão:

Esse ponto relaciona-se ao fato de que a previsão de demanda ajuda nas tomadas de decisão relacionadas à expansão de negócios. Se a demanda esperada por produtos cresce, a organização pode planejar expandir ainda mais. Por outro lado, se a demanda por produtos diminui, a organização pode passar a  reduzir o investimento nos negócios.

Tomar decisões de gerenciamento:

Ajuda a tomar decisões críticas, como decidir a capacidade da planta, determinar a necessidade de matéria-prima e garantir a disponibilidade de mão de obra e capital.

Avaliar o desempenho:

A previsão ajuda a fazer correções. Por exemplo, se a demanda por produtos de uma organização cair, ela poderá tomar ações corretivas e melhorar o nível de demanda, aprimorando a qualidade de seus produtos ou investindo mais em anúncios.

Ajudar o governo:

A previsão proporciona ao governo a possibilidade de coordenar as atividades de importação e exportação e planejar o comércio internacional.

Como fazer a Previsão de Demanda?

O principal desafio para prever a demanda é selecionar uma técnica eficaz. No entanto, não existe um método específico que permita às organizações antecipar riscos e incertezas no futuro. Geralmente, existem duas abordagens para a previsão de demanda.

A primeira abordagem envolve a previsão da demanda através coletando informações sobre o comportamento de compra dos consumidores de especialistas ou realizando pesquisas. Por outro lado, o segundo método se trata de prever a demanda usando os dados anteriores por meio de técnicas estatísticas.

Método de pesquisa:

O método de pesquisa é um dos métodos mais comuns e diretos de previsão da demanda no curto prazo. Esse método abrange os planos futuros de compra dos consumidores e suas intenções. Nesse método, uma organização realiza pesquisas com os consumidores para determinar a demanda por seus produtos e serviços existentes e antecipar a demanda futura de acordo.

Métodos estatísticos:

Os métodos estatísticos são um conjunto complexo de métodos de previsão de demanda. Esses métodos são usados para prever a demanda a longo prazo, além de possibilitar a previsão da demanda com base em dados históricos e dados transversais.

Os dados históricos se referem aos dados anteriores obtidos de várias fontes, como balanços dos anos anteriores e relatórios de pesquisas de mercado. Por outro lado, os dados transversais são coletados através da realização de entrevistas com indivíduos e da realização de pesquisas de mercado. Ao contrário dos métodos de pesquisa, os métodos estatísticos são econômicos e confiáveis, pois o elemento de subjetividade é mínimo nesses métodos.

Se interessou pelos benefícios da Previsão de Demanda? Aproveite e aprofunde seus conhecimentos na área!

Blogs relacionados:

1 – Previsão de Demanda: Demanda com Sazonalidade

2 – Previsão de Demanda: Demanda sem tendência

3- Previsão de Demanda: Modelo Causal

Conheça a Assinatura FM2S e alavanque sua carreira!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *