Seis Sigma garante uma vantagem competitiva no mercado de trabalho atual

seis sigma
12 de setembro de 2018
Última modificação: 12 de setembro de 2018

Autor: Virgilio F. M. dos Santos
Categorias: Seis Sigma

O Lean Seis Sigma é um dos principais programas de excelência de processos do mundo. Um grande número de profissionais se esforça para obter vantagem competitiva, buscando qualificações em Lean Seis Sigma. Isso permite que os profissionais sejam peritos ​​em conceitos, técnicas, ferramentas e métodos de ponta dentro das metodologias Lean Seis Sigma, que os ajudam a desempenhar um papel importante nas contribuições de organizações comerciais e industriais em todo o mundo.

A excelência do processo vem no domínio do Lean e do Seis Sigma e trata da eficiência e eficácia do processo e envolve a criação e melhoria de processos para aumentar a consistência na entrega com a menor variação e mínimo desperdício. O sucesso ou o fracasso de uma organização é amplamente determinado pela eficácia dos processos que formam a base fundamental de quase todos os negócios. A chave para manter relacionamentos lucrativos é a capacidade das organizações de orientar diretamente recursos internos e clientes por meio de vendas, faturamento, integração, suporte e vários outros processos críticos de negócios.

Para que uma empresa atinja realmente a excelência do processo, ela precisa ter um entendimento claro do tipo de programa de melhoria a ser seguido, definir claramente as metas do programa e encontrar a maneira mais eficaz de integrar uma miríade de tecnologia a esses esforços.

Dica: Seja capaz de gerar resultados e ser reconhecido na empresa em que trabalha! Otimize os processos, reduza as variações e tempo de ciclo e remoção de trabalho e ofereça melhorias significativas na sua empresa. Baixe aqui nossa Apostila Gratuita de Green Belt.

lean seis sigma

                                                   Apostila de Green Belt

Como você pode usar o Lean Seis Sigma para excelência de processos?

Para as empresas de negócios derivarem valor das iniciativas de melhoria, elas precisam mudar seu foco principal dos métodos e ferramentas básicos. O Lean desempenha um papel importante no fornecimento de ferramentas poderosas que identificam e eliminam o desperdício dos processos, reduzindo assim os tempos de ciclo. O Seis Sigma, por outro lado, é um conjunto de estratégias e ferramentas que ajudam a limitar defeitos e inconsistências nos processos de negócios com o objetivo final de melhoria de processos. Várias organizações adotaram técnicas Lean e Seis Sigma, mas apenas uma pequena porcentagem das iniciativas está atingindo todo o seu potencial. Existem três doutrinas centrais para promover a transformação dos negócios:

  1. Líderes Lean como modelos para capacitar verdadeiramente a força de trabalho;
  2. Alinhando iniciativas à principal estratégia de negócios para garantir melhorias;
  3. Criar metas voltadas para a competitividade no nível de serviço e não apenas para redução de custos.

Líderes devem trazer mudança!

O modelo Lean Leadership expressa principalmente como a implantação do Lean evoluiu na maioria das organizações. O líder Lean por excelência é aquele que cria uma cultura de aprendizagem inteiramente baseada na criação de valor para o cliente com o menor custo possível. O líder pode trabalhar de forma funcional e colaborativa no fluxo de valor completo da organização e reconhecer que é o momento certo para projetar um sistema que efetivamente aproveite as pessoas, maximize o valor do cliente e elimine o desperdício.

Os líderes devem estar sempre abertos a mudanças e aprendizados e influenciar aqueles que os rodeiam criando um ambiente de aprendizado. Essa é a principal razão pela qual o uso isolado das ferramentas Lean e Seis Sigma não proporciona uma transformação operacional de longo prazo. Essas ferramentas devem ser usadas como parte de uma metodologia mais ampla para impulsionar a melhoria contínua.

Fortes resultados podem ser alcançados através da implementação de ferramentas, padrões e auditorias rigorosos, mas a longo prazo, as melhorias e os resultados apenas abrandam. Portanto, uma abordagem diferente deve ser adotada pela liderança e o foco principal deve ser o fortalecimento dos comportamentos do Lean através do treinamento no trabalho. A principal prioridade deve ser o apoio a equipes de melhoria contínua e treinamento, que, se feitas com eficácia, podem ser realmente transformadoras.

Quebrando Silos Organizacionais:

Trabalhar em silos especializados e desatualizados é um dos maiores obstáculos para alcançar a excelência do processo. Empresas de software testemunham um excesso de silos funcionais. Isso inclui experiência em linguagem de programação, trabalho de desenvolvimento e vários outros silos que promovem a especialização em seu próprio nicho. Apesar de todo esse conhecimento de domínio especializado, o software resultante raramente resolve os problemas dos usuários corporativos. De acordo com uma pesquisa, cerca de 68% dos projetos de software não oferecem benefícios antecipados para os negócios e a principal razão por trás disso são os silos organizacionais.

Líderes seniores em uma equipe são frequentemente considerados como um grupo único de indivíduos de alto desempenho e sua principal área de interesse é o desempenho financeiro, que na realidade é imaterial quando se trata de operações do dia a dia. O principal objetivo deve ser a transformação dos negócios. O objetivo deve ser trazer melhorias de desempenho no fluxo de valor e criar um local de trabalho recompensador para os funcionários. O resultado será que o desempenho da organização melhorará, criando uma plataforma para melhoria contínua. As atividades de melhoria podem estar diretamente relacionadas aos resultados de negócios, integrando diretamente a governança de transformação de negócios com o sistema de gerenciamento de desempenho de negócios. As metas de negócios podem ser atingidas com sucesso se as equipes trabalharem em conjunto para reduzir os riscos e implementar com êxito as iniciativas de melhoria.

Para que as etapas acima mencionadas funcionem de forma eficaz, os líderes devem estar abertos para mudar e aprender e criar um ambiente de aprendizado para todos os outros funcionários ao seu redor. Se vários níveis da organização não estiverem igualmente envolvidos, a transformação dos negócios não poderá ser bem-sucedida.

Quais organizações podem fornecer melhor as mudanças?

Organizações bem-sucedidas na entrega de mudanças geralmente são aquelas que praticam consistência em sua abordagem e têm fortes valores quando se trata de implementar mudanças, principalmente com foco em impactos de longo prazo. Os comportamentos de liderança devem ser consistentes desde os executivos até os gerentes e os líderes de equipe, e os comportamentos devem apoiar os valores da organização e ser específicos do funcionamento da organização. Se uma organização espera criar uma cultura de trabalho consistente e de alto desempenho para proporcionar um desempenho inovador, ela não deve ter vários padrões de comportamento de liderança.

Leia também:

 

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 16 =