Qual a importância de se fazer um projeto?

importância de projetos
14 de julho de 2020
Última modificação: 14 de julho de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Gestão de Projetos

Projetos são utilizados em diversos âmbitos, sejam eles nas universidades, nas indústrias, na construção civil ou até mesmo em nossa vida. Mas você já se perguntou: qual a importância de se fazer um projeto? Uma pergunta ao mesmo tempo que óbvia, difícil de ser respondida. Pois bem, viemos neste artigo discutir a importância de se fazer um projeto, independente do âmbito onde este projeto será aplicado.

É importante, antes de mais nada, ter em mente a definição de projeto.

O que é um projeto?

Um projeto é um conjunto de atividades temporárias e inter-relacionadas que tem como objetivo produzir um resultado único. Além disso, um projeto deve ser realizado dentro de um período finito de tempo e obedecer a outras diversas restrições.

Confira em detalhes: O que é um projeto? Conceito e Definições

Esta é uma definição bastante genérica de projeto e pode ser aplicada em diversas situações. Pensando justamente nesta definição genérica, vamos agora pontuar a importância de se fazer um projeto.

1- Devido as suas características

As características de um projeto são responsáveis por conferir originalidade ao mesmo. São justamente as características que darão identidade a um projeto e através desta identidade que é gerado o interesse dos pelo mesmo.

Metodologias de gestão de projetos como PMBOK, Agile e o próprio SCRUM discorrem que todos os projetos diferem, porém existem também pontos em comum entre eles:

  • Mudança: projetos são uma maneira de introduzir mudanças. Exemplo: uma nova cadeia logística muda a velocidade com que o produto chega à mão do cliente.
  • Temporário: nos projetos sempre há um início e um fim e ele se encerram assim que os produtos obrigatórios forem criados. Sua manutenção contínua que ocorre após o projeto e não é considerada parte do mesmo.
  • Interfuncional: um projeto envolve pessoas de diferentes departamentos de negócios e antiguidade que trabalham juntos pelo período do projeto. Por exemplo no caso do projeto de um novo carro envolve as áreas de design, engenharia, marketing, comercial, financeiro e muitas outras.
  • Único: todo projeto é único por si só. Como o projeto do carro que citamos acima, o carro terá seu próprio design e suas próprias características.
  • Incerto: como existem partes do projeto são únicas isso gera incerteza. O gerente de projeto não tem 100% de certeza de como isso vai funcionar.

Abaixo você confere uma vídeo aula do nosso curso de Gestão de Projetos – PMBoK.

2- Garantia de sucesso

Projetos são pensados nas suas mais diversas formas. De início é feito toda uma análise que envolve custos, viabilidade, materiais (para o caso de projetos físicos), mão-de-obra, prazos, vendas, resultados estimados e muitas outras. Isso garante que o “protótipo” tenha maiores chances de sucesso.

3- Minimização de Riscos

Outra tarefa associada com a importância de se fazer um projeto dizem respeito aos riscos. Os projetos sempre estão expostos a riscos, porém para reduzir todos os possíveis prejuízos, uma boa gestão se faz intrínseca a um bom projeto. Os gestores de projetos são os responsáveis por fazer a identificação e minimização dos riscos.

Uma das mais importantes premissas que os gestores devem ter é que quanto maior a quantidade de informações sobre o projeto, mais fácil será antecipar as soluções preventivas e corretivas para que esses riscos não se transformem em problemas reais.

4- Executado por uma equipe de projeto

Quando um projeto é executado, na grande maioria das vezes ele não é feito sozinho e sim por uma equipe. A equipe irá contribuir como mão-de-obra ajudando a cumprir muitos dos requisitos deste projeto como recursos disponíveis, análises de viabilidade, prototipagem e o prazo que eles têm para a entrega das atividades.

É importante salientar que a equipe de projeto é a verdadeira responsável por colocar o projeto em prática e são eles que entendem a lógica de cada um dos processos até a conclusão.

As responsabilidades são definidas logo no início do planejamento do projeto, desta forma fica mais fácil eliminar as possibilidades de fracasso.

5- Atende aos requisitos dos clientes

A realização de um projeto envolve diversas competências, inclusive aquelas que são o motivo pelo qual o produto ou serviço foi criado. Além desta “funcionalidade principal” os projetos geralmente atendem a requisitos como design, praticidade, resistência e muitas outras.

Esse conjunto de requisitos somente torna-se possível quando há um projeto. Como dito no tópico anterior os projetos são executados por uma equipe. Esta equipe possui profissionais de diversas áreas para que seja possível atender a requisitos que estão fora da funcionalidade principal do projeto e que agregam valor ao produto, conquistando ainda mais os clientes.

6- Envolve estratégias empresariais

Projetos estão diretamente ligados às estratégias empresariais.

Quando temos projetos ligados a empresas e estes conseguem atender às necessidades dos clientes há um aumento de visibilidade desta empresa no mercado, o que pode fazer com que os clientes fiquem mais propensos a comprar produtos ou serviços de empresas mais famosas.

É importante lembrar que os projetos não são utilizados apenas como o desenvolvimento de uma solução particular, eles também contribuem para a imagem das empresas, tanto positivamente, quanto negativamente.

7- Soluções de qualidade

Não basta simplesmente dar uma solução a um problema, um projeto confere qualidade àquela solução. Isso porque ele é pensado e projetado para tal. Produtos com mais de uma função, são exemplos disso. Eles se preocupam em resolver o “problema principal” fornecendo ainda outras utilidades.

Confira também:

8- Orçamento

O orçamento é outro requisito que ressalta a importância de se fazer um projeto. Toda estratégia desenvolvida pela equipe de projeto deve incluir os custos do projeto, afinal este certamente será um fator de decisão na hora de um cliente fazer a compra. Desta forma, é também desenvolvida uma estratégia de custos. Um exemplo de estratégia de custos é definir a persona (público alvo do seu produto/serviço).

Na assinatura FM2S você consegue dar uma turbinada na sua carreira. Por um valor mensal você tem acesso a todos os cursos da nossa plataforma, assim você pode escolher o curso que melhor se adequa ao seu momento de carreira.

Assinatura FM2S

Temos cursos nas áreas de gestão de projetos, seis sigma, lean manufacturing, visualização de dados, excelência operacional, carreira e liderança e muito mais. Não deixe de conferir!

Confira também os nossos cursos gratuitos.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *