LinkedIn: Entenda como usar essa rede social, principais recursos e dicas

linkedin
06 de janeiro de 2021
Última modificação: 06 de janeiro de 2021

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Carreira

Diferente da maior parte das redes sociais, o LinkedIn é a maior rede social, projetada para  a procura de empregos, além de ajudar as pessoas a fazer conexões profissionais, compartilhar suas experiências e currículos.

Com mais de 500 milhões de usuários em 200 países, apesar do foco profissional, o LinkedIn é bastante semelhante a sites de redes sociais como o Facebook ou Instagram. Dessa maneira, ele é baseado em conexões entre amigos, post de atualizações, compartilhamento e reações a conteúdos, além do envio de mensagens instantâneas para outros usuários. Neste artigo você confere o que é o LinkedIn além de suas principais funcionalidades.

Confira também:

O que é o LinkedIn?

Em primeiro lugar, quer você seja um executivo em uma grande empresa, um empresário que administra uma pequena loja local ou até mesmo um estudante universitário do primeiro ano em busca do primeiro emprego, o LinkedIn é para qualquer pessoa interessada em levar sua vida profissional mais a sério. A maior rede profissional do mundo  ajuda quem está procurando novas oportunidades para crescer em suas carreiras e se conectar com outros profissionais.

Você pode pensar no LinkedIn como o equivalente em alta tecnologia de ir a um evento de networking tradicional, onde você vai a fim de conhecer outros profissionais pessoalmente, falar um pouco sobre o que você faz e trocar cartões de visita. Logo, é como um grande evento de rede virtual.

Nesta rede social, você se relaciona com as pessoas adicionando-as como “conexões”, da mesma forma que faria uma solicitação de amizade no Facebook. Você conversa por mensagem privada (ou informações de contato disponíveis) e tem toda a sua experiência profissional e realizações dispostas em um perfil organizado para mostrar aos outros usuários.

O LinkedIn é semelhante ao Facebook em termos de layout e tem ampla oferta de recursos. No entanto, esses recursos são mais especializados porque atendem a profissionais, mas em geral, se você sabe como usar o Facebook ou qualquer outra rede social semelhante, vai se dar bem usando o LinkedIn.

Pra que serve o Linkedin?

Profissionais ou estudantes buscando estágios, um novo emprego ou mesmo recolocar-se no mercado de trabalho, o Linkedin é uma ótima plataforma para encontrar vagas. Empresas e recrutadores estão em constante contato com a plataforma, divulgando detalhes e requisitos das vagas na rede social.

Por outro lado, caso você esteja investindo em Marketing Digital, o Linkedin se mostra uma grande opção, ainda mais para empresas que divulgam cursos profissionalizantes. Você consegue também divulgar materiais, fazer posts, stories, anúncios e muito mais. Entre as principais funcionalidades dessa rede social profissional estão:

1. Ferramenta de recrutamentos: particularmente aos candidatos que estão buscando por empregos, a ferramenta é bastante útil fornecendo informações sobre as empresas como valores, missão, funcionários e depoimentos de trabalhadores. Uma boa forma de encontrar empregos é colocando a opção ” open to work linkedin”. Nada mais é do que um selo para você divulgar aos visitantes do seu perfil que está em busca de emprego.

2. Feed de publicações: você consegue, através do seu feed, compartilhar o seu dia a dia de trabalho, projetos e entregas, funcionando como um portfólio.

3. Conexões: através do Linkedin é possível estabelecer uma rede de amigos e, a partir disso criar parcerias. Assim, o linkedin funciona como uma forma de parceiros manterem contato.

4. Atração de Leads: funciona também como uma ferramenta de vendas, atraindo através dos conteúdos postados no feed clientes potenciais (Leads). Assim o Linkedin se faz uma ótima ferramenta de marketing e vendas.

Principais recursos

Aqui estão alguns dos recursos básicos que esta rede de contatos oferece e como eles foram projetados para serem usados ​​por profissionais.

Linkedin

Figura I. Barra superior do perfil profissional no LinkedIn

Página Inicial (Início)

Primeiramente, depois de fazer login no LinkedIn, o feed da página inicial é seu primeiro contato com a plataforma. Ele nada mais é do que o seu feed de notícias, mostrando postagens recentes de suas conexões com outros profissionais e páginas da empresa que você está seguindo.

Perfil

Em segundo lugar vem o seu perfil. Ele é aberto quando você clica na sua foto. Ele mostra seu nome, sua foto, sua localização, sua profissão, entre outras informações. Em seguida, você tem a capacidade de personalizar várias seções diferentes, como um breve resumo, experiência de trabalho, educação e outras seções da mesma forma como você pode criar um currículo ou currículo tradicional.

Em suma, seu perfil torna-se um currículo completo, com experiência profissional, realizações, recomendações e referências de colegas.

Minha rede

EM seguida, você encontrará uma lista de todos os profissionais com os quais você está conectado no LinkedIn. Se você passar o mouse sobre esta opção no menu superior, também poderá ver uma série de outras opções que permitirão adicionar contatos, encontrar pessoas que você conhece e encontrar ex-alunos.

Vagas

Todos os tipos de listas de empregos são postados no LinkedIn todos os dias pelos empregadores. O LinkedIn recomendará empregos específicos para você com base em suas informações atuais, incluindo sua localização e preferências de empregos opcionais. Esta preferências você pode preencher para obter listas de empregos mais personalizadas.

Interesses

Além de suas conexões com profissionais, você também pode seguir alguns interesses no LinkedIn. Isto é, páginas de empresas, grupos de acordo com a localização ou interesse, a plataforma SlideShare do LinkedIn para publicação de apresentações de slides e a plataforma Lynda do LinkedIn para fins educacionais.

Barra de pesquisa

O LinkedIn possui um poderoso recurso de pesquisa que permite filtrar seus resultados de acordo com vários campos personalizáveis ​​diferentes. Clique em “Avançado” ao lado da barra de pesquisa a fim de encontrar profissionais, empresas, empregos específicos e muito mais.

Mensagens

Quando você quiser iniciar uma conversa com outro profissional, pode fazê-lo enviando uma mensagem privada através do LinkedIn. Você também pode adicionar anexos, incluir fotos e muito mais.

Notificações

Como outras redes sociais, o LinkedIn tem um recurso de notificação. Ele permite que você saiba quando você foi endossado por alguém, convidado para participar de algo ou bem-vindo para verificar uma postagem que pode ser do seu interesse.

Convites pendentes

Por fim, vem a seção de convites pendentes quando outros profissionais o convidarem para se conectar com eles no LinkedIn, você receberá um convite que deverá aprovar.

Esses são os principais recursos que você notará pela primeira vez quando entrar no LinkedIn e se inscrever para uma conta Básica. Mas você pode mergulhar mais fundo em alguns dos detalhes e opções mais especializados explorando a plataforma você mesmo.

Você pode até usar os serviços empresariais do LinkedIn e/ou atualizações de conta Premium, pois permitem aos usuários postar empregos, tirar proveito de soluções de talento, anunciar na plataforma e expandir sua estratégia de vendas para incluir vendas sociais no LinkedIn .

Como usar o LinkedIn?

Agora você sabe o que o LinkedIn oferece e que tipo de pessoa normalmente o usa, mas isso provavelmente não dá nenhuma ideia específica de como começar a usá-lo sozinho. Na verdade, muitos usuários criam uma conta e a abandonam porque não têm ideia de como deveriam estar usando essa ferramenta.

Aqui estão algumas dicas para iniciantes:

  • Volte a ter contato com antigos colegas. Você pode usar a seção “Minha rede” para encontrar antigos colegas, professores, pessoas com quem você estudou e qualquer outra pessoa que você considere valer a pena ter em sua rede profissional. Para tal, basta inserir ou conectar seu e-mail para sincronizar seus contatos com o LinkedIn;
  • Use seu perfil como seu currículo. Seu perfil do LinkedIn basicamente representa um currículo mais completo (e interativo). Assim, você pode incluí-lo como um link em um e-mail ou carta de apresentação quando se candidatar a empregos. Alguns sites que permitem que você se candidate a empregos permitem até que você se conecte ao seu perfil do LinkedIn a fim de importar todas as suas informações. Se você precisa construir um currículo fora do LinkedIn, existem aplicativos para isso.
  • Encontre e candidate-se a empregos. Lembre-se de que essa rede é uma das melhores para procurar anúncios de emprego online. Você sempre receberá recomendações do LinkedIn sobre vagas nas quais pode estar interessado, mas também pode usar a barra de pesquisa para procurar vagas específicas.
  • Encontre e conecte-se com novos profissionais. É ótimo voltar a entrar em contato com antigos colegas e conectar-se com todos em seu local de trabalho atual que também podem estar no LinkedIn. Mas o que é ainda melhor é que você tem a oportunidade de descobrir novos profissionais, local ou internacionalmente, que podem ajudar com seus esforços profissionais.
  • Participe de grupos relevantes. Uma ótima maneira de conhecer novos profissionais para se conectar é ingressar em grupos com base em seus interesses ou profissão atual e começar a participar. Outros membros do grupo podem gostar do que veem e desejam se conectar com você.

Linkedin Premium vale a pena?

A assinatura da plataforma, também conhecida como Linkedin Premium, oferece benefícios que te colocam à frente de outros candidatos. Com pacotes a partir de R$ 49,90/mês você confere à sua conta maior destaque nas candidaturas, mensagens para pessoas que não fazem parte das suas conexões, estatísticas sobre negócios, cursos, e muito mais. A assinatura pode alavancar seu perfil, fazendo com que apareça como sugestão para alguns recrutadores. Existem também planos que contemplam empresas e profissionais de Recursos Humanos.

Faltou alguma coisa? Então conta aí pra gente nos comentários!

Aproveite para conhecer as certificações Green e Black Belt na Assinatura FM2S! Se você não sabe por onde começar, experimente nosso curso gratuito White Belt.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *