Linguagem de programação: quais são as principais?

Linguagem de programação quais são as principais
25 de maio de 2022
Última modificação: 25 de maio de 2022

Autor: Augusto Fontoura
Categorias: Dimensionamento de Processos e Operações

Dentro do campo da tecnologia, entender e dominar a linguagem de programação é uma das competências mais requeridas pelos profissionais. 

Ainda para aqueles que atuam fora do segmento, esse conhecimento é visto como um diferencial devido aos avanços de equipamentos tecnológicos e da digitalização nas empresas. 

Aliás, noções de programação ajudam as pessoas a inovarem e compreenderem melhor as novidades em tecnologia.

Linguagens de programação: O que é?

Com certeza você já deve ter visto alguém que trabalha com tecnologia, observando para um monitor, com diversos códigos que aparentam não fazer sentido! Bom, isso é chamado de linguagem de programação. 

Esta expressão refere-se a um grupo de instruções e regras, que os programadores constroem para criar softwares e programas, que vão ser gerados por um computador, celular ou outros equipamentos. 

Essa língua, quando estruturada, gera os códigos fonte de um software, informando a um dispositivo quais operações ela pode tomar, por exemplo. 

O uso da linguagem de programação popularizou-se por causa da geração de maior produtividade para o programador, com relação a utilização do código das máquinas, que são as orientações que os computadores compreendem de fábrica. 

Assim, os dispositivos possuem mais facilidade de entender o que deverá ser realizado e também de tornar-se menos dependente de áreas computacionais específicas. A linguagem de programação é constituída por palavras-chave, símbolos e normas sintáticas e semânticas, sendo considerada por níveis.

Quais são os tipos de linguagem de programação?

Uma linguagem de programação poderá ser tanto de níveis altos quanto baixos. As conhecidas de alto nível, têm uma estrutura linguística, que se aproxima mais da maneira humana de comunicação. 

É normal, por exemplo, observar palavras em inglês como “delete” que fornecem orientações para que os programas tentem apagar um dado. Isso torna esse tipo ligeiramente mais simples de entender e intuitivo. 

Agora a linguagem de programação de baixo nível, usa comandos mais difíceis e códigos binários, que são sucessões determinadas dos números 0 e 1.

Isso acaba otimizando a comunicação com a máquina, e elevando a eficiência do procedimento. Os diferentes modelos operam melhor segundo a finalidade que busca-se alcançar. 

Além disso, há outras maneiras de classificar, levando em consideração o esquema de programação, estruturação dos modelos, nível de abstração, criação ou seguindo as categorias da Associação de Máquinas de Computação.

As organizações usam os seguintes tipos: 

  • Linguagem aplicativa, ou de aplicação
  • Linguagem concorrente, distribuída e paralela
  • Linguagem de fluxo de informações
  • Linguagem de projeto
  • Linguagem extensível
  • Linguagem de montagem e de macro
  • Linguagem de microprogramação
  • Linguagem não determinística
  • Linguagem não procedural
  • Linguagem orientada a objetos
  • Linguagem de aplicações especializadas
  • Linguagem de altíssimo nível

No entanto, os conceitos que todos estão acostumados a conhecer, são da linguagem de programação, especialmente as mais populares como Python, C++ e Javascript.

Quais são as mais utilizadas?

Uma linguagem de programação consegue fazer parte de diversas classificações, porém, há algumas que são importantes para todos os programadores ou profissionais de tecnologia. 

Segundo a RedMonk uma consultoria de programação norte-americana, as linguagens de programação, mais conhecidas são: PHP, C#, CSS, JavaScript, C++, C e Pynthon.

Mesmo que existam várias linguagens, saiba mais sobre as principais:

Java

Criada em 1991, essa é uma palavra que foi desenvolvida pela Oracle. Assim, é considerada como um modelo de linguagem de programação que era voltada para TVs.

Este tipo de linguagem de programação, consegue se destacar como sendo a mais conhecida mundialmente.

Dessa maneira, ainda serve para desenvolver aplicações para Android, tal como para qualquer outro sistema nas organizações. Dentre os quais estão os programas ou softwares. 

Javascript

O Javascript é caracterizado como uma das principais linguagens de programação. Além de ser especialmente usada para aplicações web, o Javascript recebe bastante respostas contraditórias, por possibilitar a demora em navegadores.

Essa linguagem de programação, além disso, pode fazer com que seus usuários sejam expostos a riscos relacionados à segurança.

HTML

Conhecida como linguagem de marcação, o HTML é um bom primeiro passo para iniciantes em programação, enquanto que atualizações como o HTML 5 e seu predomínio na maior parte dos sites online, faz com que ela seja uma capacidade muito necessária, no mercado de desenvolvimento em geral.

PHP

O PHP é uma linguagem de programação, principalmente direcionada para desenvolver sites, e também para qualquer outra aplicação Web. Essa, por sua vez, executa a funcionalidade de linguagem de programação muito convencional.

Inclusive, há uma indicação de que a maior parte da internet usa esse modelo de linguagem. O PHP além de comum, possui essa representação, até mesmo, por conta da quantidade expressiva de sites do WordPress.

CSS

Dentre as linguagens de programação principais está o CSS. Geralmente, esse é um modelo de linguagem, focada em design. 

Consegue, além disso, lidar com formatação e ainda tem orientação para layouts de aplicação Web. Porém, há uma controvérsia em torno dessa linguagem.

Isso porque, vários especialistas, não o consideram como um tipo de linguagem de programação.

C++

Conhecida como referência, esse é um tipo de linguagem que mais se mantém em destaque no ramo de TI.

Então, por possuir tantas especificações e capacidades, dela se originaram certas variações fundamentais como C++, C#, além da combinação Objective-C.

Porém, além da sua linguagem de performance permanecer original, ela garante outras funcionalidades.

 C

Mesmo sendo considerada como um modelo de linguagem mais antigo, ainda é utilizada atualmente.

Criada em 1970, há um manual constituído por 800 páginas, que esclarece a utilidade e relevância dessa linguagem.

Em contrapartida, a linguagem C é caracterizada pela forte eficiência. Isso porque, ela ainda consegue servir para garantir a elaboração de sistemas, bem como softwares de base.

Também é bastante usada para criar outros programas de computador.

C#

Com variação parecida com outras linguagens da família C, o C# segue como uma linguagem importante no mercado, sendo utilizada em aplicativos web e mobile, ao desenvolver jogos e até mesmo para softwares direcionados aos negócios.

Go

A linguagem Go, também chamada de Golang, foi criada em 2007 pelo Google. Portanto, consegue-se dizer que, essa linguagem de programação é importante para permitir a Application Programming Interface – API, isto é, traduzindo corretamente: Interface de Programação de Aplicações.

Além de proporcionar um destaque importante, essa linguagem é própria para atender redes grandes, e também bases mais longas de códigos.

Python

A Python é uma linguagem de programação criada em 1991. Além de tornar-se um código muito reconhecido, esse é um modelo, que consegue ser apresentado pela facilidade em projetar-se na programação.

Sem contar que, possui especificações realmente úteis e versáteis, para simular pequenos projetos e além disso de maior desempenho.

Como e onde posso aprender a programar

Por causa da enorme necessidade do mercado de tecnologia e a falta de profissionais, várias ações estão sendo criadas para ensinar a linguagem de programação, preparando assim os jovens para o futuro. 

Inclusive algumas empresas fornecem mentorias e programas gratuitos, voltadas para a capacitação e formação de novos talentos.

Por isso, se você ficou interessado e quer saber mais, conheça o curso de introdução a linguagem Pynthon na FM2S educação e consultoria. Você aprenderá os princípios e fundamentos necessários para ingressar no mundo da programação de alto nível.

Introdução à Linguagem Python

Leia mais:

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.