Linguagem Python
Inovação

14 de março de 2022

Última atualização: 22 de maio de 2023

Linguagem Python: O que é? Como aprender e aplicar?

A princípio, uma das linguagens de programação mais usadas no mundo hoje, Python é um grande coringa no arsenal de qualquer programador. Com uma linguagem orientada a objetos e visando a simplicidade. Python é amplamente aceito entre os mais diferentes objetivos de programação, muito bem vista no mercado de trabalho. Sendo assim, na atualidade, não é possível estar no mercado de trabalho sem entender como funciona e o que é possível alcançar com essa linguagem!

O que é a linguagem Python?

Python é uma linguagem de programação de alto nível, interpretada, de código aberto e orientada a objetos. Ela é conhecida por sua sintaxe simples e legibilidade, o que a torna uma excelente opção para iniciantes. Além disso, Python é multiplataforma, o que significa que você pode escrever um código em Python e executá-lo em diferentes sistemas operacionais, como Windows, macOS e Linux.

Uma das características marcantes de Python é a sua ampla variedade de bibliotecas e frameworks, que permitem aos desenvolvedores aproveitar soluções prontas para agilizar o desenvolvimento de projetos. Isso faz com que Python seja uma linguagem muito utilizada em áreas como desenvolvimento web, análise de dados, inteligência artificial e automação de tarefas.

Dessa forma, com um número expressivo de bibliotecas online e uma comunidade robusta, a linguagem Python é uma das mais utilizadas do mundo, e considerada uma das mais importantes para os próximos anos.

Para que é usada a linguagem Python?

Como já citamos mais cedo, Python é amplamente utilizado em análise de dados, pesquisa, desenvolvimento de algoritmos e IA. Mas o que é possível fazer com o Python? Vamos explorar suas aplicações em cada uma dessas áreas.

  • Scripting e automação: Automatizar tarefas é essencial para profissionais de tecnologia. Com o Python, você pode desenvolver scripts de automação de forma rápida graças às suas bibliotecas nativas.
  • Desenvolvimento web: O Python é usado no desenvolvimento de aplicações web, desde sites simples a sistemas ERP poderosos.
  • Testes de software: O Python possui estruturas de teste integradas e módulos exclusivos para testes, trazendo eficiência e segurança aos projetos.
  • Big Data: O Python é amplamente utilizado na análise de grandes volumes de dados, devido à sua compreensão fácil e à variedade de bibliotecas disponíveis.
  • Ciência de dados: O Python oferece bibliotecas e métodos otimizados para análise de dados, com uma comunidade ativa para compartilhar soluções e conhecimento.
  • Computação gráfica: Python é usado em efeitos de computação gráfica, como nos filmes de Star Wars e no software Blender.
  • Inteligência artificial: O Python desempenha um papel importante no desenvolvimento de algoritmos e modelos de IA, com bibliotecas como TensorFlow e PyTorch.

Python é uma linguagem versátil, capaz de impulsionar projetos em diversas áreas. Explore suas infinitas possibilidades e veja como ela pode transformar suas ideias em realidade.

O que faz quem trabalha com Python?

Com habilidades afiadas e uma paixão pela linguagem, os desenvolvedores Python são os alquimistas modernos, capazes de transformar linhas de código em soluções poderosas. Eles são os mestres da automação, criando scripts que simplificam tarefas complexas e liberam tempo para o que realmente importa. 

Além disso, são os arquitetos da web, construindo aplicativos e sites que impressionam e cativam os usuários. E quando se trata de análise de dados e inteligência artificial, eles se tornam os cientistas, desvendando insights valiosos e criando modelos que impulsionam a inovação. 

ebook como acelerar carreira profissional

Em resumo, aqueles que trabalham com Python são os contadores de histórias digitais, trazendo vida às ideias e moldando o futuro com sua criatividade e habilidades técnicas. 

Como Python funciona?

Quando falamos de Python, falamos de uma linguagem de programação de alto nível que combina interpretação e subjetividade para replicar o raciocínio humano. Com sua abordagem orientada a objetos, Python cria conexões entre entidades, conhecidas como objetos, resultando em uma incrível flexibilidade de funcionalidades. Vamos considerar a operação 1+1=2. Nesse caso, um objeto (1) é somado a si mesmo, gerando um segundo objeto (2). 

Agora, imagine se a equação se transformar em 'Você + Educação = Sucesso' - três objetos são utilizados, criando uma relação lógica entre eles. Esse princípio é fundamental para a atuação do Python e é responsável por sua grande flexibilidade.

Como programar em Python?

No entanto, uma linguagem é mais do que o seu modo de operar. Para programar em Python é necessário estar familiarizado com seus comandos básicos, como o clássico Print(”hello world”). Além disso, é necessário o domínio em algumas das principais bibliotecas de Python disponibilizadas pela comunidade.

Frameworks famosos

Um framework de programação é uma ferramenta (normalmente na forma de uma interface) que complementa o trabalho do programador através de orientações e melhorias. Sua principal função é agilizar o trabalho de programadores iniciantes, por isso é importante desenvolver fluência nessas plataformas se o seu objetivo é se desenvolver como um profissional de programação. Mesmo indivíduos que coordenam times de programação se beneficiam de um conhecimento geral sobre os principais frameworks para Python, pois eles facilitam a leitura de um código e a identificação de falhas ou erros. São eles:

  • Django é a principal plataforma de programação em Python. Porque reutiliza muitas bibliotecas, de forma que garante maior agilidade e uniformidade nos projetos de programação. Sua integração com bancos de dados também permite maior diálogo para projetos de grandes empresas;
  • Flask, por outro lado, é um framework visado sobretudo por programadores iniciantes e projetos pequenos, é ideal para auditorias. Ele segue a filosofia Zen Python, que se refere a uma filosofia que privilegia a experiência do programador;
  • Web2py foi uma tentativa de unir o melhor dos dois mundos. Enquanto permite um diálogo com bancos de dados em SQL e MySQL, também possui as facilidades e a curva de aprendizado curta do Flask. 

Principais bibliotecas de Python

Bibliotecas são séries de códigos, comandos e funções disponíveis para o programador não precisar criar funções “do zero”. Normalmente uma biblioteca é criada por um grupo de programadores que encontram uma funcionalidade comum para uma linguagem de programação. Separamos algumas das principais bibliotecas de Python, que você pode instalar com comandos simples ao começar a programar:

  • Pandas é de longe a mais conhecida. Ela é ideal para limpeza e tratamento de dados, sendo usada em projetos de grande, médio e pequeno porte.
  • Numpy também trabalha com dados, mas é mais usada em projetos estatísticos. Ao criar modelos de arrays de grande porte e matrizes multidimensionais, permite cálculos estatísticos mais precisos.
  • Tensor Flow é uma biblioteca que busca usar esses cálculos estatísticos para treinar e orientar Inteligências Artificiais. É considerado um dos principais para essa finalidade no mercado. Poucos projetos de machine learning não usam o Tensor Flow.

Matplotlib ajuda a transformar dados e cálculos estatísticos em visualizações 2D úteis para apresentações e DataViz. Com ele é possível calibrar aspectos de design das suas apresentações, melhorando o potencial do material produzido.

Principais vantagens da linguagem Python

Python possui diversas vantagens que o tornam uma escolha popular entre desenvolvedores e profissionais da área de tecnologia. Aqui estão algumas das principais vantagens:

  • Facilidade de aprendizado: Python possui uma sintaxe clara e legível, o que facilita o aprendizado, especialmente para iniciantes na programação. Sua abordagem intuitiva e concisa permite que os desenvolvedores sejam produtivos rapidamente;
  • Grande comunidade e suporte: Python possui uma comunidade de desenvolvedores ativa e engajada. Isso significa que há uma ampla disponibilidade de recursos, bibliotecas e frameworks desenvolvidos pela comunidade. Além disso, você pode encontrar facilmente suporte e soluções para seus problemas através de fóruns, grupos de discussão e comunidades online;
  • Ampla gama de bibliotecas e frameworks: Python oferece uma vasta coleção de bibliotecas e frameworks que ajudam a acelerar o desenvolvimento de projetos. Alguns exemplos populares incluem Django e Flask para desenvolvimento web, NumPy e Pandas para análise de dados, e TensorFlow e PyTorch para aprendizado de máquina e inteligência artificial;
  • Legibilidade e manutenção de código: Python é conhecido por sua sintaxe clara e legível, o que torna o código mais fácil de entender e manter. Isso facilita a colaboração entre os membros da equipe e agiliza o processo de desenvolvimento;
  • Portabilidade: Python é uma linguagem portátil, o que significa que você pode escrever o código em um sistema operacional e executá-lo em outros sem a necessidade de muitas alterações. Isso torna o desenvolvimento e a implantação mais eficientes;
  • Foco na produtividade: Python é projetado para maximizar a produtividade dos desenvolvedores. Sua sintaxe concisa permite escrever mais com menos código, reduzindo o tempo de desenvolvimento. Além disso, a disponibilidade de bibliotecas e frameworks prontos para uso acelera o processo de criação de projetos.

Usos da linguagem Python

No meio de tantas ferramentas, é importante saber as principais aplicações de Python no mercado hoje. Embora seja uma ferramenta versátil, a linguagem possui uma certa orientação – seja pela tendência do público que a usa, seja pelas demandas do mercado. Separamos alguns dos principais usos de Python para você conferir. Repare que você já consegue imaginar quais bibliotecas e frameworks seriam adequados para cada projeto: 

Desenvolvimento Web

Python aprimora a experiência dos usuários, seja no cliente-side ou serve-side. Sua capacidade de interagir com módulos JSON, sockets e https favorece o desenvolvimento de funcionalidades e a criação de websites.

Scripts

Python foi projetado para automatizar tarefas repetitivas, como responder e-mails, cálculos e até web-scrapping, onde coleta dados automaticamente de sites. Sua eficácia nessa área é indiscutível.

Data Science

Python é uma escolha preferida para cientistas de dados, competindo com a linguagem R. Com ele, é possível analisar dados, calcular médias, variações e realizar regressões logarítmicas.

Desenvolvimento de Aplicativos

Python é ideal para criar protótipos de funcionalidades e validar testes. Sua conexão com bancos de dados e APIs facilita o desenvolvimento de aplicativos intuitivos e centrados no cliente.

Trabalho com Python

Então, depois de entender a ferramenta e conhecer suas aplicações, vale observar o mercado de trabalho para um programador em Python. Pois, a grande maioria das vagas de emprego para programadores aceita Python como principal linguagem de fluência, e o restante a lista entre as alternativas preferíveis. Sua adaptabilidade também permite que o programador ingresse mais rapidamente em projetos alheios.

Quanto ganha um programador de Python

O site VAGAS.COM, após compilar dados de diversas empresas e pesquisas sobre o mercado de desenvolvedores no Brasil, apontou R$ 4.130,00 como o salário médio do desenvolvedor. No entanto, esses dados se encontram com certa defasagem.  Uma vez que o home office e a Grande Resignação abriram o mercado internacional para brasileiros, muitos desenvolvedores seniores estão rumando para o exterior, recebendo em torno de R$ 25.000,00 em projetos. 

Principais empresas que usam a linguagem

Por sua diversidade e versatilidade, utiliza-se a linguagem Python por empresas como Netflix, Instagram, Google, Amazon e mesmo a agência espacial americana, a NASA, contrata com base nos domínios em Python. Isso ocorre pois a linguagem funciona com agilidade e permite para o programador criativo inovar no campo.

Como aprender Python?

Portanto, se o seu objetivo é aprender Python, é importante entender que mesmo com uma curva de aprendizado pequena, é necessária dedicação. Ter a possibilidade de uma instrução de qualidade pode agilizar o intervalo entre um “júnior” e um pleno. Confira algumas dicas de como dominar essa ferramenta com agilidade:

Curva pequena de aprendizado

Busque projetos de pequena complexidade e médio desafio, para acentuar sua curva de aprendizado. As plataformas de programação como Flask são ideais para iniciantes, assim como projetos de pequeno porte.

Exercícios e atividades

As formações através de atividades práticas têm efeitos visíveis em todos os estudos de pedagogia – e não é diferente com programação. Na hora de buscar um curso, dê prioridade para os que valorizam as atividades práticas.

Mentoria e comunidade

Uma vez que possui uma ampla comunidade, existem muitas instruções sobre como proceder em Python. No entanto, muitas vezes essas comunidades podem se aferrar a expressões comuns ao campo, que servem como uma barreira de entrada. Por isso, consulte comunidades e busque mentorias, mas se fortaleça no básico primeiro.

Leia Mais:

Victor Gabry

Victor Gabry

Grad. em Jornalismo na UFF (Universidade Federal Fluminense), pesquisador em desinformação e credibilidade, analista de redes sociais e nerd em tempo integral. Na FM2S, atua na produção de conteúdo.