Criatividade: “Os Seis Chapéus do Pensamento”

seis chapéus do pensamento
17 de maio de 2019
Última modificação: 17 de maio de 2019

Autor: Virgilio Marques Dos Santos
Categorias: Blog

Como aplicar a técnica da criatividade Seis Chapéus?

Qual é a sua abordagem instintiva para a tomada de decisão? Se você é naturalmente otimista, então é provável que nem sempre considere desvantagens em potencial. Da mesma forma, se você for muito cauteloso ou tiver uma perspectiva de aversão ao risco, talvez não se concentre em oportunidades que possam se abrir.

Muitas vezes, as melhores decisões vêm de mudar a maneira como você pensa sobre os problemas e examiná-los de diferentes pontos de vista. A técnica Seis Chapéus do Pensamento” pode ajudá-lo a ver os problemas de diferentes perspectivas, mas um de cada vez, para evitar a confusão de muitos ângulos que se amontoam em seu pensamento.

É também uma poderosa técnica de checagem de decisões em situações de grupo, pois todos exploram a situação de cada perspectiva ao mesmo tempo.

Seis Chapéus do Pensamento” foi uma técnica criada por Edward de Bono e publicado em seu livro de 1985 com o mesmo nome.

Isso força você a sair do seu estilo de pensamento habitual e a olhar para as coisas de várias perspectivas diferentes. Isso permite que você tenha uma visão mais arredondada da sua situação.

Você pode frequentemente alcançar uma solução ou um resultado bem-sucedido de um ponto de vista racional e positivo, mas também pode considerar um problema de outros ângulos. Por exemplo, você pode examiná-lo de um ponto de vista emocional, intuitivo, criativo ou de gerenciamento de riscos. Não considerar essas perspectivas pode levar você a subestimar a resistência das pessoas a seus planos, deixar de dar saltos criativos ou ignorar a necessidade de planos de contingência essenciais.

Neste artigo, exploramos como usar a técnica “Seis Chapéus do Pensamento” e mostramos um exemplo de como ela pode funcionar.

Como usar o modelo de seis chapéus do pensamento?

Você pode usar os “Seis Chapéus do Pensamento” em reuniões ou por conta própria. Em reuniões, tem o benefício de impedir qualquer confronto que possa acontecer quando pessoas com diferentes estilos de pensamento discutem um problema, porque todas as perspectivas são válidas.

Cada “Chapéu de Pensamento” é um estilo de pensamento diferente. Estes são explicados abaixo:

  • Chapéu Branco: com este chapéu de pensar, você se concentra nos dados disponíveis. Veja as informações que você tem, analise tendências passadas e veja o que você pode aprender com elas. Procure por lacunas em seu conhecimento e tente preenchê-las ou considerá-las.
  • Chapéu Vermelho: “vestindo” o Chapéu Vermelho, você olha para os problemas usando sua intuição, reação instintiva e emoção. Além disso, pense em como os outros poderiam reagir emocionalmente. Tente entender as respostas de pessoas que não conhecem totalmente o seu raciocínio.
  • Chapéu Preto: usando o pensamento do Chapéu Preto, veja os resultados potencialmente negativos de uma decisão. Olhe com cuidado e defensivamente. Tente ver por que isso pode não funcionar. Isso é importante porque destaca os pontos fracos de um plano. Ele permite eliminá-los, alterá-los ou preparar planos de contingência para combatê-los.  O pensamento Chapéu Preto ajuda a tornar seus planos mais “resistentes” e mais resilientes. Ele também pode ajudá-lo a identificar falhas e riscos fatais antes de embarcar em um curso de ação. É um dos benefícios reais deste modelo, já que muitas pessoas bem-sucedidas se acostumam a pensar positivamente que muitas vezes não conseguem ver os problemas com antecedência. Isso os deixa sub-preparados para dificuldades.
  • Chapéu Amarelo: este chapéu ajuda você a pensar positivamente. É o ponto de vista otimista que ajuda você a ver todos os benefícios da decisão e o valor nela. Pensamento Chapéu Amarelo ajuda você a continuar quando tudo parece sombrio e difícil.
  • Chapéu Verde: o Chapéu Verde representa criatividade. É aqui que você desenvolve soluções criativas para um problema. É um modo de pensar livre, no qual há pouca crítica de ideias. (Você pode explorar uma gama de ferramentas de criatividade para ajudá-lo.)
  • Chapéu Azul: este chapéu representa o controle do processo. É o chapéu usado por pessoas presidentes de reuniões, por exemplo. Ao enfrentar dificuldades porque as ideias estão secando, elas podem direcionar a atividade para o pensamento do Chapéu Verde. Quando planos de contingência são necessários, eles vão pedir ao pensamento do Chapéu Preto.

Uma variante dessa técnica é analisar os problemas do ponto de vista de diferentes profissionais (por exemplo, médicos, arquitetos ou diretores de vendas) ou diferentes clientes.

Um exemplo dos seis chapéus do pensamento

Os diretores de uma empresa imobiliária estão considerando se devem construir um novo bloco de escritórios. A economia está indo bem, e os espaços vazios em sua cidade estão sendo ocupados. Como parte de seu processo de tomada de decisão, eles adotam a técnica seis chapéus do pensamento.

Usando o Chapéu Branco, eles analisam os dados que possuem. Eles podem ver que a quantidade de espaço de escritório disponível em sua cidade está diminuindo e calculam que, quando um novo bloco de escritório for concluído, o espaço existente estará em escassez. Eles também observam que a perspectiva econômica é boa e que o crescimento estável está previsto para continuar.

Pensando com o Chapéu Vermelho, alguns dos diretores dizem que o edifício proposto parece feio e sombrio. Eles temem que as pessoas achem que é um lugar opressivo ou pouco inspirador para se trabalhar.

Quando pensam com o Chapéu Preto, eles se perguntam se a previsão econômica pode estar errada. A economia pode estar prestes a experimentar uma desaceleração, caso em que o edifício pode ficar vazio ou parcialmente ocupado por um longo tempo. Se o edifício não é atraente, as empresas escolherão trabalhar em outras instalações mais atraentes.

Vestindo o positivo Chapéu Amarelo, no entanto, os diretores sabem que, se a economia se sustentar e suas projeções estiverem corretas, a empresa deve obter um lucro saudável. Se tiverem sorte, talvez possam vender o prédio antes da próxima crise ou alugar para inquilinos em arrendamentos de longo prazo que durarão por qualquer recessão.

Com o pensamento do Chapéu Verde, eles consideram se devem redesenhar o prédio para torná-lo mais atraente. Talvez pudessem construir escritórios de prestígio que as pessoas gostariam de alugar em qualquer clima econômico. Alternativamente, talvez eles devem investir o dinheiro no curto prazo e depois comprar a propriedade a um custo menor quando a próxima recessão acontecer.

O presidente da reunião usa o Chapéu Azul para manter a discussão em movimento e as ideias fluindo, encorajando os outros diretores a mudarem suas ideias entre as diferentes perspectivas.

Tendo examinado suas opções a partir de vários pontos de vista, os diretores têm uma visão muito mais detalhada dos possíveis resultados e podem tomar sua decisão de acordo.

Pontos chave

Os Seis Chapéus do Pensamento de De Bono é uma técnica poderosa para analisar a tomada de decisão sob diferentes pontos de vista.

Permite que a emoção e o ceticismo sejam introduzidos no que poderia ser um processo puramente racional, e abre a oportunidade para a criatividade na tomada de decisões.

As decisões tomadas usando a técnica Seis Chapéus do Pensamento podem ser mais sólidas e mais resilientes do que seria o caso. Ele também pode ajudá-lo a evitar possíveis armadilhas antes de se comprometer com uma decisão.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *