O que é Inspeção de Qualidade? Como realizar? Quais os tipos?
Inspeção de Qualidade

16/08/2020

Última atualização: 31/10/2022

O que é Inspeção de Qualidade? Como realizar? Quais os tipos?

Um SGQ (Sistema de Gestão da Qualidade) eficiente tem início através da inspeção de qualidade. São elas as verdadeiras responsáveis por trazer informações que moldam os indicadores e formam o alicerce para tomada de decisão baseada em fatos, um dos 7 princípios da qualidade segundo a ISO 9001:2015. Palavras como “auditoria” e “inspeção” prevalecem em qualquer empresa de manufatura. A primeira se refere à análise de organizações e processos de manufatura, enquanto a segunda se refere a qualquer atividade de verificação de produto. Geralmente, os inspetores de qualidade fazem isso seguindo uma lista pré-estabelecida com base em certas especificações do produto. Na verdade, qualquer tipo de produto pode ser inspecionado, desde apenas os componentes usados ​​para o produto até os semiacabados e (na maioria das vezes) o próprio produto acabado. Neste artigo você confere o que é inspeção de qualidade, como ela deve ser realizada além ferramentas de apoio e tipos mais comuns de inspeção utilizadas no mercado.

O que é uma Inspeção de qualidade?

Segundo a ISO 2859, uma inspeção de qualidade é uma atividade como medir, examinar, testar ou medir uma ou mais características de um produto e comparar os resultados com os requisitos especificados. A finalidade de uma inspeção é de estabelecer se a conformidade é alcançada para cada característica. Já segundo o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), a inspeção é o mecanismo de Avaliação da Conformidade muito utilizado para avaliar serviços, após sua execução. De um modo geral, os procedimentos de medição, de uso de calibres e de ensaios são aplicados nos instrumentos utilizados para execução do serviço a ser inspecionado. As atividades de inspeção podem incluir o ensaio de produtos, materiais, instalações, plantas, processos, procedimentos de trabalho ou serviços, durante todos os estágios de vida desses itens. Elas visam a determinação da conformidade em relação aos critérios estabelecidos por regulamentos, normas ou especificações, e o subsequente relato de resultados. Por fim, vemos que inspeção de qualidade são medidas destinadas a verificar, medir ou testar uma ou mais características do produto e relacionar os resultados aos requisitos para confirmar a conformidade. Esta tarefa é normalmente realizada por pessoal especializado e não é da responsabilidade dos trabalhadores da produção. Produtos que não atendem às especificações são rejeitados ou devolvidos para melhorias.

Quem é responsável por verificar os produtos?

Existem empresas que compram materiais em grandes volumes que possuem um pessoal especializado em realizar as inspeções de qualidade. Da mesma forma, os próprios fornecedores do material também realizam inspeções antes de passar o material adiante. Ainda há outros órgãos e empresas como o próprio INMETRO (no Brasil) que é vinculado ao Governo Federal e ao Ministério da Economia que possui como função fortalecer as empresas nacionais, aumentando sua produtividade por meio da adoção de mecanismos destinados à melhoria da qualidade de produtos e serviços.

Como relatar as descobertas da Inspeção de Qualidade?

A maioria das empresas definiu um modelo de relatório de inspeção. Normalmente inclui as seguintes seções:

  • Conformidade com as especificações: O inspetor precisa usar as especificações do produto como uma lista de verificação - os pontos típicos são materiais, mão de obra, aparência, rotulagem, embalagem interna e embalagem externa;
  • Medidas;
  • Testes especiais: como segurança, funcionamento etc.

Ferramentas estatísticas de apoio

Além dos relatórios de inspeção as ferramentas estatísticas são bastante úteis para as inspeções de qualidade. Gráficos de controle, diagramas de Pareto, mapeamentos de processos, análises de frequências, listas de verificação e muitas outras ferramentas da qualidade são extremamente úteis para controlar a incidência e variação de defeitos. Na FM2S você encontra o curso completo de Ferramentas da Qualidade em nossa formação em Excelência Operacional. Não perca tempo e confira! Abaixo deixamos uma vídeo aula do curso pra você conferir.

 

Tipos de Inspeção de Qualidade

Do ponto de vista de quem compra, existem três ferramentas mais comuns para verificar a qualidade dos produtos de seus fornecedores. A escolha entre elas vai de como cada alternativa se adéqua às necessidades dos compradores.

1 - Inspeção de pré-produção

Uma fábrica em geral não pode transformar insumos, sejam eles componentes ou matérias-primas defeituosos em bons produtos. E os problemas são muito mais difíceis de detectar depois que os materiais são incorporados ao produto final.

Assim, os insumos podem ser inspecionados antes da produção. Algumas amostras podem ser retiradas aleatoriamente e verificadas visualmente (ou enviadas para um laboratório para testes). Além disso, o comprador deve definir claramente quais entradas são aceitáveis ​​antes de fazer qualquer pedido.

Um inspetor experiente também pode examinar a confecção de um protótipo/amostra, para se certificar de duas coisas:

  • A fábrica entendeu os arquivos técnicos? Eles sabem que produto o cliente deseja?
  • A equipe de desenvolvimento comunicou claramente os requisitos à equipe de manufatura? O equipamento para produção em massa é semelhante ao usado para fazer protótipos?

2 - Inspeção em linha ou em processo

Agora imagine que o comprador tenha que esperar até o final da produção para poder realizar uma inspeção. Então ao final do processo ele realiza as inspeções e os produtos apresentam defeitos, e agora o que fazer? Além de haver muito retrabalho, caso eles não possam ser consertados a fábrica deve fazer um novo pedido de componentes e reproduzi-los, o que significa longos atrasos e perda financeira para a fábrica.

Normalmente, em uma inspeção em linha, os primeiros produtos que saem da linha são inspecionados quanto à conformidade. Se forem levantados problemas neste estágio, a fábrica pode tomar imediatamente algumas ações corretivas e evitar atrasos. Além disso, com base na data de início da produção e no número de produtos já finalizados, o comprador pode ter uma boa ideia sobre o cronograma de envio.

Uma terceira vantagem das inspeções em linha é que o comprador sabe onde as mercadorias são produzidas.

3 - Inspeção pré-envio

Este é o tipo mais popular de inspeção de controle de qualidade para importadores. Isso ocorre quando todos os produtos estão finalizados e prontos para envio.

A conformidade dos produtos é verificada em relação a uma lista de critérios definidos pelo comprador (quantidade do produto, mão de obra, função, segurança, aspecto, tamanho, embalagem, entre outros).

Das três inspeções apresentadas neste artigo, esta é a única em que a quantidade total de produtos pode ser contada e em que amostras de produtos acabados podem ser retiradas de maneira verdadeiramente aleatória e, portanto, representativas de todo o lote.

Aproveite e confira os cursos gratuitos da FM2S.

Equipe FM2S

Equipe FM2S

A FM2S Educação acelera a carreira profissional de seus alunos

Blogs relacionados