Qual a finalidade do diagrama de Ishikawa?

23 de agosto de 2020
Última modificação: 23 de agosto de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Análise de dados, Blog

Diagrama de causa e Efeito ou Diagrama de Ishikawa

O Diagrama de Ishikawa, ou comumente conhecido como Diagrama de Causa e Efeito, é uma ferramenta gráfica que nos auxilia na análise mais assertiva de processos, geralmente que envolvem a qualidade de uma organização.

Esse gráfico organiza os insights dos envolvidos, e suas percepções dos processos analisados, a fim de gerar discussões a respeito de um problema alvo, ou prioritário. Sua criação data de 1943, sob a tutela de Kaoru Ishikawa, um engenheiro químico. E tem por objetivo principal a representação de uma relação entre um efeito (cabeça do peixe) e suas possíveis causas (problemas apontados na espinha do diagrama).

Por ser uma ferramenta prática, e vastamente difundida para a realização de análises, o Diagrama de Ishikawa faz parte das 7 ferramentas da qualidade. Ferramentas estas que buscam identificar causas-raízes de problemas e eliminá-las por completo.

A FM2S conta com uma apostila exclusiva sobre as Sete Ferramentas da Qualidade. Faça o download gratuito agora mesmo!

ferramentas da qualidade

Apostila FM2S – As 7 Ferramentas da Qualidade

O que é necessário para a elaboração?

No conceito, e metodologia, do diagrama, todo problema pode ser analisado e trabalhado a fim de atingir uma correção e então, melhoria. Todo problema tem causas específicas, e essas causas devem ser compreendidas e testadas, uma a uma, desta forma haverá a comprovação de qual, ou quais, delas realmente impacta no efeito.

Sendo assim, você precisa de alguns dados para que a metodologia de Causa e Efeito funcione. São eles:

  • Identificação de um efeito significativo: Esse dado é importante porque é o primeiro passo para identificação de uma “trava” no processo, algo que ocorre com frequência e condiciona o todo a possuir defeitos;
  • Listagem de macro causas: Neste ponto é importante coletar todas as possíveis macro causas envolvidas na potencialização do problema;
  • Detalhamento de macro causas: Após a listagem, reserve um tempo para entender cada macro causa e assimilar a relação entre elas e com o processo/problema;
  • Análise do Gemba: Vá até o Gemba, conheça a tarefa e tente ver as possíveis causas e entender se são fatos consolidados;
  • Alteração do processo: Por último, assuma uma postura de mudança, trate as macro causas identificadas na raiz.

Compreenda melhor os principais objetivos e finalidade do Diagrama de Ishikawa realizando o download agora mesmo da nossa Planilha de Elaboração exclusiva! Clique no banner abaixo e confira:

Planilha para Elaborar um Diagrama de Ishikawa

Planilha de Elaboração FM2S – Diagrama de Ishikawa

Qual a finalidade do Diagrama de Ishikawa?

A principal finalidade do Diagrama de Ishikawa é proporcionar uma transição entre a situação problemática atual e a nova abordagem de um processo/problema. Ou seja, resolução assertiva e fundamentada de uma situação adversa.

Essa finalidade nos é apresentada sobre quatro aspectos característicos do Diagrama de Causa e Efeito:

  • A ampliação da concepção e visão das prováveis causas de um problema. Que nos permite uma abordagem mais sistêmica;
  • Visualização não só de causas primarias, mas também secundarias de um problema;
  • Identificação de soluções tangíveis, baseadas na realidade da organização;
  • Geração de melhorias, correções benéficas, nos processos atuais;

A FM2S possui um curso que te detalha cada ponto do Diagrama de Ishikawa e suas finalidades. Cada conteúdo é preparado para que você entenda do conceito a aplicação, e o capacite para ser um agente transformador na sua organização. Confira, no vídeo abaixo, uma análise que realizamos de um case utilizando o Diagrama de Ishikawa para a prevenção de acidentes:

Quais as vantagens diretas da implementação e uso do Diagrama de Ishikawa?

A implementação, e uso, do diagrama proporciona a uma organização benefícios diretos e indiretos. Os benefícios diretos são os que comentamos acima, como a resolução de situações adversas, melhor metodologia de análise de dados de um problema e integração com as outras seis ferramentas de qualidade.

Contudo, ao utilizar o Diagrama de Ishikawa, somos agraciados com outras vantagens indiretas, como:

  • Aumento na assertividade do gerenciamento das causas de um problema;
  • Facilidade na visualização em etapas de cada processo;
  • Melhor escalonamento de prioridade nas atividades;
  • Aperfeiçoamento em processos e na melhoria contínua;
  • Foco maior nos objetivos e suas ramificações;
  • Ótima ferramenta para gestão de projetos diversos.

Continue aperfeiçoando seu conhecimento sobre esse assunto, faça parte da Assinatura FM2S e dê um upgrade na sua carreira! São mais de 50 cursos de exclusividade FM2S, e um conteúdo novo todo mês. Conheça agora mesmo clicando no banner abaixo:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 2 =