Quais são as 5 fases do APQP?

28 de agosto de 2020
Última modificação: 28 de agosto de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Ferramentas da Qualidade, Melhoria de Processos

O que é APQP – Advanced Product Quality Planning?

O APQP – Planejamento Avançado de Qualidade de Produto consiste em um processo estruturado que tem por objetivo a garantia da satisfação do cliente para com novos produtos, serviços ou processos de uma organização, para isso, 5 fases devem ser monitoradas. Até a década de 80 era comum que empresas utilizassem a ideia original, AQP – Planejamento Avançado de Qualidade para acompanhar e garantir desempenho organizacional por meio de planejamentos prévios.

A Ford Motor Company, General Mortos e Chrysler se juntaram para desenvolver, através de uma comissão, o APQP. A ideia era utilizar especialistas das três maiores industrias automobilísticas, até então, para encontrar uma metodologia que fosse possível trabalharem um núcleo comum de princípios de planejamento de qualidade de produtos para seus fornecedores. O objetivo era garantir que os parceiros fornecedores atendessem aos requisitos de qualidade do cliente (VOC) para cada componente fornecido.

Veja esse vídeo sobre voz do cliente (VOC), que também faz parte do nosso Curso de Certificação Green Belt, onde exemplificamos como identificar e atender as expectativas do consumidor:

O APQP atual segue os fundamentos e diretrizes estabelecidos nos anos 90, e continua como uma ferramenta de alto interesse de empresas fabricantes de todos os setores, por seu formato de garantia de produção padronizada.

O APQP depende de um PQP – Plano de Qualidade de Produto?

Estruturalmente falando, sim. A necessidade de um PQP – Plano de Qualidade de Produto é justamente por esse documento ser o início da criação de um APQP.  O PQP pode ser trabalhado como plano único para cada desenvolvimento individual na organização. Para sua criação são necessárias informações como conceito de design, processos e produto, metas do projeto e falhas já experienciadas.

Em suma, tendo isso em mãos a equipe poderá apontar em qual geração de valor do produto eles podem trabalhar para que a prevenção de falhas seja discutida e corrigida. Cada risco será quantificado e as táticas de mitigação dos erros deverão ser prontamente desenvolvidas e implementadas para aumento do sucesso do projeto ou processo, possibilitando assim, a maior efetividade de um APQP conjunto.

Quem deve gerenciar o APQP e quais os benefícios de aplicá-lo?

O APQP tem foco de aplicação nas indústrias de manufaturas em geral, sendo obrigatório, assim como o PPAP, ao segmento automotivo. Seu planejamento também pode ser bem utilizado na gestão hospitalar e saúde.

Desta forma, o responsável, ou responsáveis, por gerenciar o desenvolvimento e implantação do APQP podem ser colaboradores das áreas de Engenharia de Qualidade ou Processos, Logística, Planejamento Estratégico, Profissionais de Auditoria, Produção, etc.

Porém, convém ressaltar que cada empresa irá lidar com uma aplicação do APQP cabível a sua realidade organizacional. Mas é sim possível que a pessoa, time ou setor que gerencie o planejamento, faça um trabalho de integração com outros profissionais e áreas.

Os benefícios da aplicação do APQP envolvem majoritariamente a exatidão e garantia de qualidade no lançamento seriado de novos produtos, assim como a redução de perdas e aumento de retorno financeiro. Somado a isso, integrar os setores da empresa para a estratégia do APQP possibilita a identificação antecipada de etapas ou processos passiveis de modificação e melhorias.

Quais são as 5 fases do APQP?

Para que o APQP funcione e consiga desenvolver e fabricar produtos que sejam capazes de atender aos requisitos do seu cliente, é necessário que analisemos cada uma das 5 fases de sua estruturação. São elas:

Planejamento de Produto e Definição do Programa de Qualidade:

A organização inicia a definição das necessidades do cliente. Aqui são realizados estudos do produto, benchmarks, pesquisas de satisfação, uma verdadeira troca direta de informações entre a organização e o cliente.

Design e Desenvolvimento de Produto:

O design do produto encontra sua conclusão nesta fase, há também espaço para discussão e avaliação da viabilidade do produto entrar no mercado. Os resultados esperados nesta fase são:

  • Revisão e verificação de projeto concluídas;
  • Especificações de materiais definidas e requisitos do equipamento;
  • Modo de falha do projeto e analise de efeitos de falha concluídos;
  • Planos de controle para criação dos protótipos do produto estabelecidos.

Confira esse blog onde discutimos sobre Gestão de Projetos e como planejar o lançamento de um produto

Projeto e desenvolvimento de processos:

Nesta fase finaliza-se o planejamento do processo de fabricação que produzirá o produto novo ou aprimorado. O objetivo é a projeção e desenvolvimento do processo de produção, mantendo as especificações e qualidade do produto, e os custos de produção em mente. O processo deve ser capaz de produzir as quantias necessárias para atender à demanda do consumidor, mantendo a eficiência.

Validação de Produto e Processo:

Avalia-se se os resultados obtidos nas etapas anteriores atingem as necessidades e atende as expectativas do cliente. É uma fase de teste do processo de fabricação como um todo, com foco na qualidade do produto final. É importantíssimo confirmar a eficiência e confiabilidade do processo produtivo e produto.

Lançamento da produção, avaliação e melhoria:

O lançamento e distribuição do produto, em larga escala, é o foco desta fase.  A ênfase é a avaliação e melhoria dos processos, assim como a redução nas variações do processo, identificação de problemas e coleta de dados de feedback do mercado. O resultado esperado é a eficiência comprovada do processo, qualidade na entrega do produto e atendimento ao cliente, e a satisfação do consumidor.

Em resumo, a FM2S entende que o APQP propicia uma estrutura de planejamento, definição e conclusão de atividades necessárias para a produção de produtos que atentam as expectativas e necessidades do mercado. O processo de APQP envolve o uso de outras ferramentas de qualidade padrão, como FMEA, PPAP e outras. Ou seja, o APQP é a ferramenta potencial para o atingimento de criação e lançamentos de produtos bem sucedidos, onde riscos são reduzidos e produtividade e a competitividade são melhor trabalhadas.

Acesse nossa plataforma EAD e inscreva-se no Curso de FMEA, e entenda sua integração ao PPAP e APQP

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *