Práticas de Gestão da Rotina – Novo Coronavírus

Gestão da Rotina - Coronavírus
26 de março de 2020
Última modificação: 26 de março de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Gestão do tempo

Práticas de Gestão da Rotina – Introdução

Com a chegada do novo coronavírus ao Brasil, diversas medidas vêm sendo recomendadas pelos órgãos de saúde. A circulação de pessoas e a permanência em ambientes fechados são práticas que devem ser evitadas e que por consequência, impedem que muitas empresas operem normalmente. Desta forma, trouxemos aqui nesta postagem uma abordagem de novas práticas de gestão da rotina em função do novo coronavírus.

Home Office

Acredito que uma das primeiras das práticas de gestão da rotina a serem adotadas pelas empresas seja o Home Office. É uma forma de evitar aglomeração de pessoas em ambientes fechados, mantendo ainda a produtividade e a operação da empresa, mesmo que à distância.

Reuniões virtuais podem ser marcadas “da mesma forma”, sem perdas de direcionamento. É uma forma de conciliar uma boa comunicação com os colegas de equipe e de manter-se organizado.

As pessoas que possuem uma boa gestão do tempo, disciplina e qualificações bem desenvolvidas são as que se destacam em tempos de crise como essa. A transparência no relacionamento profissional com os superiores deve-se manter firme, pois decisões equivocadas podem colocar a empresa em risco. Três fatores são de extrema importância nesse momento:

Crie um ambiente: Você já ouviu falar que muitas pessoas que trabalham de casa não conseguem separar o trabalho de sua vida pessoal? Pois bem, Criar um ambiente específico para executar as atividades do seu trabalho em casa é importante exatamente para mitigar essa questão.

Comunicação generosa: é preciso prestar mais atenção ao que os outros dizem, logo é importante trabalhar para que não haja distorção na mensagem que você deseja transmitir ao seu colega de trabalho.

Saúde Mental: A chave aqui se resume em uma palavra: empatia. Muitos funcionários possuem filhos que requerem atenção, afinal crianças demandam muito de nosso tempo e entender isso é crucial. Além disso considere que existem pessoas que fazem parte do grupo de risco (diabéticos, hipertensos, pessoas de baixa imunidade, etc.). Estas podem estar entre funcionários e parentes dos mesmos requerendo maiores cuidados e atenção, da mesma forma que para crianças.

Ouvir atentamente: exercitar o trabalho de se dedicar ao ouvir é de extrema importância ao invés de realizar suposições ao que o outro pensa.

Organize um calendário virtual

Atente-se às datas. Reuniões com clientes e fornecedores, por exemplo, não podem ser deixadas de lado. Isso pode comprometer os negócios. Alinhe com a sua equipe sobre as datas mais importantes. Logo, organizar um calendário virtual compartilhado é importante para manter todos sintonizados a respeito dos prazos (deadlines).

Tire um tempo para aprender coisas novas

Nada como estar no conforto de seu próprio lar, não é mesmo? Pois bem, aproveite o tempo para aprender coisas novas, se desenvolver pessoal e profissionalmente. Existem diversas plataformas de cursos à distância (EAD) com certificados. Talvez agora seja a hora de investir naquele curso que há tempos você planejava fazer, mas ainda não teve tempo para dar início. Lembre-se também de que é próprio de pessoas sábias estar em constante aprendizado.

Aproveite e acesse a Plataforma EAD FM2S e conheça nossos cursos!

Exercite-se

Em tempos onde as academias estão fechando e recomenda-se não sair de casa, fica difícil manter-se em forma, mas em contrapartida a isso existem muitos profissionais e apps que recomendam exercícios para se fazer em casa.

Além disso fazer exercícios físicos colabora para a queima de calorias e induz mudanças imediatas na distribuição das células do sistema imunológico em resposta às alterações hormonais, o que colabora para o fortalecimento deste sistema.

Mantenha-se Informado

O advento da internet não trouxe apenas benefícios como a possibilidade de trabalhar e encontrar outras pessoas de maneira remota. Muitas informações falsas, também conhecidas como fakenews, estão sendo divulgadas a respeito da pandemia, portanto fique atento.

Ao receber informações, procure checar a veracidade das mesmas conferindo em outras fontes, órgãos e demais mecanismos. Evite compartilhar informações sem antes pesquisar fontes confiáveis.

Higiene

Existem diversas práticas de higiene que podem ser adotadas para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Vamos conferir as mais recomendadas.

Lavar as mãos

Uma das formas mais simples de se evitar o contágio pelo novo coronavírus é manter as mãos limpas. Usar sabão para lavar as mãos é mais eficaz do que usar água sozinha, porque os agentes presentes no sabão retiram a sujeira e os micróbios da pele, e as pessoas tendem a esfregar as mãos mais profundamente ao usar sabão, o que remove ainda mais os germes.

A recomendação é que essa higienização dure no mínimo 20 segundos e inclua o dorso e a palma das mãos, o meio e as pontas dos dedos e os espaços entre eles. Muito importante também é não se esquecer dos polegares.

Estudos mostraram que não há benefício adicional para a saúde dos consumidores (isso não inclui profissionais da área da saúde) usando sabonetes contendo ingredientes antibacterianos em comparação com o sabonete comum.

Uso de Álcool Gel

Em primeiro lugar, devemos nos atentar que o álcool recomendado para higiene das mãos deve ter uma concentração 70%. Isso ocorre porque, além de deixá-lo menos volátil (permitindo maior tempo de ação), a desnaturação de proteínas dos microrganismos é mais eficiente na presença de água, uma vez que esta facilita a entrada do álcool para dentro da bactéria. O uso do álcool gel é recomendado principalmente para os momentos em que não há fácil acesso a um local que possua água e sabão disponíveis.

Demais Recomendações

Além destas acima citadas, há outras recomendações gerais para evitar a disseminação do vírus:

  • Utilizar lenços de papel descartável é outra medida para prevenção. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel ao espirrar ou tossir e realizar o descarte correto (no lixo) após o uso;
  • Evite tocar o rosto, especialmente olhos, nariz e a boca sem que as mãos estejam limpas;
  • Para higienização das roupas, usar o sabão/detergente adequado é suficiente. O mesmo vale para higienização da louça;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar e desinfectar objetos e superfícies com frequência;
  • Manter ambientes bem ventilados;
  • No caso de uma pessoa infectada pelo vírus, é importante mantê-la em um cômodo isolado. A higiene de roupas e louças também devem ser realizadas separadamente.

Para finalizar esta postagem, trouxemos também as três fases relativas às medidas de prevenção do covid-19: contenção, mitigação, supressão.

Contenção

Consiste nas medidas adotadas no início de uma pandemia. Elas buscam evitar o contágio de mais membros de uma população e objetivam erradicar o vírus. Nesta fase, a principal medida é o diagnóstico rápido da doença por meio de testes e, principalmente o isolamento social.

Mitigação

Sabendo que será impossível evitar os contágios, o objetivo desta etapa é diminuir o avanço da pandemia sem necessariamente detê-la, usando medidas mais moderadas. É nesta fase que entram medidas como o fechamento de escolas e universidades e cancelamento de eventos. Esta fase pode ser insuficiente, quando adotada tardiamente.

Supressão

De maneira mais radical, como realizado pela China, a supressão objetiva romper as cadeias de transmissão do vírus, como feito pela China. Neste caso a quarentena é obrigatória e há realização de testes em massa.

É bom saber como adequar suas práticas de gestão da rotina. Aproveite para conhecer na formação em carreira e liderança nossa Plataforma EAD o curso de gestão do tempo.

Aproveite para conhecer também o curso gratuito de como treinar seus colaboradores.

Deixe seu comentário

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *