4 Perguntas frequentes do Minitab e dicas valiosas!

16 de fevereiro de 2018
Última modificação: 16 de fevereiro de 2018

Autor: Virgilio F. M. dos Santos
Categorias: Análise de dados, Blog, Gestão de Projetos, Melhoria de Processos, Seis Sigma, Sem categoria

O que é o Minitab? E Por que sempre vemos Minitab relacionado com Six Sigma?

O mundo do Seis Sigma baseia-se em estatísticas e dados rígidos para fornecer melhorias nos processos. Utilizando uma série de ferramentas, estratégias e dados, profissionais capacitados são capazes de determinar os problemas dentro de um processo, e além disso são capazes de saber como cada problema pode ser corrigido, implementar as mudanças necessárias e depois monitorar a situação. No entanto, eles não fazem tudo isso em suas cabeças. Profissionais de Seis Sigma requerem ferramentas especializadas, como o Minitab.

Toda indústria possui um software específico para desenvolvimento de suas atividades. Os designers gráficos usam produtos de software Adobe, administradores e funcionários do escritório usam o Excel ou o Word e os profissionais do Seis Sigma usam o Minitab. É uma ferramenta essencial na melhoria de processos, tornando-se essencial para qualquer programa Six Sigma

O Minitab é um pacote de software que ajuda você a analisar dados. Analisar dados é uma parte importante do Seis Sigma, particularmente nas fases de Medida e Análise do DMAIC. Ele fornece uma solução rápida e eficaz para o nível de análise exigido na maioria dos projetos Six Sigma.

 

Mas eu não consigo usar só o Excel?

Bem, sim e não. Para criar os tipos de gráficos mais utilizados no Six Sigma, geralmente você precisará usar macros do Excel. Por exemplo, você já tentou criar um histograma no Excel? Você precisará encontrar uma macro para facilitar. Existem muitas macros do Excel disponíveis, mas acreditamos que o Minitab é mais fácil e flexível, uma vez que os dados estão corretamente estruturados.

 

O Minitab não é para analises complexas?

Mais uma vez, sim e não. As capacidades do Minitab se estendem muito além das exigidas para a maioria dos projetos Six Sigma. Mas, também é muito fácil de usar para uma variedade de gráficos básicos e ferramentas estatísticas que são usadas no Seis Sigma. Você não precisa saber todas as funções do Minitab para produzir histogramas simples, gráficos Pareto, por exemplo.

 

Por que o Minitab precisa dos dados em colunas?

Pode parecer estranho no início, mas estruturar seus dados em colunas fornece um formato extremamente versátil a partir do qual você pode analisar rapidamente seus dados de várias formas diferentes. Então, se você investir alguns minutos para preparar seus dados, você economizará muito tempo depois. Em contraste, ao usar o Excel, muitas vezes você se encontrará preparando os dados para completar uma função, depois ter que reorganizar os dados para completar outra.

Agora veja algumas sugestões e dicas para tirar o máximo proveito do Minitab:

  • Coletar os dados certos e estruturá-lo no caminho certo.

Antes de começar a analisar os dados, você precisa ter certeza de que é um dado de boa qualidade e que representa o que você acha que faz. Seus dados devem incluir entradas e saídas para o processo, e você deve ter verificado sua qualidade através do uso de técnicas de Definições Operacionais e Análise do Sistema de Medição (MSA).

Estruturar seus dados em colunas também tornará mais rápido e fácil analisá-lo usando o Minitab.

  • Passe algum tempo pensando sobre o que você quer entender ou investigar, antes de abrir o Minitab.

É fácil abrir o Minitab e começar a criar gráficos, sem realmente pensar no que você está procurando. Comece fazendo algumas anotações:

  • Quais dados você quer ver?
  • Quais ferramentas (gráficas ou estatísticas) você usará?
  • Existe alguma coisa em particular que você espera encontrar ou verificar?

Isso ajudará a concentrar sua análise de dados.

  •  Faça anotações à medida que você vai realizando projeto, para resumir suas descobertas.

Após apenas alguns minutos com o Minitab, é possível criar uma grande quantidade de saída gráfica e estatística. Também é fácil ficar um pouco confuso sobre tudo que acontece! Assim:

  • Faça as coisas lentamente
  • Faça anotações à medida que você trabalha
  • Se você encontrar um gráfico ou um resultado estatístico particularmente útil, copie-o para um local separado (como o ReportPad do Minitab ou uma apresentação no PowerPoint) e faça anotações ao lado dele.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *