O que é gestão: tudo o que você precisa saber

o que é gestão?
24 de agosto de 2020
Última modificação: 24 de agosto de 2020

Autor: Guilherme Mendes
Categorias: Blog, Carreira, Gestão de Projetos

Desde trabalhos escolares a controle de acessos dos usuários ou de empreendimentos ao próprio governo, a palavra “gestão” é um termo extremamente corriqueiro. Você pode gerir quais ações podem ser tomadas para garantir uma melhor gestão da água ou um sistema escolar.

Os ambientes de trabalho por exemplo, dependem daqueles que exercem os cargos de gestão. Eles possuem como função orientar funcionários e se comunicar com os outros profissionais para garantir que a equipe atenda às metas e prazos além de concluir um determinado objetivo com êxito. O que acontece é que muitas vezes a definição e a base teórica deste termo importante acaba se perdendo em diversas aplicações. Assim, viemos através deste artigo vamos abordar tudo o que você precisa saber sobre gestão.

O que é gestão?

Gestão pode ser definida como o processo de administrar e controlar os negócios da organização independentemente da sua natureza, tipo, estrutura e dimensão. É um ato de criar e manter um ambiente de negócios em que os membros da organização possam trabalhar juntos e atingir os objetivos de negócios de forma eficiente e eficaz.

Para o mercado, o conceito de gestão está bastante relacionado com um trabalho que é exercido em equipe para atingir os objetivos de um negócio de forma eficiente e eficaz.

Confira também:

O que é gestão? Como aplicá-la para resolver muitos problemas?

Mas qual a diferença entre gestão e administração?

O ponto mais importante que difere a gestão da administração é que a primeira se preocupa em dirigir ou guiar as operações da organização, enquanto a segunda se preocupa em definir as políticas e estabelecer os objetivos da organização.

Em linhas gerais, a gestão leva em consideração as funções de direção e controle da organização, enquanto a administração está relacionada à função de planejamento estratégico e organização.

A gestão nas empresas, geralmente, transcende o cunho técnico buscando entender o mercado e as novidades em termos de tecnologia, logística, estoques e muitos outros atributos que contribuirão positivamente para imagem da empresa.

As cinco principais funções da gestão

  • Planejamento: O planejamento é orientado para o futuro e determina a direção de uma organização. É uma forma racional e sistemática de tomar decisões hoje que afetarão o futuro da empresa;
  • Organização: A organização requer uma estrutura formal de autoridade e a direção e fluxo dessa autoridade por meio da qual as subdivisões do trabalho são definidas, organizadas e coordenadas;
  • Pessoal: O pessoal é a função de contratar e reter uma força de trabalho adequada para a empresa, tanto em nível gerencial quanto não administrativo. Essa função é ainda mais importante, pois as pessoas diferem em inteligência, conhecimento, habilidades, experiência, condição física, idade e atitudes, e isso complica a função.
  • Direção: A função de direção preocupa-se com a liderança, a comunicação, a motivação e a supervisão para que os colaboradores desempenhem as suas atividades da forma mais eficiente possível;
  • Controle: A função de controle consiste nas atividades que são realizadas para garantir que os eventos não se desviem dos planos pré-estabelecidos.

Quais são os principais tipos de gestão?

Dentro de um negócio, empresa ou organização existem diversos tipos de gestão que são utilizados. Os objetivos de cada um dos tipos elencados estão atrelados a situações específicas de cada uma das áreas e relacionam-se diretamente com a saúde dos negócios. Entre os tipos mais comuns de gestão, estão:

Gestão de empresas

A gestão de empresas é a mais genérica de todas e ela engloba todas as características necessárias de um bom gestor, ou seja, planejamento e controle, análises, previsões e, principalmente coordenação tanto de pessoas, quanto de processos e recursos.

Ainda existem pessoas que tratam a gestão empresarial como algo espontâneo, porém quanto maior for o seu desenvolvimento nas características específicas da gestão de empresas, melhor será o seu traquejo e desempenho ao exercer esta função.

Gestão financeira

Já a gestão financeira, relaciona-se especificamente aos interesses pecuniários do negócio como transações, fluxos de caixa, investimentos, orçamentos, entre outros.

É bastante fundamentada no conceito de balanço, ou seja, a relação entre as receitas e despesas e o planejamento de gastos. Desta forma a empresa ganha mais autonomia para investimentos e a longo prazo, crescer perante ao mercado.

Gestão de pessoas

A gestão de pessoas é crucial para que a empresa tenha sucesso pois elas são o principal dentro de qualquer organização.

Para realizar uma boa gestão de pessoas acredito que empatia é a palavra-chave. Uma empresa precisa de pluralidade, pois é isso que confere a ela jogo de cintura para o mercado, trazendo backgrounds diferentes.

A autonomia dos funcionários é outro ponto chave da gestão de pessoas, pois essa gestão envolve saber delegar tarefas e apoiar os colaboradores para opinar, resolver problemas e tomar decisões por conta própria.

Gestão de processos

A gestão de processos é o que envolve eficiência, eficácia e efetividade nos trabalhos realizados por uma empresa. Assim, otimização, desburocratização de processos, rapidez e agilidade estão envolvidos nessas tarefas.

Gestão de processos está diretamente relacionada à qualidade das entregas e ao valor atrelado a elas.

Principais métodos de gestão

Os métodos de gestão dizem respeito a uma base à qual será seguida para realizar a gestão do seu negócio. Neste sentido existem diversas ferramentas que auxiliam na sua gestão. Vamos conferir algumas delas?

Ciclo PDCA/PDSA

Os ciclos PDSA (Plan-Do-Study-Act) ou PDCA (Plan-Do-Check-Act) são ferramentas de melhoria contínua. Seguindo as quatro etapas prescritas, orientam o processo de raciocínio para dividir a tarefa em etapas e, em seguida, avaliam os resultados, aprimorando-os e testando-os novamente.

A metodologia PDCA/PDSA é um ciclo contínuo de planejamento, execução, verificação ou estudo e atuação. Isso faz do PDCA o modelo ideal para:

  • Melhoria contínua: o ciclo repetido do PDCA promove a melhoria do processo, independentemente das metas e fecha a porta com a complacência
  • Implementação de novos projetos ou processos: O mecanismo embutido de planejamento, teste e feedback do PDCA permite corrigir problemas e melhorar as coisas no estágio de implementação do processo, sem colocar em risco recursos ou reputação inteiros.
  • Trilhas de processo: O ciclo PDCA envolve a verificação das alterações implementadas quanto à consistência antes da adoção geral.

Pra você que quer saber mais sobre PDCA/PDSA:

Metodologias Ágeis

A Metodologia Ágil é uma abordagem focada em pessoas e também em resultados para o desenvolvimento de software que respeita o mundo em rápida transformação. Além disso, centra-se em torno de planejamento adaptativo, auto-organização e prazos de entrega curtos. É flexível, rápida e visa melhorias contínuas na qualidade, usando ferramentas como Scrum e eXtreme Programming.

Com a Assinatura FM2S você confere o curso de metodologias ágeis além de ter acesso a todo conteúdo de nossa Plataforma EAD por um ano. Não perca tempo e embarque já nessa transformação profissional.

Análise SWOT

A análise SWOT é uma ferramenta clássica da administração para entender o cenário competitivo de uma organização. Através dela, a empresa analisa seu ambiente, a si mesma e aos concorrentes, tentando entender: suas forças (S – strength), suas fraquezas (W – Weakness), as oportunidades (O – Opportunities) e as ameças (T – Threats) do meio. Destas 4 letras, vem o nome: análise SWOT. Esta análise é bastante utilizada por todos aqueles que possuem a certificação Black Belt Lean Six Sigma.

PMBOK

O PMI publicou um manual intitulado “Um Guia do Conjunto de Conhecimentos de Gerenciamento de Projetos (PMBOK ®Guide)” para identificar os elementos recorrentes para o processo de gerenciamento de projetos. O Conjunto completo de Gerenciamento de Projetos inclui práticas tradicionais comprovadas que são amplamente aplicadas, bem como práticas emergentes inovadoras para a profissão, com consenso generalizado quanto ao seu valor e utilidade. É uma ferramenta complementar ao Green Belt e Black Belt.

Você pode conferir o curso Gestão de Projetos em PMBOK na Plataforma EAD FM2S. Abaixo deixamos uma vídeo aula do curso pra você conferir.

Sistemas ERP

O ERP, ou planejamento de recursos empresariais (Enterprise Resources Planning), é um sistema de software modular projetado para integrar as principais áreas funcionais dos processos de negócios de uma organização em um sistema unificado.

Um sistema ERP inclui componentes principais de software, frequentemente chamados de módulos, que se concentram em áreas essenciais de negócios, como finanças e contabilidade, RH, gerenciamento de produção e materiais, gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM) e gerenciamento da cadeia de suprimentos. As organizações escolhem quais módulos principais usar com base nos que são mais importantes para seus negócios em particular.

Quer saber mais sobre ERP? Confira também:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 11 =