Mudança Organizacional: definição e significado

mudança organizacional
10 de julho de 2019
Última modificação: 22 de julho de 2021

Autor: Murilo Fms
Categorias: Blog, Gestão de Equipes, Liderança

O que é mudança organizacional?

Mudança Organizacional é quando uma empresa muda seus processos internos para atingir certos objetivos. Ela tanto para o processo em que uma empresa ou qualquer organização muda seus métodos operacionais, tecnologias, estrutura organizacional, toda a estrutura ou estratégias, bem como os efeitos que essas alterações têm sobre ela. A mudança organizacional geralmente ocorre em resposta a – ou como resultado de – pressões externas ou internas. Conduzir uma boa mudança organizacional faz parte do que chamamos de gestão de mudança.

Trata-se de revisar e modificar estruturas – especificamente estruturas de gerenciamento – e processos de negócios.

Pequenas empresas comerciais precisam se adaptar para sobreviver contra concorrentes maiores. Eles também precisam aprender a prosperar nesse ambiente. Os grandes rivais precisam se adaptar rapidamente quando um concorrente menor e inovador entra em cena.

Para evitar ficar para trás, ou para permanecer um passo à frente de seus rivais, uma empresa deve buscar maneiras de operar com mais eficiência. Também deve se esforçar para operar de maneira mais econômica.

Mudança organizacional – abrace este conceito!

Mudança é algo que deve ser abraçado em vez de temido. Somente com a mudança as empresas poderão estabelecer as bases para o sucesso a longo prazo. Ela acaba sendo a maneira da empresa sobreviver frente à mudanças no ambiente interno ou externo. A seguir, vamos ver alguns dos “gatilhos” que podem desencadear uma necessidade de mudança organizacional.

Gatilhos de mudança organizacional

Os drivers de mudança de uma organização incluem:

O clima econômico

O termo “clima económico” significa o estado da economia global, isto é, condições económicas. Se houver uma recessão, uma empresa pode ter que despedir trabalhadores; isso requer reestruturação. Uma fusão ou aquisição também significa reorganização total e mudanças na cultura corporativa.

Cultura corporativa ou cultura organizacional é um grupo de valores internos e comportamentos dentro de uma organização.

Demanda do consumidor e comportamento de compra

Os estilos de vida das pessoas e como eles compram, trabalham e passam seus momentos de lazer estão mudando para sempre. Desde o advento da Internet, essas mudanças vêm ocorrendo em taxas significativamente mais rápidas.

Se você administra um negócio hoje e espera que o ritmo da mudança diminua, você terá uma grande decepção. Sem mudanças, sua empresa perderá sua vantagem competitiva. Também falhará em atender aos requisitos do que a maioria de nós espera que seja uma base crescente de clientes fiéis.

Novas tecnologias

Novos sistemas e dispositivos de alta tecnologia mudaram completamente a forma como as empresas comerciais fazem negócios e interagem com outras entidades no mercado.

Modelos de negócios como colaboração virtual e terceirização só são possíveis hoje graças à Internet e às comunicações de altíssima velocidade.

Sem a mudança tecnológica, nossos líderes de negócios ainda estariam ditando correspondência para os seres humanos, que os digitariam e ordenariam que eles fossem distribuídos para as pessoas relevantes – desperdiçando uma incrível quantidade de tempo e recursos.

O mercado competitivo

Se um novo rival entra em cena com comportamentos comerciais completamente diferentes, os outros jogadores podem ter que se adaptar, especialmente se esse concorrente for bem-sucedido em ganhar participação de mercado.

Regras e regulamentos (política governamental)

Quando as empresas enfrentam nova legislação ou regras impostas pelas autoridades reguladoras relevantes, elas precisam fazer duas coisas: 1. Cumprir com elas. 2. Adapte-se para que eles continuem a prosperar.

Tipos de mudança organizacional

Que tipo de mudança organizacional uma empresa requer ou está passando varia, dependendo do ponto de vista da pessoa.

Um gerente em tecnologia pode vê-lo em termos de sistemas, ferramentas, software, hardware, etc. O CEO perceberá invariavelmente a mudança em termos de estrutura e estratégia. O gerente de operações, por outro lado, irá vê-lo principalmente em termos de processos, etc. Na maioria dos casos, a mudança é tão complexa e complexa que ninguém pode defini-la totalmente de um ponto de vista específico.

Abaixo estão alguns tipos comuns de mudança organizacional. Tenha em mente que há alguma ou uma sobreposição significativa entre eles:

Missão e Estratégia

Isso é tudo sobre os objetivos e metas da empresa e como ela planeja realizá-los. Dificilmente qualquer mudança em uma organização não está relacionada à sua missão e estratégia.

Missão e estratégia afetam todas as partes de um negócio. Portanto, qualquer alteração nessa área tem um impacto em toda a empresa.

Políticas e acordos legais

Alterar políticas e acordos legais pode ser altamente impopular entre os clientes e a força de trabalho. Qualquer alteração nessa área, mesmo menor, pode ter um impacto significativo em uma empresa.

Estrutura organizacional

O termo refere-se à hierarquia dentro de uma organização, que define cada cargo e departamento, sua função e para onde se reportam.

Quando duas empresas comerciais se fundem, ou uma assume outra, há grandes mudanças estruturais. Às vezes, a mudança pode ser menor, como quando uma nova equipe é estabelecida.

Processos

Este termo refere-se a uma coleção de tarefas vinculadas que encontram seu fim na entrega de um produto ou serviço a um consumidor.

Processos e tarefas são comumente alterados durante a mudança organizacional. Em algumas organizações, os processos de alteração ou atualização estão em andamento ou ocorrem regularmente.

Pessoal

Pessoal significa pessoal ou recursos humanos, ou seja, os funcionários. Inclui contratação, demissão, treinamento, funções, responsabilidades e outras mudanças relacionadas à força de trabalho.

Cultura

Cultura refere-se às crenças, valores e atitudes que caracterizam uma empresa e guiam suas práticas.Qualquer alteração nessas áreas pode ter um impacto profundo em todos os aspectos da organização.

Isso pode afetar, por exemplo, produtividade, conformidade e inovação.

Produtos

Tudo se resume a mudanças nos produtos e tudo relacionado a encorajar os consumidores a comprá-los. Marketing e vendas são um foco essencial para a maioria das organizações.

Conhecimento

O conhecimento suporta todos os produtos, processos, iniciativas, projetos e programas. Mudança aqui refere-se aos ativos de conhecimento da empresa.

Os ativos de conhecimento são as informações ou habilidades dentro de uma organização que o tornam mais competitivo ou valioso.

Tecnologia

Hoje, praticamente todo empreendimento comercial é um tipo de empresa de tecnologia.

Às vezes, uma empresa faz alterações em sua infraestrutura de tecnologia, automação, sistemas, hardware, software etc.

Integração

A integração inclui sincronização de TI (tecnologia da informação) e culturas e objetivos de negócios, alinhando a tecnologia à estratégia e aos objetivos da empresa. Em uma empresa, a integração é um reflexo de como as pessoas estão absorvendo a TI como uma função da organização.

Praticamente toda mudança requer integração. Devemos alinhar tudo em uma empresa para que eles apóiem, complementem e agreguem valor uns aos outros. A integração é geralmente o tipo mais complexo de mudança. Quando realizada com sucesso, toda a empresa é claramente muito mais valiosa do que a soma de suas partes.

Especialistas dizem que um aspecto fundamental da introdução de mudanças planejadas em qualquer ambiente é obter insights sobre o quão bem eles serão recebidos pelos funcionários e clientes e implementados pela gerência, e com que precisão o clima econômico de hoje e amanhã é percebido e previsto. Integrar a tecnologia em todos os componentes da empresa e responder adequadamente a quaisquer novas regras e regulamentos é crucial.

Por que a mudança organizacional as vezes falha?

Talvez seja por isso que, na maioria dos casos, quando as pessoas implementam mudanças organizacionais, elas geralmente falham.

A principal conclusão de um estudo – “Where Change Management Fail” – de Robert Half Management Resources, que incluiu 300 gerentes seniores de empresas norte-americanas com pelo menos 20 trabalhadores, foi que a mudança organizacional geralmente falha.

O estudo constatou que, na maioria dos casos, a falha ocorre na fase de execução. Isso se deve principalmente à comunicação quebrada ou inadequada.

Quarenta e seis por cento dos entrevistados disseram que a maioria dos esforços de gerenciamento de mudanças geralmente falhava na execução. No entanto, apenas 10% afirmaram que ocorreu durante o estágio de desenvolvimento da estratégia.

Quando perguntados sobre o que era mais importante quando lideravam sua empresa através de uma grande mudança organizacional, os entrevistados disseram:

  • Comunicar de forma clara e frequente: 65%
  • Claramente delineando as metas: 16%
  • Delegando efetivamente: 9%

O diretor executivo da Robert Half Management Resources, Tim Hird, explicou:

“Seja grande ou incremental, muitas empresas estão iniciando mudanças, desde transformar seus modelos de negócios até atualizar sistemas de negócios e procurar maneiras de aumentar a produtividade. Embora a mudança nunca seja fácil para uma empresa, é ainda mais difícil para os funcionários. ”

Uma organização é qualquer grupo de pessoas organizadas que trabalham juntas e têm um objetivo comum.

Quer saber mais sobre temas de administração?

Conheça nossa assinatura de cursos EAD, onde você terá acesso a vários treinamentos completos sobre temas como o de gestão da mudança.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =