O Dia da Água, o Lean e a Atualidade: O que os relaciona?

25 de março de 2020
Última modificação: 25 de março de 2020

Autor: Paula Louzada
Categorias: Sem categoria

O último domingo, 22 de março, deu-se a celebração anual do Dia da Água. Normalmente, o Dia Mundial da Água é um momento para nos encontrarmos pessoalmente e discutirmos como lidar com a crise global de água e saneamento. No entanto, com o novo surto de Coronavírus, tivemos inevitavelmente de mudar nossos planos para os eventos da data. Mas o que podemos fazer, então, considerando esse contexto? Bem, primeiramente, lave bem as mãos! E, não menos importante, preze pela água a que você tem acesso.

Sabemos que a higiene das mãos é essencial para conter a disseminação do COVID-19 – assim como muitas outras doenças infecciosas. Em celebração a esse Dia Mundial da Água, assim como e em qualquer outro momento, lembre-se de lavar as mãos regularmente com água e sabão, ou passar álcool.

É tão simples assim lavar as mãos?

Parece uma atividade muito intuitiva e simples, mas, como indicado pela OMS, há um jeito certo e um passo a passo adequado para se lavar as mãos de verdade.

Em algumas partes do mundo, há pouca ou nenhuma consciência das boas práticas de higiene e de seu papel na redução da propagação de doenças. Ou pior: há partes do mundo em que não há nem sequer sabão, água potável e as instalações de lavagem necessárias para realizar as mudanças positivas para proteger a si e à sua comunidade. Portanto, se você tem acesso a esses elementos de necessidade básica, faça sua parte: faça direito! A seguir, confira o passo a passo visual para a higienização correta das mãos, disponibilizado pela própria OMS, e contribua com essa situação tão crítica em que nos encontramos:

Fonte: https://www.worldwaterday.org/2020-home/share/covid-19-be-safe/

A Importância da Água

O Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março de cada ano, desde 1993, concentra-se na importância da água doce. Assim como da dimensão da problemática social que é sua escassez. Por isso, nesse momento colocamos holofotes sofre as 2,2 bilhões de pessoas que vivem sem acesso a água potável.

Mas não se trata só de “ficar sabendo”, e sim de se esforçar para realizar mudanças expressivas nesse cenário. Trata-se de tomar medidas para enfrentar a crise mundial da água, apoiando a consecução do sexto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável: Água e saneamento para todos até 2030.

Água e Mudança Climática

Além da questão da escassez, o Dia Mundial da Água 2020 também tem a ver com as mudanças climáticas – e como essas se conectam tão diretamente à água. Isso porque o uso adequado da água impacta diretamente na redução de inundações, secas, escassez e poluição. Portanto, ajuda a combater as mudanças climáticas.

Ao nos adaptarmos aos efeitos da mudança climática na água, protegeremos a saúde e salvaremos vidas. E, usando a água com mais eficiência, reduziremos os gases de efeito estufa.

As principais mensagens para este dia são claras:

  • Não podemos esperar. Os formuladores de políticas climáticas devem colocar a água no centro dos planos de ação;
  • A água pode ajudar a combater as mudanças climáticas. Existem soluções sustentáveis, acessíveis e escaláveis ​​de água e saneamento;
  • Todo mundo tem um papel a desempenhar. Em nossas vidas diárias, há cuidados surpreendentemente fáceis que todos podemos tomar para lidar com as mudanças climáticas.

Histórico do Dia da Água

A ideia originária deste dia internacional remonta a 1992, ano em que ocorreu a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou uma resolução que declarava que 22 de março de cada ano o Dia Mundial da Água, a ser observado a partir de 1993.

O impacto, na prática, do Dia da Água

Um novo Relatório Mundial sobre o Desenvolvimento da Água é lançado todos os anos no Dia Mundial da Água, ou próximo a ele, para fornecer aos tomadores de decisão ferramentas para formular e implementar políticas sustentáveis ​​de água. Este relatório é coordenado pelo Programa Mundial de Desenvolvimento da Água da UNESCO (WWAP) em nome da ONU-Água. O tema anual do Dia Mundial da Água está alinhado com o foco do relatório.

A preocupação com o tema não é pouco, como se pode perceber no seguinte trecho da mensagem da Diretora-Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura:

“Uma crise da água é uma crise global. Sem acesso sustentável à água, seremos incapazes de alcançar objetivos como educação de qualidade ou o desenvolvimento de sociedades mais prósperas e justas. A história demonstrou isso. Na China e no Oriente Médio, por exemplo, os principais rios (Yangtze, Nilo e Eufrates) tornaram possíveis as primeiras grandes civilizações agrária e urbana. Dada a urgência da situação, a próxima década precisa ser uma ação.”

O Lean e o uso adequado da água

Na economia de hoje, encontrar maneiras de “fazer mais com menos” se estende a praticamente todos os negócios, governo e instituição de ensino. Isso porque as pressões econômicas e sociais vêm exigindo cada vez mais eficiência, responsabilidade e desempenho. O setor de água e esgoto melhorou bastante seu próprio desempenho e o valor entregue às comunidades adotando princípios enxutos – aproveitando as novas tecnologias e processos para modernizar a indústria. Este documento descreve quatro princípios de operação enxuta que instalações de água e esgoto podem ser incorporadas em suas operações diárias para “fazer mais com menos” em o rosto de regulamentos em constante mudança e restrições orçamentárias rígidas.

 

Não perca tempo e confira agora o curso de Especialista Lean da FM2S!

Para muito mais conteúdo, conheça a Assinatura FM2S e tenha acesso a mais de 50 cursos!

 

Adotando uma abordagem enxuta

O Lean Institute destaca: “O Lean se aplica a todos os negócios e a todos os processos. Não é uma tática ou um programa de redução de custos, mas uma maneira de pensar e agir para toda uma organização.” Ou seja, Lean é uma cultura.

Seu conceito fundamental é identificar e eliminar sistematicamente elementos desnecessários nos processos até que uma organização execute seu objetivo no nível de desempenho mais alto possível. Quando isso acontece, maior valor é criado para o cliente, os processos dentro da organização são otimizados e as pessoas que executam os processos estão alinhadas com ações que lhes permitem entregar continuamente o que é mais importante.

Olhando especificamente para o setor de água e esgoto, há uma série de desafios e oportunidades para o pensamento enxuto ter um impacto positivo nas operações.

Operações para instalações de água e esgoto

Adotar o lean e apoiar o pensamento lean, com novas tecnologias e métodos, está ajudando as instalações a atingir a maior eficiência possível e lidar com os muitos desafios que enfrentam. O conceito fundamental das Operações Lean é sistematicamente identificar ineficiências e colocar mais foco na melhoria do valor geral do sistema.

4 Etapas para tornar sua Operação Enxuta

Confira abaixo o passo a passo para tornar sua operação enxuta:

1. Adotar uma abordagem holística das operações

Em uma operação enxuta, cada pessoa, recurso e processo dentro do processo são interdependentes. Por isso, é importante que sejam gerenciados em uníssono. A realização de operações enxutas, por sua vez, exige a identificação de cada etapa do processo. Deve-se avaliar uma a uma para determinar se é necessária e, em seguida, decidir que ações são necessárias para otimizá-la e assim obter o valor máximo ao menor custo. Identificando todos os etapas no fluxo de valor e a eliminação de etapas desnecessárias que não criam valor faz parte olhando para os processos com uma perspectiva enxuta.

2. Criando uma cultura  Lean

Melhorar processos e aproveitar o poder da tecnologia é apenas parte da equação das Operações Lean. Grande parte do sucesso do lean vem de mudanças culturais que incentivam a abertura. Como por exemplo a liberdade para questionar o status quo e  a vontade de refletir sobre o passado como meio de instituir novas ideias que melhorarão o desempenho futuro. O objetivo do Lean é abrir o processo de trabalho e abolir as hierarquias usuais, capacitando assim cada membro da equipe – para contribuir com questões grandes e pequenas.

Além disso, é princípio chave do lean “falar com dados”. Portanto, tecnologias que aprimorem a coleta e comunicação de dados coleta e comunicação são muito bem-vindas. São elas que devem ser usadas para transformar os diferentes pontos de dados em informações impactantes – as quais podem conduzir a boas decisões.

3. Automatizando processos manuais

Suplementar a coleta manual de dados é um excelente exemplo de como a automação pode melhorar a produtividade técnica e a gestão de negócios. Assim, fornecedores de equipamentos e de software estão se movendo para integrar e automatizar a coleta e geração de relatórios, assim como o compartilhamento de dados. Os operadores de água e esgoto devem se encarregar de aprender, alcançar e tornar-se um participante ativo no desenvolvimento e adoção de novas tecnologias que substituam e aprimorem o processo manual testado e comprovado. O qual, mesmo que tenha funcionado por anos, já não é mais viável.

4. Alcançando a sustentabilidade enxuta

Mudanças constantes fazem parte do Lean, assim como fazem parte do setor de tratamento de águas e efluentes. Afinal, as operações exigem sua própria forma de sustentabilidade. Como? Revisando os processos Lean repetidas vezes e os melhorando continuamente. Esse conceito reflete a filosofia que inspira líderes da indústria a implementar abordagens enxutas e criar uma cultura organizacional que abraça a noção de mudança. Além de estar comprometida com a melhoria contínua.

Para fechar

A obtenção de mais eficiência de operações já em bom funcionamento depende do acesso e impulsionamento de relatórios, gráficos visuais, painéis e outros recursos. Tudo isso como forma de estabelecer um processo de tomada de decisão orientado a dados. Nova tecnologia está disponível para permitir o gerenciamento visual de métricas, assim como soluções de business intelligence estão surgindo para melhorar visibilidade, tanto de forma mais ampla quanto mais focada. Assim se torna possível, finalmente, estender de maneira mais eficaz os princípios Lean para toda a organização.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *